REMAX PORTUGAL 2001

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
REMAX PORTUGAL 2001 por Mind Map: REMAX PORTUGAL 2001

1. PLANEJAMENTO SEMANAL DE TREINAMENTO

1.1. ROOKIES

1.1.1. COMPROMISSOS

1.1.1.1. DIARIOS

1.1.1.2. SEMANAL

1.1.1.3. MENSAL

1.1.2. AGENDA

1.1.2.1. LIGAÇÕES

1.1.2.1.1. MEDIR

1.1.2.2. EMAILS

1.1.2.2.1. MEDIR

1.1.2.3. CARTÕES

1.1.2.3.1. MEDIR

2. ACOLHIMENTO

3. MODELO REMAX

3.1. FOCAR

3.1.1. SEGUIR AS ORIENTAÇÕES DO MASTER FRABQUEADO

3.1.1.1. FAZER RECRUTAMENTO

3.1.1.2. AJUDAR OS CORRETORES

3.1.1.2.1. TREINAMENTO CONSTANTE

3.1.1.3. INVESTIR EM CAPTAÇÕES EXCLUSIVAS

3.2. PAIXÃO

3.2.1. MARCA

3.2.1.1. Sim, mas NAO pela marca apenas, mas o que ela representa

3.2.2. PESSOAS

3.2.2.1. SIM

3.2.3. PROPÓSITO

3.2.3.1. SIM

4. 1 COISA A FAZER

4.1. ADQUIRIR CONHECIMENTO

4.1.1. PESSOAS

4.1.2. MERCADO

4.1.3. CONCORRENTES

4.2. CRIAR RELACIONAMENTO

4.3. CRIAR QUANTIDADE

4.3.1. 20 30 40 50 CORRETORES

5. 2002

5.1. 10 corretores

5.2. A partir de hoje apenas Captacoes Exclusivas

5.2.1. Dúvidas

5.2.2. FOI O QUE CATAPULTOU OS RESULTADOS DA REMAX PORTUGAL

6. 2009

6.1. MENOR NEGÓCIOS DA HISTORIA

7. CAPTAÇÕES NAO EXCLUSIVAS

7.1. O SEGREDO E A ALMA DO NEGÓCIO

7.1.1. RESTRIÇÕES NA FORMA DE GERIR AS INFORMAÇÕES

7.1.1.1. JA NAO FUNCIONAVA EM 2002

7.1.1.2. HOJE EM DIA ISSO E FUNDAMENTAL

7.1.1.2.1. REPUTACAO

8. CAPTAÇÕES EXCLUSIVAS

8.1. PROPORCIONAR O MAXIMO DE INFORMAÇÕES SEM RESTRIÇÕES

8.1.1. SOBRETUDO A OUTROS COLEGAS E IMOBILIÁRIAS (PARCERIAS 50% - 50%)

9. RECRUTAMENTO

9.1. ACOMPANHAMENTO

9.2. APANHAR BORBOLETAS

9.2.1. LAGARTAS

9.2.1.1. BORBOLETAS

9.2.1.1.1. RENDA

9.2.2. BEIJAR MUITOS SAPOS

9.2.2.1. PRINCIPE

9.2.2.2. PRINCESAS

9.3. SISTEMAS E PROCESSOS

9.3.1. FINANCEIRO

9.3.2. MARKETING

9.3.3. COMERCIAL

9.4. RELACIONAMENTO

9.4.1. BROKER E CORRETOR

9.4.2. CORRETOR E CORRETOR

9.4.2.1. AMPLITUDES DE RELACIONAMENTOS

9.4.2.1.1. REMAX

9.4.2.1.2. CORRETORES

9.4.2.1.3. IMOBILIÁRIAS

9.4.2.2. AMPLITUDES DE COMUNICAÇÃO

9.4.3. BROKER E BROKER

9.4.3.1. PARTILHA DE NEGOCIOS

9.4.3.1.1. SINERGIA

9.4.3.1.2. 47% NEGOCIOS COM OUTRAS IMOBILIÁRIAS

9.4.4. MFR E BROKER

9.4.5. MFR E MFR

9.4.5.1. PARTILHA DE CONHECIMENTO

9.4.5.1.1. TREINAMENTO

9.4.6. MFR E REMAX BRASIL

9.5. ONDE SAI O RH E ENTRA O BROKER

9.5.1. IDENTIFICA PESSOAS COM POTENCIAL

9.5.1.1. MARCA UMA 2 ENTREVISTA COM 1 BROKER

9.5.1.1.1. HAVENDO ADMISSAO

10. TREINAMENTO

10.1. QUAL E O TEOR RECEPTIVO A CADA CORRETOR AO TREINAMENTO

10.1.1. ATITUDE MENTAL POSITIVA

10.2. TREINO É TREINO

10.2.1. NEYMAR

10.2.1.1. VARIAS HORAS

10.2.1.1.1. 10.000 horas

10.2.1.2. TODOS OS DIAS

10.2.2. REPETIÇÃO

10.2.2.1. NAO HA MAGICAS

10.3. FATOR QUANTITATIVO

10.3.1. PREVISIBILIDADE

10.3.1.1. NUMERO DE CORRETORES

10.3.1.1.1. TRANQUILIDADE

10.4. RETENÇÃO

10.5. FATURAMENTO

10.5.1. SEM FORMACAO

10.5.1.1. 3802 EUROS

10.5.2. INICIAÇÃO

10.5.2.1. 7603 EUROS

10.5.2.2. REMAX PORTUGAL

10.5.2.2.1. REGIONAL

10.5.3. INICIACAO E SALES TRAINING

10.5.3.1. 17738 EUROS

10.5.3.2. ESTRATEGIAS DE VENDAS 1

10.5.3.3. ESTRATÉGIA DE VENDAS 2

10.5.4. INICIACAO, SALES TRAINING, SUCCEED E AVALIACAO

10.5.4.1. 23141 EUROS

11. 2008

11.1. RECRUTAMENTO

11.2. GERAÇÃO DE RECURSOS PARA A REDE

12. 2017

12.1. 291 IMOBILIÁRIAS

12.1.1. 6800 CORRETORES

12.2. SIIM GROUP

12.2.1. 8 IMOBILIÁRIAS

12.2.1.1. 160 CORRETORES

12.2.1.1.1. R$ 30 MILHOES DE REAIS EM VGC

12.2.1.1.2. 2 CORRETORES

13. OBJETIVOS DE FATURAMENTO

13.1. CORRETORES

13.1.1. METAS

13.2. VISAO

13.2.1. PLANEJAMENTO DA EMPRESA

13.2.1.1. QUANTIDADE DE CORRETORES

13.2.1.1.1. PREVISIBILIDADE DE FRATURAMENTO

14. CORRETORES

14.1. PRODUTIVOS

14.1.1. EXTRAORDINÁRIOS

14.1.1.1. COMUNICAÇÃO

14.1.1.1.1. ESTAR LA

14.1.1.1.2. SER ESCOLHIDO

14.1.2. COMPETENTES

14.1.2.1. RECURSOS

14.2. FRUSTRADOS

14.2.1. COMPETENTES

14.2.1.1. COM RESULTADOS

14.2.1.2. SEM RESULTADOS

14.2.2. INCOMPETENTES

14.2.2.1. SEM RESULTADOS

15. FAZER ESCOLHAS

15.1. RECRUTAMENTO

15.1.1. CONSECUENCIAS

15.2. RELACIONAMENTO

15.3. TREINAMENTO

16. PALESTRA PARA BROKERS PAULO CAIADO

16.1. RE/MAX SIIM GROUP

16.1.1. www.siimgroup.pt

16.2. [email protected]

17. PREFERENCIA

17.1. COM EXPERIÊNCIA

17.1.1. NAO PERFORMAM

17.1.1.1. VICIOS

17.2. SEM EXPERIÊNCIA

17.2.1. PERFORMAM MUITO

17.2.1.1. SEGUEM O MODELO

17.3. NAO HA UMA RECEITA GERAL

17.3.1. NAO CRIAR UM ESTEREÓTIPO

17.3.1.1. SABER AVALIAR E SELECIONAR E RETER

18. QUANTIDADE DE LOJAS

18.1. 1 LOJA MUITO GRANDE

18.1.1. NAO MAIS DE 80 CORRETORES POR LOJA

18.2. 2 OU MAIS LOJAS

18.2.1. IDEAL 20 CORRETORES POR LOJA

18.2.1.1. CRIA MELHOR RELACIONAMENTO NA EQUIPE

18.2.2. MAIOR PROXIMIDADE AO CLIENTE

18.2.2.1. CAPILARIDADE GEOGRAFICA

18.3. ADMINISTRAÇÃO

18.4. MARKETING

18.5. FINANCEIRO

18.6. TREINAMENTO

19. ERROS A EVITAR

19.1. BROKER NAO SE ENVOLVER NO NEGOCIO IMOBILIARIO

19.1.1. CONCORRE COM SEUS CORRETORES

19.1.2. NAO SAO VISTOS COMO LIDER, MOTIVADORES

20. O PAPEL DO CORRETOR

20.1. PROCESSO DA VENDA

20.2. FECHAMENTO

20.3. NAO FAZ SENTIDO UM BROKER ACHAR QUE TEM MAIS CAPACIDADE DE FECHAMENTO

20.4. INFLUENCIADOR

20.4.1. APRESENTAR SOLUÇÕES

20.4.1.1. PONTOS DE MAXIMIZAÇÃO

20.5. AS PESSOAS COMPRAM IMOVEIS

20.5.1. QUE QUEREM

20.5.2. QUE GOSTAM

20.5.3. QUE PODEM

20.6. INICIO; MEIO E FIM

20.6.1. DESENVOLVIMENTO DE CARREIRA

20.6.1.1. ESTUDO CONSTANTE

20.7. BROKER DEVE PREPARAR E INCENTIVAR QUE O CORRETOR SEJA INDEPENDENTE

21. TEAM LEADER

21.1. PREMIUM

21.1.1. CORRETORES MEMBROS

21.1.1.1. FEE MENSAL

21.1.1.1.1. 450 Euros / Para a Imobiliária

21.1.2. Fee 1250 Euros = R$ 4000 + 23% IVA impostos

21.1.3. 72% - CORRETOR PREMIUM

22. COORDENADORA DE LOJA

22.1. RECEPCIONISTA

22.1.1. PRIMEIRO CONTATO COM OS CLIENTES

22.2. APOIO AOS CORRETORES

22.2.1. APOIO ADMINISTRATIVO

23. GERENTES

23.1. NAO EXISTEM GERENTES

23.1.1. IMOBILIÁRIA

23.1.1.1. BROKER

23.1.1.1.1. TEAM LEADERS

23.1.1.1.2. EQUIPE

23.1.1.1.3. ROOKIES

24. DIA A DIA IDEAL DO BROKER

24.1. RECRUTAMENTO

24.1.1. COMUNICAR

24.1.1.1. GERAR LEADS

24.2. ESTAR DISPONIVEL

24.3. TREINAMENTO