Globalização Econômica

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Globalização Econômica por Mind Map: Globalização Econômica

1. Trajetória

1.1. Séc XX: transformações globais das esferas econômica, política, social, cultural, geopolítica, entre outras

1.1.1. Eric Hobsbawm: globalização é uma divisão mundial cada vez mais elaborada e completa de trabalho

1.2. Hirst e Thompson (1996) analisaram indicadores do séc. XX e concluíram que as diferenças não são muito significativas

1.2.1. "As principais entidades são as economias nacionais"

2. O que é? Ocorrência simultânea de:

2.1. Crescimento extraordinário dos fluxos internacionais de bens, serviços e capital

2.2. Acirramento da concorrência internacional: “agenda da competitividade”, estratégias de desenvolvimento econômico ou das políticas de relações exteriores

2.3. Interdependência entre agentes econômicos e sistemas econômicos nacionais

2.3.1. Mais exportações e as importações de bens e serviços, aumenta o grau de abertura externa das economias nacionais

3. Principais atores

3.1. Acirramento da concorrência ou a maior contestabilidade do mercado mundial

3.2. Estado-nacional que determina ou influencia a evolução das relações econômicas internacionais

3.2.1. Instrumentos econômicos (comércio, empresas, capital, tecnologia). Objetivos políticos (inclusive, militares)

3.3. Empresa transnacional: locus de acumulação e de poder econômico

3.3.1. Controle sobre capital, tecnologia, e capacidades gerencial, organizacional e mercadológica

4. Formas do processo

4.1. Internacionalização da produção

4.1.1. Comércio

4.1.1.1. Importação de produtos por subsidiárias ou filiais

4.1.2. Investimento externo direto

4.1.2.1. Fluxo de capital com o intuito de controlar a empresa receptora do investimento

4.1.3. Relações contratuais

4.1.3.1. Transferência de know-how ou direitos de propriedade

4.1.4. Fluxos financeiros internacionais

4.1.4.1. Dimensão financeira

5. Determinantes

5.1. Natureza sistêmica: demanda agregada

5.1.1. Nova onda tecnológica

5.1.2. Gastos públicos

5.1.3. Gastos militares

5.1.4. Distribuição de riqueza e renda

5.1.5. Exportação de bens, serviços e capital

6. Ideologias

6.1. Neoliberalismo

6.1.1. Redução das barreiras comerciais de acesso aos mercados nacionais

6.2. Liberalização e desregulamentação de países

6.3. Ascensão do liberalismo ou a revitalização de estratégias e políticas liberais

7. Novas tecnologias

7.1. Maiores oportunidades de investimento

7.1.1. Encurtamento dos horizontes de investimento

7.1.2. Encarecimento das atividades de pesquisa e desenvolvimento

7.2. Redução dos custos diretos das operações internacionais

8. Interesses

8.1. Resolve o problema de insuficiência de demanda interna por meio da exportação de bens, serviços e capital dos países desenvolvidos

8.2. Estados Nacionais perdem capacidade de controlar o comércio exterior e os fluxos internacionais de capitais

8.3. Empresas e bancos, ganham maiores oportunidades de acumulação, liberdade de atuação e poder de barganha

8.4. Elite econômica dos países transferem renda e riqueza para o exterior

9. Consequências

9.1. Maior volatilidade dos fluxos financeiros internacionais

9.2. Centralização do capital em escala global

9.3. Acirramento da concorrência internacional

9.4. Mercantilização

9.5. Aumento da vulnerabilidade externa dos países em desenvolvimento

10. Vulnerabilidade externa

10.1. Baixa capacidade de resistência a pressões, fatores desestabilizadores e choques externos

10.2. Opções de resposta com os instrumentos de política disponíveis

10.3. Incorpora os custos de enfrentamento ou de ajuste frente aos eventos externos

11. Limites e contradições

11.1. Neoliberalismo

11.1.1. Desregulamentação dos fluxos internacionais de capitais

11.2. Manutenção de alto nível de desemprego e precarização do mercado de trabalho

11.3. Confronto de civilizações

11.4. Resistência na proteção do homem, da fauna e da flora

12. É reversível?

12.1. Sim, pode ser interrompido ou revertido

12.1.1. Aumento do protecionismo

12.1.1.1. Interrupção e a reversão dos processos de liberalização e desregulamentação