A CRISE DO BLOCO SOCIALISTA

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
A CRISE DO BLOCO SOCIALISTA por Mind Map: A CRISE DO BLOCO SOCIALISTA

1. Para os recém formados países a maior dificuldade após o fim da URSS foi a retomada do sistema capitalista que gerou inúmeros problemas.

1.1. desemprego.

1.2. Falência de empresas nacionais

1.3. Inundação do mercado por produtos estrangeiros

1.4. Agravamento da crise que pois fim a URSS

2. A crise oriunda da forte corrupção no governo da URSS.

3. PRIMAVERA DE PRAGA - 1968

3.1. conjunto de reformas que pretendia acabar com o autoritarismo politico da URSS na Republica Tcheca, instaurando um socialismo democrático.

3.2. Houve repressão por parte do governo da URSS, a população, porem, por meio de táticas passivas de resistência conseguiu a libertação do líder socialista Dubcek.

3.3. Dubcek, de volta ao governo, não conseguiu dar continuação as reformas iniciadas em 1968 visto que o Partido Socialista havia sido alvo de intervenções por parte dos soviéticos.

4. CAUSAS

4.1. Os grandes gastos com intervenções militares e auxílios a países.

4.2. Revoltas populares devido aos problemas de abastecimento de comida, energia e gás.

5. AS MANIFESTAÇÕES CONTRARIAS AO SOCIALISMO NA URSS

5.1. As manifestações estudantis ao redor do globo deram força para os revolucionários soviéticos.

5.2. A REVOLTA NA POLÔNIA - 1970

5.2.1. Promovida pela população que reivindicava leis trabalhistas e mostrava seu descontentamento com a grave crise financeira que se arrastou pela decada de 70.

5.2.2. Ganhou visibilidade em âmbito internacional após a eleição do Papa João Paulo II, bispo polonês favorável a revolução.

5.2.3. Mesmo após tentativas de repreensão do governo soviético a revolta teve sucesso e os políticos que governaram a polônia durante a década de 80 coordenaram a migração do pais para o sistema capitalista.

5.3. A QUEDA DO MURO DE BERLIM - 1989

5.3.1. Ocorreu durante uma revolta na Alemanha Oriental que reivindicava a reunificação com a Alemanha Ocidental para a recriação da nação alemã com o sistema de governo capitalista.

5.3.2. A queda do Muro de Berlim, símbolo da Guerra Fria, representou para a união soviética a iminência de sua queda.

6. AS MANIFESTAÇÕES CONTRARIAS AO SOCIALISMO FORA DA URSS

6.1. Incapacidade da criação de novas tecnologias visto que, como não havia concorrência, as industrias não viam motivo para renovar sua produção.

6.2. O MASSACRE DA PRAÇA DA PAZ CELESTIAL

6.2.1. Ocorrido na China Comunista.

6.2.2. Teve caráter pacífico.

6.2.3. O governo chinês reagiu violentamente, enviando o Exército que para acabar com a manifestação acabou matando milhares de manifestantes.

7. O DESMANCHE DA UNIÃO SOVIÉTICA

7.1. Ocorreu sob o comando do presidente Mikhail Gorbachev, que, por meio de duas reformas promoveu a abertura política da URSS.

7.1.1. GLASNOT: Visou a maior transparência do governo soviético dando maior liberdade de ação aos meios de comunicação.

7.1.2. PERESTROIKA: Reforma económica que cortou gastos com intervenções militares e auxilio monetário a outros governos, além de ter permitido a entrada de capita estrangeiro na URSS.

7.2. Após instalar as reformas política Gorbachev foi preso pela ala conservadora do Partido Comunista Soviético, porém foi solto pouco tempo depois graças a população que manifestou-se em seu favor.

8. AS CONSEQUÊNCIAS DO FIM DO BLOCO SOCIALISTA

8.1. A URSS foi desmembrada em 15 paises

8.2. No Natal de 1991 foi decretado o fim da URSS. Esse decreto não passou de uma formalidade já que a maioria dos países integrantes do Bloco Socialista já tinha decretado sua independência.