Aprendendo a enxergar 8 princípios

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Aprendendo a enxergar 8 princípios por Mind Map: Aprendendo a enxergar 8 princípios

1. 1. Princípio da puxada: 1.1 Em um processo puxado o fluxo de informação e o fluxo de material dentro da cadeia de valor são acionados apenas se houver uma demanda real do cliente interno ou externo. 1.2 Deve ocorrer naturalmente uma sincronização entre o processo fornecedor e processo cliente. 1.3 O objetivo é produzir exatamente de acordo com a demanda real do cliente.

2. 2. Princípio da orientação pelo fluxo contínuo: 2.1 Em um processo orientado pelo fluxo contínuo todas as atividades devem seguir sem que aconteça uma interrupção no fluxo de informação ou no fluxo da matéria prima que está sendo transformada em cada etapa do processo. 2.2 Em uma cadeia onde um determinado produto passa por diferentes processos, a regra é a mesma, só teremos fluxo se não houver interrupção.

3. 3. Princípio da padronização: 3.1 Um processo padronizado é a base para garantir o custo, a entrega e qualidade do produto realizado. 3.2 Sem padrões não existe Melhoria Contínua. 3.3 Os Padrões garantem que as atividades sejam realizadas sempre da mesma forma.

4. 4. Princípio da responsabilidade e comprometimento das pessoas: 4.1 Pessoas responsáveis e comprometidas contribuem melhor para a realização das atividades padronizadas. 4.2 Em todo processo deve ter definido claramente quais as atribuições e competências que se espera das pessoas para realização do mesmo, só assim elas serão mais eficientes. 4.3 Pessoas comprometidas são estimuladas a promover a melhoria do processo naturalmente.

5. 5. Princípio da qualidade perfeita: 5.1 Evitar falhas através de ações de prevenção evita custos desnecessários, corrigir é sempre mais caro. 5.2 Em um processo, o objetivo é zero desperdício, não se pode tolerar falhas que comprometam qualidade, custo e entrega do produto ao cliente. 5.3 O segredo é fazer certo na primeira vez, evitando o retrabalho e o refugo.

6. 6. Princípio da flexibilidade: 6.1 Ter Flexibilidade significa ter adaptação simples e rápida às necessidades do cliente. 6.2 Processos flexíveis aderem mais as mudanças dos clientes. 6.3 Flexibilidade é pré-requisito para competitividade. 6.4 A flexibilidade deve existir nas atividades realizadas, nos procedimentos padrões, métodos e nas pessoas quanto a qualificação e treinamento.

7. 7. Princípio da transparência: 7.1 Processo transparente é aquele onde todos identificam o que fazer, como fazer e quando fazer. 7.2 Processo transparente é aquele onde todos enxergam o fluxo do produto que está sendo transformado e sabem exatamente em que etapa do processo ele está. 7.3 Processo transparente é aquele que facilita a visualização de desperdícios. 7.4 Processo transparente é aquele onde pessoas inerentes ao processo conseguem entender , o processo é auto explicativo

8. 8. Princípio da melhora contínua: 8.1 Em um processo, em algum momento tudo pode ser melhorado. 8.2 A melhoria contínua deve acontecer em todos os processos de um macro processo, porém no início deve ser priorizados os itens A,B,C onde se deve realizar os Kaizens. 8.3 Com a melhoria contínua e eliminando desperdícios com base em um plano de ação, alcançamos e garantimos processos mais robustos e eficientes.