Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
DSM by Mind Map: DSM

1. Onda 1

1.1. Análises

1.1.1. Cadastro de análises e seus parâmetros no SM e automatização de seus cálculos. As análises configuradas para o projeto da DSM serão as Análises de ICP, HPLC, Análises de Proteína e Enxofre, NIR, Energia Bruta, Análises Físicas, Secagem via Spray Dryer, Liofilizador, Analisador de Fibras (Ankom), Fitase (ronlab), Desenvolvido de formulação (Reator Orbital), Digestão de Amostras (Digestão em Microondas e Digestão em Sistema Aberto-Chapa). Não fazem parte do escopo: Criação de novas análises não listadas no arquivo “Levantamento-Requisitos-DSM.xlsx”;

1.1.1.1. Planilha: "Análises_DSM" -> adiante iremos compreender a análise "Ronozyme Hiphos"

1.2. Workflows

1.2.1. Permitir a automatização do fluxo de tarefas associado ao cadastramento das solicitações e seu processamento.

1.2.1.1. Fluxo Bizagi "DSM_SM"

1.2.2. Entity templates

1.2.2.1. -Job -Sample

1.2.2.1.1. Formulário de Envio de Amostras para o Laboratório de I&AS;

1.2.2.1.2. Formulário de Solicitação de Análises POP MQ-095

1.2.2.1.3. Formulário de envio de amostras NIR

1.3. MLP

1.3.1. Segundo a EF: O arquivo “Especificação Técnica (Critério de aceitação).xlsx” detalha todos os níveis de aceitação associados as análises.

1.4. Sintaxes

1.4.1. Identificação das amostras através de códigos estruturados de maneira a permitir o rastreamento das amostras, desde o cadastro da solicitação até a liberação do seu laudo analítico.

1.4.1.1. Job

1.4.1.1.1. PROJETO+DATA DE CRIAÇÃO

1.4.1.2. Sample

1.4.1.2.1. ÁREA+DATA DE CRIAÇÃO+INCREMENTO

1.5. Customização Form(Envio de amostras p/ Exterior e Nacional)

1.5.1. Arquivos: -Documentos - Âmbito Nacional -Documentos - Alemanha -Documentos - Espanha -Documentos - Suiça

1.6. Segurança e Acessos

1.6.1. Permitir, através de parametrização, a segregação de acesso às funcionalidades do sistema, o sistema deverá permitir restrições de acesso às funções relacionadas aos setores do laboratório e de garantia da qualidade (Por exemplo: As pessoas só visualizam os registros que lhes são permitidos).

1.6.1.1. "Levantamento-Requisitos-DSM 02 (1)"

1.7. Auditoria

1.7.1. Gerar log para todas as modificações realizadas nos dados registrados no SampleManager e permitir consultar o histórico dessas alterações, além de registrar a modificação de resultados fornecendo uma trilha de auditoria do resultado anterior que tenha sido modificado, além do registro de data, hora e usuário responsável pela modificação. Além da auditoria para a modificação de resultados das análises serão configuradas ações de auditoria para todas as modificações realizadas nos dados registrados no SampleManager permitindo consultar o histórico dessas alterações, como por exemplo, alteração na metodologia de análise, alteração feita nas análises, alteração no software do equipamento, alteração feita nas calibrações, backup de todas as análises.

1.8. Etiquetas

1.8.1. Job

1.8.1.1. Quando as amostras são recebidas no laboratório e são etiquetadas, o Job é etiquetado para identificar o seu armazenamento

1.8.1.1.1. Vide "Modelo de etiqueta Job (sera colocado esta etiqueta no conjunto de amostras (no saco))-Ao receber as amostras"

1.8.2. Amostras

1.8.2.1. Envio p/ Exterior

1.8.2.1.1. Alemanha

1.8.2.1.2. Suiça

1.8.2.1.3. França

1.8.2.1.4. Espanha

1.8.2.2. Envio p/ laboratório nacional

1.8.3. Reagentes

2. Onda 2

2.1. Portal

2.1.1. -Permitir que os pesquisadores, universidades e a área produtiva da DSM realize o cadastramento de suas solicitações via Portal Web e que os solicitantes tenham acessos aos seus Laudos Analíticos e Status das suas Solicitações. Cada solicitante terá acesso único e exclusivo somente as suas informações garantindo a segurança das informações. -No momento em que o solicitante acessar o portal para realizar um novo cadastro, o mesmo deverá selecionar quais os tipos de análises que deverão ser realizadas. A solicitação deverá conter informações do projeto, produto, área, tipo de amostra, data de coleta/produção, entre outros. O portal também terá um campo de preenchimento obrigatório onde o solicitante irá colocar o número de amostras que serão encaminhadas ao laboratório, assim como, o código de rastreamento do envio dessas amostras. -Durante a fase de implantação será gerado uma especificação técnica específica em conjunto com a equipe da DSM, esse documento irá descrever detalhadamente todas as ações, botões, telas, layouts e configurações WEB Services necessárias para as funcionalidades do portal.

2.1.1.1.  Formulário de Envio de Amostras para o Laboratório de I&AS;  Formulário de Solicitação de Análises POP MQ-095;  Formulário de envio de amostras NIR;

3. Onda 3

3.1. Gerenciamento de stock

3.1.1. Os estoques a serem configurados estão listados no arquivo “Lista MPs_ANC_lcb190131.xlsx”, contendo informações de código e descrição.

3.1.1.1. Será necessário conversar com o responsável pelo estoque para sabermos a quantidade atual do estoque, de minimo de alerta e a quantidade target. Além disso, será necessário verificar se o estoque será integrado com as análises.

3.1.2. Logbook

3.1.2.1. O SM deverá fornecer o log book dos estoques, padrões e soluções, as informações que constaram no SM serão padronizadas conforme documentação disponibilizada pela DSM: - Anexo_28_F946-01 Log Book - Controle de Preparo de Padrões.pdf; 56 - Anexo_29_F366-01 Log Book - Controle de Reagentes.pdf; - Anexo_42_Fxxx - Log Book Livro de Registro - Controle de Preparo de Soluções.pdf; Não fazem parte do escopo: - Cadastro de estoques que não foram descritos nos arquivos “Lista MPs_ANC_lcb190131.xlsx; - Não fazem parte do escopo log book estoques, padrões e soluções não listados acima. - Outras alterações que não estejam listadas neste documento.

3.2. Instrumentos (Calibração/Manutenção)

3.2.1. Os instrumentos serão cadastrados conforme descrito no anexo “Lista de Equipamentos.xlsx” com as informações de Nome, Marca, Modelo, Número de Série, Periodicidade de Calibração e Manutenção e o manual do instrumento digitalizado, disponibilizado pela DSM. Não fazem parte do escopo: - Criação de novos instrumentos, além dos instrumentos listados no arquivo “Lista de Equipamentos.xlsx”; - Outras alterações que não estejam listadas neste documento;

3.2.1.1. Agitador de peneiras Analisador de Fibra Analisador de Nitrogênio Analisador de Ovo (Digital EGG Tester) Analisador de Umidade de Halogênio (Max: 54g divisão: 1mg) Balança Analitica (210g-0,0001g Balança Analitica (Max:220 Min: 10mg Balança Analitica (220g-0,0001g) Balança Analitica (220g - 0,0001g) Balança semi analitica (3100g-0,01g) Balança semi-analitica (6.200Kg) Balança semi-analitica (8.200Kg) Balança Semi Analitica (Max: 12.110Kg) Balança (Max: 100Kg) Câmara Climática Capela de exaustão Combat Capela de exaustão Combat Capela de exaustão Combat Capela de exaustão Chapa Aquecedora Centrifuga Refrigerada "CONCENTRADOR CENTRÍFUGO A VÁCUO (Speed VAC)" Cronomêtro Cronomêtro Densidade Aparente Compactada Divisor de Amostras PN:405350001 Dustmeter Espectrômetro de Infravermelho Próximo - NIR Espectrofotometro UV Estufa de Bancada (Cult. E Bact.) Estufa secagem vidraria Estufa elétrica de secagem de Pós e Grânulos (Agente Quelante) Estufa elétrica Freezer horizontal Freezer - 80°C Incubadora UHPLC Acquity ICP OES Micropipeta 100-1000 microlitro Micropipeta 500-5000 microlitro Micropipeta 500 – 5000uL Micropipeta 0,5-10 microliro Micropipeta 0,5-10 microliro Micropipeta 100-1000 microlitro Micropipeta 10-100 microlitro Micropipeta 10-100 microlitro Micropipeta 1ml – 10mL Microwave D. System Microwave D. Speedwave (100bar) Milli-Q Misturador Y 5Kg Misturador Y 50Kg Misturador 200 Litros Moinho de facas Moinho Facas Willy Moinho Cryo Mill Moinho IKA Moinho Ultra Centrifugo Mill Type Mufla Mufla pHMetro pHmetro Peso Padrão 10mg Peso Padrão 50mg Peso Padrão 100mg Peso Padrão 500mg Peso Padrão 1g Peso Padrão Cx c/ 11 pesos e 1 pinça (1g, 2g, 2g, 5g,1og, 20g, 20, 50g, 100g, 200g, 200g,) Refrigerador Refrigerador (Porta de vidro) RONOLab Ultrasonic Cleaner Termohigrômetro Termohigrômetro Termohigrômetro Termômetro Termômetro Termômetro Termômetro ViscosimetroAgitador de peneiras Analisador de Fibra Analisador de Nitrogênio Analisador de Ovo (Digital EGG Tester) Analisador de Umidade de Halogênio (Max: 54g divisão: 1mg) Balança Analitica (210g-0,0001g Balança Analitica (Max:220 Min: 10mg Balança Analitica (220g-0,0001g) Balança Analitica (220g - 0,0001g) Balança semi analitica (3100g-0,01g) Balança semi-analitica (6.200Kg) Balança semi-analitica (8.200Kg) Balança Semi Analitica (Max: 12.110Kg) Balança (Max: 100Kg) Câmara Climática Capela de exaustão Combat Capela de exaustão Combat Capela de exaustão Combat Capela de exaustão Chapa Aquecedora Centrifuga Refrigerada "CONCENTRADOR CENTRÍFUGO A VÁCUO (Speed VAC)" Cronomêtro Cronomêtro Densidade Aparente Compactada Divisor de Amostras PN:405350001 Dustmeter Espectrômetro de Infravermelho Próximo - NIR Espectrofotometro UV Estufa de Bancada (Cult. E Bact.) Estufa secagem vidraria Estufa elétrica de secagem de Pós e Grânulos (Agente Quelante) Estufa elétrica Freezer horizontal Freezer - 80°C Incubadora UHPLC Acquity ICP OES Micropipeta 100-1000 microlitro Micropipeta 500-5000 microlitro Micropipeta 500 – 5000uL Micropipeta 0,5-10 microliro Micropipeta 0,5-10 microliro Micropipeta 100-1000 microlitro Micropipeta 10-100 microlitro Micropipeta 10-100 microlitro Micropipeta 1ml – 10mL Microwave D. System Microwave D. Speedwave (100bar) Milli-Q Misturador Y 5Kg Misturador Y 50Kg Misturador 200 Litros Moinho de facas Moinho Facas Willy Moinho Cryo Mill Moinho IKA Moinho Ultra Centrifugo Mill Type Mufla Mufla pHMetro pHmetro Peso Padrão 10mg Peso Padrão 50mg Peso Padrão 100mg Peso Padrão 500mg Peso Padrão 1g Peso Padrão Cx c/ 11 pesos e 1 pinça (1g, 2g, 2g, 5g,1og, 20g, 20, 50g, 100g, 200g, 200g,) Refrigerador Refrigerador (Porta de vidro) RONOLab Ultrasonic Cleaner Termohigrômetro Termohigrômetro Termohigrômetro Termômetro Termômetro Termômetro Termômetro Viscosimetro

3.2.2. Logbook

3.2.2.1. Anexo_07_F604 -03 Log Book - Livro Registro da Balança.pdf;  Anexo_08_F1215 - Log Book - Livro de Registro da Bomba Calorimétrica.pdf;  Anexo_09_F1187 - Log Book - Livro de Registro do Reator Orbital.pdf;  Anexo_10_F774-001 Log Book - Livro de Registro de Controle de Calibração de Equipamentos - Rev 01.pdf;  Anexo_12_F363 Log Book Monitoramento de Temperatura e Umidade.pdf;  Anexo_14_F829 Log Book - Livro Registro do Agitador Área Piloto.pdf;  Anexo_15_F835 Log Book - Livro Registro do Agitador de Bancada.pdf;  Anexo_16_F849 Log Book - Livro Registro Estufa Eletrica.pdf;  Anexo_17_F858 Log Book - Livro Registro ICP OES.pdf;  Anexo_18_F861 Log Book - Livro Registro Espectrofotômetro.pdf; 51  Anexo_19_F1228 Log Book - Livro Registro do Mini Spray Dryer.pdf;  Anexo_20_F1225 Log Book - Livro Registro do Analisador de Fibras.pdf;  Anexo_21_F1227 Log Book - Livro Registro Moinho Criogênico.pdf;  Anexo_22_F364 Log Book - Controle de Material de Referência.pdf;  Anexo_23_F821 Log Book - Controle de Descarte de Resíduos.pdf;  Anexo_24_F862 Log Book - Livro de Registo do pHmetro.pdf;  Anexo_25_F369 Log Book - Livro de Registo do Misturador.pdf;  Anexo_26_F365 Log Book - Controle de Padrões.pdf;  Anexo_27_F1223 Log Book – Liofilizador.pdf;  Anexo_49_F367 Log Book - Livro de Registro de Histórico de Equipamento.pdf; Não fazem parte do escopo log book de instrumentos não listados acima.

3.2.3. Partes de instrumentos

3.2.3.1. As partes dos instrumentos podem ser associadas a diferentes instrumentos compatíveis. Informações mais detalhadas sobre as partes de instrumentos estão presentes nos arquivos “Lista de Equipamentos.xlsx” e “Anexo_44_Consumiveis LECO FP 628.xlsx”. OBS: Tem dados de reagentes na planilha “Anexo_44_Consumiveis LECO FP 628.xlsx”.

3.3. Integração de instrumentos

3.3.1. Os equipamentos integrados por serial são: - Balança Analítica Mettler-Toledo – ME204 (B724256271); - Balança Analítica Mettler-Toledo – AB204 - S/FACT (1223453154); Os equipamentos a serem integrados por meio de arquivo são: - Espectrômetro de Infravermelho Próximo – NIR - DS2500 (FOSS 91788733); - Espectrofotometro UV - CARY 50 BIO Varian (EL06123421); - UHPLC Acquity – Waters (W6DAE3354M); - ICP Agilent Technologies S110; - RONOLab MICT - Magna Bio Sciences (2D5G0009); -> será necessário entender a análise "Ronozyme Hiphos" - Analisador de Nitrogênio - 622-000-200 LECO (18093); OBS: Nabel e Bomba calorimétrica não estão inclusos no escopo. Não está no escopo do projeto a configuração de integração de equipamentos de análises adicionais não listados nessa seção.

3.4. Treinamento (Análises/Instrumentos)

3.4.1. Os planejamentos de treinamentos serão cadastrados conforme descrito no anexo “Lista de Usuarios para treinamento LIMS.docx” com as informações pertinentes, como: tipo de treinamento, descrição, competência, data em que o último treinamento foi completado, data necessária do reteste.

3.4.1.1. A planilha "Levantamento-Requisitos-DSM 02 (1)" possui uma aba de treinamentos, mas não encontrei os arquivos contendo os dados citados na mesma.

3.5. Laudos Analíticos

3.5.1. Os layouts de relatórios apresentados nesta seção podem sofrer alterações, mantendo o conteúdo. Não está previsto no escopo do projeto o desenvolvimento de relatórios não listados nesta seção.

3.5.1.1. Os laudos analíticos a serem criados para o laboratório de inovação e ciência aplicada são: -Laudo para Análises de Caracterização Física (ACF 0000 - MODELO DE LAUDO.docx) -Modelo de Certificado Analítico (Anexo_03_Modelo de Laudo Analítico.xlsx) -Modelo de Relatório de Análise (Anexo_05_Laudo Gerenciador de Análise.pdf) -Relatório modelo de Registration System (Anexo_51_Relatório de Envio de amostras para Espanha.pdf) -> Edith me informou que o programa que gera a etiqueta das amostras que vão para a Espanha já gera esse relatório, não sendo necessário criarmos ele no SM. OBS: Relatório que de acordo com a Edith deve ser incluída no SM para que o mesmo seja gerado depois que é feito o cadastro do job e da amostra pela universidade/pesquisador para inclusão na caixa, não está incluso no escopo. Os layouts de relatórios apresentados nesta seção podem sofrer alterações, mantendo o conteúdo. Não está previsto no escopo do projeto o desenvolvimento de relatórios não listados nesta seção.

3.6. Pastas

3.6.1. Os menus e pastas do SM serão agrupados de acordo com as áreas de atuação (monogástrico e ruminantes) e com os projetos, conforme os papéis de usuários.

3.7. Dashboard

3.7.1. Dashboard para Amostras

3.7.1.1. Dashboards para Amostras: - Porcentagem de amostras entregues no prazo e porcentagem com atraso; - Porcentagem de amostras paradas em um determinado status. Por exemplo, quantas estão aguardando aprovação, quantas estão esperando a entrada completa de resultados e quantas estão esperando recebimento. Esse dashboard poderá ser agrupado por produto e poderá filtrar informações de um determinado período.

3.7.2. Dashboard para Desempenho

3.7.2.1. - Visão geral do desempenho do laboratório; - Porcentagem de amostras em processo; 57 - Porcentagem de amostras entregues; - Status das amostras. Esse dashboard poderá será agrupado por processo, prazo e status conforme gráficos e poderá filtrar informações de um determinado período.

3.7.3. Dashboard para Gerenciador de Recurso

3.7.3.1. Dashboards para Gerenciador de Recurso: - Visão geral de demanda de instrumentos de análises; - Visão geral de quantidade de análises realizadas por analistas; - Visão geral do controle de estoques; Esse dashboard poderá será agrupado por instrumento e estoque conforme gráficos e poderá filtrar informações de um determinado período.

3.7.4. Dashboard para Gerenciador de Estoque

3.7.4.1. Visão geral de quantidade de estoques; Esse dashboard poderá será agrupado por estoque conforme gráficos e poderá filtrar informações de um determinado período.

3.8. SQC

3.8.1. Os gráficos gerados através do módulo SQC serão partes integrantes dos laudos para análise de caracterização física, lembrando que as informações para a criação dos gráficos devem estar anteriomente cadastradas no SM.