Rede de Computadores

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rede de Computadores by Mind Map: Rede de Computadores

1. Classificação das Redes

1.1. Quanto a Abrangência

1.1.1. BAN (Body Area Network) Destina-se a interconectar sensores no corpo de uma pessoa. (Body = corpo). Rede de baixo custo e baixa energia

1.1.2. PAN (Personal Area Network) Comunicação entre dispositivos ao alcance de uma pessoa. Taxa de Transmissão = Alta | Taxa de erro = Baixa

1.1.2.1. (WPAN - IEEE 802.15)

1.1.2.1.1. (Bluetooth 802.15.1) Opera sobre uma curta faixa e curto alcance Baixa potência/velocidade Baixo custo Rede Ad Hoc

1.1.2.1.2. (Zigbee 802.15.4) Mais fraco e mais barato que o Bluetooh.

1.1.3. LAN (Local Area Network) Abrangência de uma sala, prédio, campus (CAN). Taxa de Transmissão e de Erro (ver PAN)

1.1.3.1. Modos: I - AD HOC: Equipamentos ligados diretamente, sem ter um 3°. II - INFRAESTRUTURA: Conexão com um. 3° elemento, como um Acess Point.

1.1.3.2. Rede Cabeada: ETHERNET - IEEE 802.3

1.1.3.2.1. Segundo o CESPE, é geralmente montada em Barramento ou em Estrela, com cabos de par trançado e switches.

1.1.3.3. Rede Sem Fio: WI-FI - IEEE 802.11 (A mais conhecida)

1.1.3.3.1. As mais comuns são: 802.11b 802.11a 802.11g (mais comum)

1.1.3.3.2. Protocolo CSMA/CA (CSMA com prevenção de colisão)

1.1.3.3.3. Sistema de Reconhecimento/Retransmissão (ARQ)

1.1.3.3.4. O quadro (frame - Camada de Enlace) 802.11 possue 4 campos de endereço (cada um pode conter um endereço MAC de 6 bytes)

1.1.4. MAN (Metropolitan Area Network) /// cidade/metrópole. Conexão de várias LAN's.

1.1.4.1. WMAN (WIMAX) - IEE 802.16

1.1.5. WAN (World Area Network) (Rede Remota) /// cidades (mais de uma), país(es) ou continente(s). Conexão de várias LAN's e LAN's. Ex.: Internet

1.1.6. Nota: GAN (Global Area Network) e IAN (Interplanetary Area Network)? Só se na questão trouxer explicitamente.

1.2. Quanto a Topologia

1.2.1. FÍSICA A maneira como os cabos (pode ser Topologia Wirelles também) se conectam fisicamente aos hosts.

1.2.1.1. Barramento (em Barra, BUS, Linear) Utiliza conexões MULTIPONTO. A informação é vista por todos (BROADCAST/DIFUSÃO) Necessita de políticas de acesso ao meio físico, para evitar colisões.

1.2.1.1.1. IMPORTANTE CADA TRANSMISSÃO OCUPA TODO O MEIO FÍSICO. Ou seja, um host por vez para falar.

1.2.1.2. Anel (Ring) Utiliza conexões PONTO A PONTO Em regra, o sinal é Unidirecional, no sentido horário Cada computador deve ter duas Placas de Rede

1.2.1.2.1. Protocolo Token Ring (IEEE 802.5) Camada Física NÃO EXISTE COLISÃO Cada estação age como um repetidor São Redes Determinísticas: pode-se calcular o tempo máximo de transferência

1.2.1.2.2. Vantagens Boa para redes pequenas; a expansão é facilmente conseguida; ideal para uso de fibra óptica redundante; resiliente; segura Desvantagens Necessidade de hardware adequado; custo alto; os hosts PRECISAM estar ligados para a rede funcionar

1.2.1.3. Estrela (Star) Utiliza conexões PONTO A PONTO Host's da rede ligados a uma dispositivo central (Hub ou Switche)

1.2.1.3.1. Caso um host queira enviar dados a outro, os dados PASSARÃO pelo dispositivo central.

1.2.1.3.2. Qual o Dispositivo Central utilizado?

1.2.1.4. Malha (Mesh) Utiliza conexões PONTO A PONTO Cada host possue uma conexão com quase todos os demais.

1.2.1.4.1. Conexão com todos? Será uma Malha TOTAL (FullMesh)

1.2.1.5. Árvore (Hierarquizada) Topologias Estrelas quando os seus nós centrais se conectam a outros formando uma ramificação hierarquizada.

1.2.1.6. Híbrida ... conexões MULTIPONTO Composta de Topologias diferentes.

1.2.2. LÓGICA A maneira como o fluxo de dados segue através da rede.

1.2.2.1. IMPORTANTE Ver informação sobre Topologia em Estrela com um Hub

1.3. Quanto ao Tipo de Conexão

1.3.1. Ponto a Ponto Conectam, de forma guiada ou não, PARES de nós.

1.3.1.1. Ex: Rede Bitcoin, Torrent.

1.3.2. Multiponto MAIS DE 2 NÓS compartilham o enlace/link

1.3.2.1. Ex.: Topologia em Barramento

1.4. Quanto a Interação/Arquitetura

1.4.1. Rede PAR-A-PAR (P2P) Sistema Não-Hierárquico; participantes de comunicam uns com os outros. Ex.: Torrent

1.4.2. Cliente/Servidor Sistema Hierárquico. Ex.: Aplicação Web, Correio Eletrônico.

2. Meios de Transmissão

2.1. Guiados

2.1.1. Cabo Coaxial

2.1.1.1. Um fio de cobre esticado na parte central envolvido por um material isolante (protegido por um condutor cilíndrico).

2.1.1.1.1. Conector BNC

2.1.1.1.2. Taxa de transmissão de 10 Mbps (baixa)

2.1.1.1.3. Mais antigo e mais barato

2.1.2. Cabo de Par Trançado

2.1.2.1. Os fios são enrolados DOIS A DOIS (pares) entrelaçados entre si.

2.1.2.1.1. Conector RJ-45

2.1.2.1.2. Existem 7 categorias desse tipo cabo

2.1.2.1.3. Blindagem?

2.1.3. Fibra Óptica

2.1.3.1. Transmite informações através de SINAIS LUMINOSOS.

2.1.3.1.1. É um fio de vidro (sílica) ou plástico, fino, transparente e flexível

2.1.3.1.2. Funciona a partir da reflexão e da refração da luz

2.1.3.1.3. TIPOS de Fibra Óptica

2.2. Não-Guiados

2.2.1. Transmissão por Rádio

2.2.1.1. Comportamento das ondas é dependente da freqüência:

2.2.1.1.1. – Em baixas frequências atravessam obstáculos.

2.2.1.1.2. – Em altas frequências, tendem a viajar em linha reta e ricochetear nos obstáculos.

2.2.2. Microondas

2.2.2.1. Acima de 100 MHz, as ondas trafegam praticamente em linha reta e não atravessam obstáculos.

2.2.3. Infravermelho

2.2.3.1. Usado em dispositivos de controle remoto (p.ex., TV e portões elétricos)

2.2.3.2. Relativamente direcionais

2.2.3.3. Não atravessam objetos sólidos

2.2.3.4. Visto como vantagem no que diz respeito a segurança

2.2.4. Transmissão por Satélites

2.2.4.1. São repetidores de microondas no espaço

2.2.4.2. Quanto ao posicionamento, são classificados em: – GEO (Geostationary Earth Orbit) – MEO (Medium-Earth Orbit) – LEO (Low-Earth Orbit)

3. Elementos de Interconexão de Rede

3.1. Elementos da Camada 3 (Rede) no Modelo OSI/ISO

3.1.1. Roteador (Routers)

3.1.1.1. PROTOCOLOS de Roteamento

3.1.1.2. Interligam segmentos de Redes DIFERENTES Segmenta as Redes/Domínios de Broadcast diferente

3.1.1.2.1. TABELAS DE ROTEAMENTO beseadas em End. IP (porque é da Camada 3)

3.1.1.2.2. Determinam o MELHOR CAMINHO pela métrica do algoritmo utilizado

3.1.2. Switches de Camada 3 (Swtiche Layer 3)

3.1.2.1. Trabalha como se fosse um Roteador Trabalha nas camadas 2 e 3

3.1.2.1.1. Em regra, lembrar deles só se a prova mencionar

3.2. Elementos da Camada 2 (Enlace) no Modelo OSI

3.2.1. Switche (Comutador)

3.2.1.1. Interligam segmentos de Rede Isola os Domínios de Colisão Encaminha os pacotes de acordo com o End. MAC de destino

3.2.1.1.1. Segmenta a rede internamente, ou seja, cada porta corresponde a um segmento diferente. O que significa que não haverá colisões

3.2.2. Bridge (Ponte)

3.2.2.1. Interliga dois segmentos de Rede Isola os Domínios de Colisão Filtram baseados no End. MAC

3.2.2.1.1. Aprende esses Ends. MAC e salva na Tabela CAM

3.3. Elementos da Camada 1 (Física) no Modelo OSI

3.3.1. Hub (Concentrador)

3.3.1.1. *Usado para conectar os equipam. que compõe uma LAN *Hosts no = domínio de Broadcast (logo, indicado para redes pequenas)

3.3.1.2. Topologia Física = Estrela Topologia Lógica = Barramento

3.3.1.2.1. NÃO EXAMINA END. DA CAMADA DE ENLACE

3.3.2. Repetidor (Repeater)

3.3.2.1. Amplia o sinal SEM REALIZAR QUALQUER TIPO DE TRATAMENTO Usado para interligação de redes idênticas

4. Modelos de Referência

4.1. Modelo OSI/ISO

4.1.1. Camadas

4.1.1.1. 7 - Aplicação

4.1.1.2. 6 - Apresentação

4.1.1.3. 5 - Sessão

4.1.1.4. 4 - Transporte

4.1.1.5. 3 - Rede

4.1.1.6. 2 - Enlace

4.1.1.6.1. Transforma um canal de transmissão normal em uma linha que PAREÇA livre de erros de transm. (mascaramento dos erros)

4.1.1.6.2. O transmissor divide os dados em QUADROS (Frames)

4.1.1.6.3. Possui 2 SUBCAMADAS

4.1.1.7. 1 - Física

4.1.1.7.1. Trata da transmissão de Bits

4.1.1.7.2. Interfaces mecânicas, elétricas e de sincronização

4.2. Modelo TCP/IP

4.2.1. Camadas (R.I.T.A.)

4.2.1.1. 4 - Aplicação

4.2.1.2. 3 - Transporte

4.2.1.3. 2 - Internet

4.2.1.4. 1 - Rede

4.3. Modelo Híbrido

4.3.1. Camadas (F.E.R.T.A.)

4.3.1.1. 5 - Aplicação

4.3.1.2. 4 - Transporte

4.3.1.3. 3 - Rede

4.3.1.4. 2 - Enlace

4.3.1.5. 1 - Física

5. Internet, Intranet e Extranet

5.1. Internet

5.1.1. A Internet é a Rede de computadores Mundial/Pública/Externa que utiliza um conjunto próprio de protocolos (TCP/IP).

5.1.1.1. Serviços da Internet

5.1.1.1.1. Navegação

5.1.1.1.2. Cloud Computing

5.1.2. Alguns conceitos:

5.1.2.1. Backbone: é a espinha dorsal da Internet + No Brasil, é controlada pelo Governo * Um meio de transferência de dados em alta velocidade/capacidade ao longo de centenas ou milhares de quilômetros. *Utiliza cabos satélites, cabos (inclusive dentro dos oceanos).

5.1.2.2. ISP (Internet Service Provider) ou Provedor: Dá um IP para acessar a Internet Nível 1: Acesso aos Backbones Internac. Nível 2: Acesso aos Backbones Nac. Nível 3: Acesso aos Backbones locais

5.2. Intranet

5.2.1. Rede de computadores PRIVADA/CORPORATIVA, de uso exclusivo de um determinado local, que só pode ser usada por hosts da rede interna.

5.2.1.1. Requer autorização (senha ou config. do IP)

5.2.1.2. Utiliza os MESMOS PROTOCOLOS/PROGRAMAS QUE A INTERNET

5.2.1.3. Opera geograficamente em uma LAN

5.2.1.4. Rede cujos componentes estão interligados em um mesmo domínio

5.2.1.4.1. Pode reduzir custo/demora na troca de infs.

5.2.1.5. PRINCIPAL OBJETIVO (SEGUNDO O CESPE) é centralizar docs./infs./formulários/notícias de uma organização

5.3. Extranet

5.3.1. É uma rede de computadores que permite o ACESSO EXTERNO CONTROLADO

5.3.1.1. Login/Senha ou VPN

5.3.1.2. Em um contexto Business-to-Business, pode ser vista como uma parte da Org. que é estendida aos clientes/fornecedores.

5.4. Observações

5.4.1. VPN's

5.4.1.1. Virtual Private Netwok (Rede Virtual Privada)

5.4.1.1.1. + Segura (porque usa criptografia) - Velocidade na transmissão (devido à criptografia aumentar o tamanho dos dados)

5.4.1.1.2. Confidencialidade Integridade Autenticação Antireplay

5.4.1.2. Tipos de VPN's

5.4.1.2.1. Site -to-Site (S2S, L2L, Router-to-Router) VPN baseada na Intranet Consiste, entre outros elementos, de um canal de comunicação criptografado entre dois gateways de rede. Ex. de uso: filiais de uma org.

5.4.1.2.2. Remote Acesd Usada em Home Office, por exemplo

5.4.1.2.3. VPN PPTP + Usada Não tem criptografia (depende do PPP) Login/Senha Útil para usuários simples (Não exige instalação de recursos extras)

6. Modos de Transmissão de dados

6.1. Simplex

6.1.1. UM ÚNICO dispositivo é o transmissor e o(s) outro(s) é o receptor. UNIDIRECIONAL (uma direção) e UM SÓ CANAL.

6.1.1.1. Ex.: Tv, rádio

6.2. Half-Duplex

6.2.1. As partes transmitem E recebem (Transm. BIDIRECIONAL), mas não simultâneamente, porque só existe UM CANAL

6.2.1.1. Ex.: Walkie-Talkie

6.3. Full-Duplex

6.3.1. Ambos transmitem E recebem (Transm. BIDIRECIONAL), INCLUSIVE SIMULTANEAMENTE, porque há 2 CANAIS de comunicação.

6.3.1.1. Ex.: Telefone

7. Rede de Comunicação

7.1. Técnicas de Comunicação

7.1.1. Orientadas à Conexão

7.1.1.1. O meio é RESERVADO à conexão (Reserva de largura de banda) Estabelecimento prévio da conexão Há uma conexão dedicada entre os dois pontos

7.1.1.1.1. Tarifação pela distância Desperdício

7.1.1.2. Novo Tópico

7.1.2. Não Orientadas à Conexão

7.1.2.1. Diferente do Orientado