Create your own awesome maps

Even on the go

with our free apps for iPhone, iPad and Android

Get Started

Already have an account?
Log In

Contribuições by Mind Map: Contribuições
0.0 stars - 0 reviews range from 0 to 5

Contribuições

Ferramenta WEB 2.0 Utilizada

EntretenimentoBH

Para quem não conhece ainda, Google Docs, resumidamente, é uma ferramenta online que permite ao usuário criar/editar planilhas, arquivos de texto e slides. Em todas as versões é possível compartilhar seus arquivos com outros usuários. Já o GoogleMaps, resumidamente, é uma extraordinária ferramenta que permite a localização de um endereço em qualquer lugar do mundo e o exibe em mapas criados por satélites ou mapas normais. Além disso é possível traçar rotas entre dois ou mais endereços, compartilhar mapas e rotas com outros usuários e criar/salvar seus próprios mapas. Com essas ferramentas, o grupo decidiu criar, então, uma nova ferramenta que exibe os locais de entretenimento e diversão da cidade de Belo Horizonte. Estes locais são exibidos via GoogleMaps e são buscados em uma planilha do Google Docs. Para adicionar novos locais, basta inserir o endereço no formulário abaixo e aparecerá automaticamente no mapa com a descrição fornecida (após alguns instantes pressione F5 para atualizar a página e ver o resultado da inserção do seu local).

Principais Comentários, Thiago de Freitas - Grupo C, Juliano Xavier- Grupo D, Tadeu Rocha - Grupo C

Características, Simplicidade de uso, Pode chegar a ter dados numa escala épica, Mashup, Poder das Massas

Princípios da Nova Era da Internet

Dados numa escala Épica

A essência da Web 2.0 são as aplicações que são construídas com participação dos usuários. Graças à contribuição dos mesmos, as aplicações armazenam imensas quantidades de informação. Aplicações da Web 2.0 fazem consultas em tempo real sobre a enorme quantidade de informação disponível, e então descobrem que tipo de serviços é possível fazer. [Fonte: Crmbuyer.com] Quando se consegue analisar essas massas de dados com competência, é possível perceber tendências e gerar conteúdo direcionado ao perfil do usuário que acessa a aplicação naquele instante, inclusive anúncios publicitários de seu interesse. Isso gera interesse por parte do usuário, que recebe conteúdo de acordo com sua preferência e renda para os desenvolvedores da aplicação, uma vez que a publicidade mostrada terá maior probabilidade de ser visitada. Com isso, as primeiras ferramentas a utilizar essa grande esses dados foram as máquinas de busca, cuja a função é varrer a internet e indexar seu conteúdo para que os usuários possam encontrar rapidamente o que desejam, dentro da rede. Máquinas de busca como o Yahoo! e Google tiraram grande proveito desse serviço e mostraram e provaram a grande capacidade publicitária que a internet oferece, visto que ela pode se aproveitar do ganho em calda longa e assim, um ganho de centavos em cada anúncio publicitário se transforma em milhões devido ao gigantesco número de acessos. Depois disso, várias outras aplicações se aproveitaram do potencial colaborativo da internet e criaram espaços com conteúdos gigantescos sem o menor esforço de construção. Nesse contexto, pode-se citar as redes Peer-to-Peer, como o Emule ou Torrent, que detêm um enorme acervo de arquivos de todos os tipos, compartilhados e abertos ao mundo e ainda permitem interação entre os usuários. Além disso, pode-se verificar o surgimento da Wikipedia, uma enciclopédia virtual, cujo conteúdo é livre e inteiramente produzido pelos usuários de todo planeta. Vale ressaltar que consta no site Wikipedia no dia 29/03/2009, o impressionante número de quase 3 milhões de artigos publicados apenas na língua inglesa. Enquanto isso, uma das mais respeitadas enciclopédias do Mundo, a Barsa, exibe um conteúdo de apenas 122 mil verbetes (Ver link desta fonte). Esse fato já demonstra claramente a quantidade de dados que podem ser agregados à Web 2.0. Mas, além dessas aplicações, ainda restam as redes sociais que também possuem uma enorme capacidade de aumentar o volume de dados presentes na rede. Nesse sentido, redes como o YouTube, que permite a postagem ilimitada de vídeos e também o Flickr, que fornece aparatos para a postagem rápida e eficiente de fotos pelos usuários, são ambientes cujo o conteúdo é praticamente incomensurável. Desse modo, todas essas ferramentas e ambientes acabaram por criar um volume de dados sem precedentes, que deu origem ao conceito de Cloud Computing, ou nuvem computacional. Assim, ao utilizar a nuvem, o usuário não precisa mais se preocupar em como pode armazenar, mas sim em quanta informação ele consegue colocar na rede e por fim, o quanto dessa quantidade épica de dados é possível aproveitar.

Principais Comentários, Israel - Grupo A, Maisa Horta - Grupo D

Características, Dados enviados por usuários (colaboração), Peer-to-peer, Redes e2k, eMule, BitTorrent, Multimídia, Vídeos, YouTube, GoogleVideo, Fotos, Flickr, Bases de Conhecimento, Wiki's, Wikipedia, Yahoo! Answers, Enormes Quantidades de Dados, Cloud computing, Análise das massas de dados, Geração de conteúdo personalizado, Serviço de acordo com perfil de usuários, Publicidade, Percepção de tendências