Fim da Idade Média e aspectos culturais do Medievo

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Fim da Idade Média e aspectos culturais do Medievo by Mind Map: Fim da Idade  Média e  aspectos  culturais do  Medievo

1. A Crise do século XIV *Crescimento populacional. *Produção de alimentos estagnada. *A vida dos europeus foram marcadas por fome, doença e revoltas. *A Grande Fome. *A peste bubônica. *Crença de a epidemia era castigo divino. *A doença se propagou devido à grande quantidade populacional na Europa, somada às péssimas condições de higiene.

2. Danças macabras

3. A Guerra dos Cem Anos *Início do século XIV, França e Inglaterra viviam problemas internos. *Laços de parentescos entre a nobreza francesa e inglesa.*Disputa econômica. *Estopim: sucessão do último rei da dinastia. *Filipe de Valois (França) X Eduardo III (Inglaterra). *A ascensão de Filipe deu início à dinastia de Valois, mas provocou a reação do rei inglês que declarou guerra à França.

4. Última fase da Guerra Período a partir de 1420, correspondente a atuação de Joana d’Arc frente as tropas francesas;

4.1. Joana d'Arc Foi uma camponesa que teve participação relevante na Guerra dos Cem Anos, liderando as tropas de Carlos VII em conquistas importantes. Capturada pelos ingleses, foi julgada e condenada à morte na fogueira por bruxaria, sendo executada aos 19 anos de idade. No século XX, teve sua imagem reabilitada e hoje é um dos grandes nomes da história francesa.

5. Igreja Durante o período medieval a economia se ruralizou, com o feudalismo. A Igreja, antes concentrada nas cidades, foi obrigada a se deslocar para o campo, onde os bispos e abades se tornaram senhores feudais. A Igreja se tornou a mais poderosa instituição feudal, foi acumulando bens móveis e imóveis por meio de doações feitas por ricos aristocratas que se convertiam e por alguns imperadores.

6. Universidades As universidades medievais foram fundadas por volta de 1150, no contexto do Renascimento do Século XII. Essas instituições são o ponto de partida para o modelo de universidade que temos até hoje. Trata-se não apenas de instituições de ensino: a universidade medieval era também o local de pesquisa e produção do saber, era também o foco de vigorosos debates e muitas polêmicas - o que fica evidente pelas crises em que estas instituições estiveram envolvidas e pelas muitas intervenções que sofreram do poder real e eclesiástico

7. Arquitetura Romântica A arquitetura romântica é marcada também pelo revivalismo. Trata-se do uso de formas, figuras e soluções técnicas de uma época do passado para a solução de problemas presentes.

8. Literatura A literatura na Idade Média ocorreu durante os séculos V e XV, até o início do Renascimento. Nessa época, a sociedade medieval era rural e autossuficiente, a qual esteve baseada no sistema feudal. As pessoas não tinham acesso à educação regular, somente os membros da Igreja e os nobres sabiam ler. Sabendo da situação da população, os membros da Igreja escreveram textos e livros que ficaram restritos aos integrantes do clero e membros da nobreza. Ficou marcante também o uso do latim, e temas históricos e amorosos.

9. Arquitetura Gótica Arquitetura Gótica é um estilo arquitetônico que, junto com a arquitetura românica e bizantina, foi predominante na Europa durante a Baixa Idade Média (século X ao XV). Sua principais características são as abóbadas ogivais, a verticalidade das obras, as gárgulas e os vitrais.

10. Revoltas na cidade e no campo *Servos perceberam que era hora de reivindicar melhores condições de vida, provocando sérias revoltas camponesas. *A burguesia revoltava-se contra opressão exercida pelos senhores sobre as cidades. *Burguesia e camponeses insatisfeitos com andamento da Guerra dos Cem Anos. *Primeira grande revolta camponesa ficou conhecida por jacquerie. *No século XV, a Europa vivia outro sério problema: esgotamento de ouro e prata.