CESAR.thon: um framework para Maratonas de Testes

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
CESAR.thon: um framework para Maratonas de Testes by Mind Map: CESAR.thon: um framework para Maratonas de Testes

1. 2 mob testing

1.1. Google hacking

2. Referências

2.1. Mob testing

2.2. Crownd sourcing test

2.3. Software Testing World Cup

2.4. Testathon

3. Por que usar?

3.1. Promover o engajamento

3.1.1. Em sua empresa

3.1.2. Em sua comunidade de testes

3.2. Mentoring individual ou do time de teste

3.3. Testar produtos internos (sua empresa)

3.4. Realizar benchmarks

3.5. Ser uma ferramenta na prospecção de negócios

4. Definição

4.1. Encontro entre testadores e demais partes interessadas (que fazem parte do desenvolvimento de um produto ou software), com o objetivo de explorar o produto, encontrar bugs, apresentar melhorias e coletar feedback sobre a qualidade e requisitos.

5. Resultados

5.1. 2016

5.1.1. 4 Maratonas de Teste

5.1.1.1. 1 Fase de prospeção de negócios

5.1.1.1.1. Mais de 120 defeitos encontrados

5.1.1.1.2. 30 testadores

5.1.1.1.3. 3 horas

5.1.1.2. 4 Aplicações internas

5.1.1.2.1. Mais de 80 defeitos encontrados

5.1.1.2.2. 26 testadores

5.1.1.2.3. 5 Designers

5.1.1.2.4. 3 Devs

5.1.1.2.5. 8 horas

5.1.2. 17 Apresentações curtas

5.1.3. 3 dojos

5.1.3.1. Automação Web com Selenium

6. Benefícios

6.1. Individual

6.1.1. Oportunidades de aprendizado

6.1.1.1. Habilidades técnicas

6.1.1.1.1. Estratégia de teste

6.1.1.1.2. Técnica de Testes

6.1.1.1.3. Ferramentas

6.1.1.1.4. Ideias

6.1.1.1.5. Soluções criativas e inovadoras

6.1.1.1.6. Avaliações heurísticas

6.1.1.2. Habilidades (inter)pessoais

6.1.1.2.1. Trabalho em equipe

6.1.1.2.2. Gerenciamento do tempo

6.1.1.2.3. Liderança

6.1.1.2.4. Orientação à resultados

6.1.2. Rede de contatos

6.1.2.1. Conexão com diversos profissionais e empresas

6.1.2.2. Conhecer pessoas de outras regiões e países (diversidade cultural)

6.1.3. Fun

6.1.3.1. A gameficação de uma Maratona de testes gera uma competição construtiva e divertida entre os participantes.

6.1.4. Recompensas

6.1.4.1. Aprendizado

6.1.4.2. Marco na carreira (reconhecimento)

6.1.4.3. Prêmios

6.2. Comunidade de testes

6.2.1. Troca de conhecimento

6.2.2. Treinamento?

6.2.3. Aumenta o engajamento

6.3. Empresas

6.3.1. Rápido feedback sobre a qualidade do produto.

6.3.2. Feedback recebido de diversos profissionais sob diferentes perspectivas

6.3.3. Execução de teste em uma grande variedade de dispositivos.

6.3.4. Comparação dos produtos com outros similares (de outras empresas).

6.3.5. Recrutamento de talentos

6.3.5.1. Identificar excelentes profissionais durante a maratona de testes.

7. Framework

7.1. Set the goals

7.1.1. Definir um produto.

7.1.2. Definir quais dispositivos/sistemas operacionais serão utilizados.

7.1.3. Lista de profissionais envolvidos

7.1.3.1. Engenheiro de teste

7.1.3.2. Engenheiro de Software

7.1.3.3. Design UX

7.1.3.4. Design UI

7.1.3.5. Representante do produto

7.1.4. Definir tempo de execução da maratona

7.1.5. Definir cronograma

7.2. Especificação e preparação da infraestrutura

7.2.1. Servidores

7.2.2. Aplicativos

7.2.3. Dispositivos

7.2.4. Ferramentas

7.2.4.1. Gerenciamento de defeitos

7.3. Executar o CESAR.thon

7.4. Receber feedback de todos os envolvidos

7.5. Compilar os resultados

7.5.1. Defeitos

7.5.2. Melhorias

7.5.3. Novos requisitos

7.5.4. Report global da qualidade do produto