Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Estudo Insider por Mind Map: Estudo Insider

1. Checklist

2. Fundamentos do Fórmula de Lançamento

2.1. Porque fazer um Lançamento

2.1.1. Porque é um método comprovado que funciona e traz resultados

2.2. Objetivos de um Lançamento

2.2.1. Audiência

2.2.2. Lista / Relacionamento

2.2.3. Faturamento

2.2.4. Posicionamento

2.2.5. Missão

2.2.5.1. Levar sua missão para o mundo

2.2.5.2. É muito mais facil fazer isso quando se tem autoridade, posicionamento, audiencia e dinheiro.

2.2.6. Parcerias

2.3. Tipos de Lançamento

2.3.1. Lançamento Semente

2.3.1.1. Descrição

2.3.1.1.1. Esse lançamento é bem simples de orquestrar e serve para alguns objetivos específicos, como: checar a demanda do seu produto, testar a oferta, testar a entrega e pré-financiar a produção do seu produto.

2.3.1.1.2. Essa é também uma possibilidade de adaptar o produto as necessidades reais do cliente antes de você investir na produção

2.3.1.1.3. É um lançamento para você entender se a sua oferta a sua oferta, produto e entrega estão no caminho certo antes de fazer um lançamento maior.

2.3.1.1.4. Testa a oferta

2.3.1.1.5. Testa a entrega

2.3.1.1.6. Traz estudos de caso

2.3.1.1.7. Você pode e deve usar o Lançamento Semente para pré-financiar a criação do seu produto

2.3.2. Lançamento Interno

2.3.2.1. Descrição

2.3.2.1.1. É o lançamento clássico, feito em 4 ou 5 vídeos com conteúdos de pré-lançamento e vídeo de vendas/oferta.

2.3.2.1.2. Ele deve ser feito depois do Lançamento Semente, depois que você já colocou a sua oferta e a sua entrega no caminho certo.

2.3.2.1.3. Isso permite que ele seja mais viral, que ele projete você como autoridade e, consequentemente gere mais resultado.

2.3.2.1.4. Ele é chamado de interno porque você aplica ele somente para a sua própria audiência.

2.3.3. Lançamento semi-Interno

2.3.3.1. Descrição

2.3.3.1.1. É um lançamento muito parecido com o Lançamento Interno, mas neste caso você começa a trabalhar com 1, 2 ou 3 parceiros que você confia e que vão ajudar você a expandir a sua oferta para a audiência deles.

2.3.3.1.2. Pontos positivos: mais viralidade para a sua oferta, mais autoridade para você.

2.3.4. Lançamento Externo

2.3.4.1. Descrição

2.3.4.1.1. É a bomba atômica dos Lançamentos, porque ele envolve 10, 20, 30 ou até 100 parceiros de qualidade.

2.3.4.1.2. Ou seja, você executar um Lançamento paralelo ao seu para incentivar os parceiros a divulgarem o seu produto ou serviço (o que da cerca de 2 a 3 vezes mais trabalho, mas gera até 10x mais resultados.

2.3.4.1.3. Ele é extremamente avançado e nem todo mundo precisa dele para chegar lá (e você precisa obrigatoriamente, já ter feito os lançamentos Interno e Semi-Interno

2.3.4.1.4. Ele será ensinado no Módulo Extra do FL, que é totalmente opcional.

2.3.5. Lançamento Relâmpago

2.3.5.1. Descrição

2.3.5.1.1. É o lançamento mais simples de ser executado (de 4 a 7 e-mails bastam) e serve para gerar fluxo de caixa, apenas.

2.3.5.1.2. No entanto para fazer um Lançamento Relâmpago, você precisa de 2 coisas:

2.3.6. Lançamento Perpétuo

2.3.6.1. Descrição

2.3.6.1.1. É quando você lança um produto e nunca tira ele do mercado.

2.3.6.1.2. Lembre-se do seguinte: Quanto maior o valor de um produto, mais consideração ele exige na hora da compra e mais o cliente precisa ser convencido.

2.3.6.1.3. Por isso, Lançamentos Internos, Semi-Internos e Externos são indicados para produtos de alto ticket, pois eles são altamente persuasivos.

2.3.6.1.4. Já o Lançamento Perpétuo é indicado para produtos que precisam de pouca consideração na hora da compra ou que tenham um ticket mais baixo.

2.3.7. Relançamento

2.3.7.1. Descrição

2.3.7.1.1. É quando você repete um lançamento.

2.3.7.1.2. Existem dois tipos de relançamento

2.4. Fases de um Lançamento

2.4.1. PPL - Pré-pré Lançamento

2.4.1.1. Momento de disparar um Tiro de alerta para sua audiência de que um Lançamento está próximo de começar

2.4.1.2. Duração: de 2 a 7 dias

2.4.2. PL - Pré Lançamento

2.4.2.1. Momento de disparar os conteúdos de pré-lançamento, criar a sua lista (audiência), seu posicionamento e reciprocidade. Você não vende nada nesse momento.

2.4.2.2. Duração: 7 a 10 dias (máximo 14)

2.4.3. L - Lançamento

2.4.3.1. É quando o seu carrinho abre e você lança sua oferta e colhe resultados.

2.4.3.2. Duração: de algumas horas até 7 dias.

2.4.4. Pós-L - Pós Lançamento

2.4.4.1. É o momento de entregar/distribuir o seu produto/serviço. Momento de focar no resultado da sua audiência.

2.4.5. R - Relançamento

2.4.5.1. Repetir o lançamento depois de um tempo ou utilizar a estratégia R2X para potencializar esse resultado.

2.5. Gatilhos Mentais

2.5.1. O que são?

2.5.1.1. Gatilhos mentais são ferramentas de linguagem que tem 2 objetivos: chamar atenção e chamar para ação. Ou seja, são estratégias de comunicação usadas para influenciar eticamente as pessoas.

2.5.1.2. Atenção: use os gatilhos mentais eticamente. Não invente nada, não fale nada que não seja verdade, não tente transparecer algo que não é real. Caso contrario você pode comprometer a credibilidade do seu negócio

2.5.2. 11 Gatilhos Mentais

2.5.2.1. História

2.5.2.1.1. O gatilho mental da história é um dos mais poderosos na construção da sua comunicação, pois através de histórias é possível

2.5.2.1.2. Por que?

2.5.2.2. Especificidade

2.5.2.2.1. Quando uma pessoa mente, ela tende a ser evasiva. Por isso, fornecer dados, estatísticas ou exemplos concretos (imagens, por exemplo), ajuda a criar credibilidade para a sua história. Mas isso só vale se os dados e exemplos forem verdadeiros.

2.5.2.3. Prova

2.5.2.3.1. O gatilho mental da prova é quando você oferece um testemunho de alguém que comprove que o seu produto ou serviço funciona, traz resultado, promove algum tipo de transformação.

2.5.2.3.2. Por que isso é bom?

2.5.2.4. Autoridade

2.5.2.4.1. Autoridade é o gatilho mental que se ativa quando você é visto como referência em um mercado

2.5.2.4.2. E como você pode se tornar referência no mercado?

2.5.2.5. Escassez

2.5.2.5.1. É muito comum que as pessoas dêem valor para aquilo que é escasso. Elas tendem a desejar o que é raro e, com isso, elas tendem a dar mais valor quando a oportunidade aparece.

2.5.2.5.2. Exemplos

2.5.2.5.3. Quando for usar escassez no seu negócio, seja 100% integro.

2.5.2.5.4. Caso contrário, seu cliente vai deixar de acreditar em você.

2.5.2.6. Antecipação

2.5.2.6.1. Outro poderoso gatilho mental é o da antecipação, que ocorre toda vez que você deixa uma informação em aberto para gerar interesse e instigar a curiosidade.

2.5.2.6.2. É quando você antecipa parte da informação, mas não entrega ela totalmente.

2.5.2.7. Reciprocidade

2.5.2.7.1. Reciprocidade acontece quando você oferece algo de valor para alguém e essa pessoa, naturalmente, vai tender a fazer algo de valor para você.

2.5.2.7.2. Atenção: não é fazer um favor e depois cobrar esse favor; É fazer sem esperar nada em troca.

2.5.2.8. Evento

2.5.2.8.1. Como fazer ara fortalecer o seu relacionamento com o seu prospecto e atrair ainda mais atenção para o conteúdo de valor que você oferece?

2.5.2.8.2. O evento faz a pessoa prestar mais atenção e faz ela ter vontade de comparecer a esse evento porque ela entende que aquela oportunidade é escassa, ou seja, tem dia e hora para começar e para terminar.

2.5.2.8.3. Exemplos:

2.5.2.9. Conversa

2.5.2.9.1. Quando você da ao seu prospecto a possibilidade dele conversar com você, aumentam as chances dele:

2.5.2.9.2. Para isso, você pode deixar abertas as caixas de comentários das suas redes sociais e pode também aplicar pesquisas para saber se a opnião deles em um assunto determinado.

2.5.2.9.3. Isso ajuda na hora de remover objeções, por exemplo:

2.5.2.10. Desapegamento

2.5.2.10.1. Quanto mais você ficar apegado a ação de uma pessoa, menos ela vai agir conforme você deseja. Você precisa mostrar comprometimento, porém estar desapegada.

2.5.2.11. Surpresa

2.5.2.11.1. Uma boa maneira de chamar atenção do seu prospecto para o seu negócio é inserir uma surpresa

2.5.2.11.2. Como?

2.6. Ciclo do extraordinário

2.6.1. Como funciona

2.6.1.1. Você tem uma ideia

2.6.1.2. Realiza um Lançamento Semente

2.6.1.2.1. O objetivo é testar a oferta e testar a entrega. A expectativa de faturamento aqui deve ser baixa - a missão é definir a direção certa do seu negócio.

2.6.1.3. R2X

2.6.1.3.1. Para potencializar os resultados e causar crescimento. Ele também ajuda na hora de coletar testemunhos e estudos de caso.

2.6.1.4. Lançamento Interno

2.6.1.4.1. Apresenta maior crescimento

2.6.1.5. R2X

2.6.1.5.1. Para potencializar os resultados e causar crescimento. Ele também ajuda na hora de coletar testemunhos e estudos de caso.

2.6.1.6. Lançamento Semi-Interno

2.6.1.6.1. Com alguns parceiros

2.6.2. Concluiu o Ciclo do Extraordinário?

2.6.2.1. Volte a fazer ou Lançamentos Internos (se não quise trabalhar com parcerias) ou Lançamentos Externos caso prefira crescer ao lado de parceiros)

2.7. Distribuição / Frequência

2.7.1. O que você pode esperar do seu lançamento?

3. Posts (Gerson Aragão)

3.1. Características

3.1.1. Sem vídeo

3.1.2. Mais engajamento

3.1.3. Menor custo por Lead

3.1.3.1. 43% mais barato

3.2. Emocional

3.2.1. Como fazer

3.2.1.1. Trecho da sua história

3.2.1.1.1. Micro Histórias

3.2.1.2. Ponto de dificuldade

3.2.1.3. Como eu me sentia nessa situação

3.2.1.4. O que enfrentei

3.2.1.5. O que fiz para superar

3.2.1.6. Imagem real

3.2.1.7. CTA

3.2.2. Exemplos

3.2.2.1. Livros que iria jogar fora (Post Gerson Aragão)

3.2.2.2. Partitura (Post Gerson Aragão)

3.3. Racional

3.3.1. Como Fazer

3.3.1.1. Headline

3.3.1.2. Escrever os dados

3.3.1.3. Imagem dos dados

3.3.1.4. Questionar quem lê

3.3.1.5. Provocar uma resposta

3.4. Conclusões

3.4.1. Quando o post é bom o lead é barato independente do público (existe variação, mas é menor entre os públicos)

3.4.2. Posts emocionais engajam mais e geram leads mais baratos, mas os posts racionais selecionam outro tipo de público

3.5. Manychat

3.5.1. Sorteio

3.5.2. Se a pessoa comenta determinada palavra ele envia uma mensagem

3.6. Contratação e treinamento de funcionários (Pollyana Vergara)

3.6.1. As 6 etapas do processo de contratação

3.6.1.1. Definição de perfil

3.6.1.1.1. Comportamental

3.6.1.1.2. Processo

3.6.1.2. Recrutamento

3.6.1.2.1. Divulgação

3.6.1.2.2. Formulário de inscrição

3.6.1.2.3. Currículo

3.6.1.3. Triagem

3.6.1.3.1. Quem faz: Recursos humanos

3.6.1.3.2. Requisitos

3.6.1.4. Testes

3.6.1.4.1. Varia de acordo com cada area

3.6.1.4.2. Nota de corte alta

3.6.1.4.3. Realizado pelo especialista de cada area

3.6.1.5. Entrevistas

3.6.1.5.1. Primeira entrevista com RH

3.6.1.5.2. Segunda entrevista com responsável epal contratação

3.6.1.5.3. Terceira entrevista, especialista da area

3.6.1.6. Treinamento

3.6.1.6.1. Todo candidato aprovado no regime de experiência passa por um treinamento

3.6.1.6.2. O treinamento pode ter uma programação decidida por nós anteriormente (como no suporte) ou pode consistir somente de tarefas e feedback

3.6.2. Tráfego + Branding (Heber Carvalho)

4. Lançamento WhatsApp (Beto Empíricus)

4.1. Canais

4.1.1. Email

4.1.2. Telesalles

4.1.3. Notificações de navegador

4.1.3.1. Visitantes

4.1.3.2. Área logada

4.1.4. Messenger

4.1.5. Loja direta

4.1.6. Lista de parceiros

4.2. SMS - Teste A/B

4.2.1. Link do grupo via SMS, usuário clica e já entra no grupo

4.2.1.1. Maior numero de conversão

4.2.1.2. Leads menos qualificadas

4.2.2. Landing Page, o usuário vai para uma landing page depois ele entra no grupo.

4.2.2.1. Menor número de conversão

4.2.2.2. Leads mais qualificadas

4.3. Grupos

4.3.1. 150 pessoas por grupo

4.3.2. 10 grupos por administrador

4.3.2.1. porém todos os adms estão em todos os grupos

4.4. O que aprendemos

4.4.1. Grupo não pode durar muito tempo

4.4.2. Moderar mensagens dia e noite

4.4.3. Cuidado com a criação de grupos paralelos

4.4.4. Acabou o Lançamento termina o grupo

4.5. Passo a Passo

4.5.1. Dia 01 - Convite e Boas Vindas

4.5.1.1. Mandar um SMS com o convite para entrar no grupo do WhatsApp

4.5.1.2. No grupo, dar boas vindas e informar as regras do grupo

4.5.1.2.1. Não fazer grupos paralelos.

4.5.1.2.2. Não roubar base de dados

4.5.1.3. No dia 1 ele já tem uma oferta exclusiva, mas não sabe qual é

4.5.2. Dia 02 - Conteúdo

4.5.2.1. No dia 2 revele qual produto será vendido.

4.5.2.2. Deixe o especialista interagindo com o grupo, respondendo dúvidas, mandando áudios e vídeos de conteúdo.

4.5.3. Dia 03 - Bõnus

4.5.3.1. Revele todos os bônus que vão junto para quem comprar

4.5.3.2. Instigue quem está no grupo a convidar pessoas de fora

4.5.4. Dia 04 - Oferta

4.5.4.1. Fazer a oferta

4.5.4.2. Fazer webnario de encarramento

4.5.4.3. Assim que o webnário acabar, encerrar todos os grupos e a página de oferta

5. Dia 1

5.1. Lista

5.1.1. Conteúdo

5.1.1.1. Nicho / Avatar

5.1.1.1.1. Quais são as principais fontes de dores do seu avatar?

5.1.1.1.2. O que tira o sono do seu avatar?

5.1.1.1.3. O que da medo no seu avatar?

5.1.1.1.4. Qual o principal perigo que ele ainda não enxerga?

5.1.1.1.5. Quais são as maiores oportunidades que seu avatar tem pela frente?

5.1.1.1.6. Existem oportunidades que ele ainda não enxerga?

5.1.1.1.7. Quais são os sonhos do seu avatar?

5.1.1.1.8. Quem ou o que seu avatar aspira se tornar?

5.1.1.2. Conteúdo Raiz

5.1.1.2.1. Observações

5.1.1.2.2. Exemplos de conteúdo Raiz

5.1.1.2.3. Liste os 10 principais problemas do seu avatar que você pode ajudar a solucionar

5.1.1.2.4. Grave um conteúdo raiz para cada problema listado acima

5.1.1.2.5. Poste 2 conteúdos raízes por semana

5.1.1.3. Conteúdo Nutella

5.1.1.3.1. Observações

5.1.1.3.2. Selecione 1 conteúdo raiz

5.1.1.3.3. Poste 7 conteúdos Nutella por semana

5.1.2. Distribuição

5.1.2.1. Distribuição Gratuita

5.1.2.1.1. Observações

5.1.2.1.2. Ação 1: Facebook

5.1.2.1.3. Ação 2: WhatsApp

5.1.2.1.4. Ação 3: Artigos no Linkedin

5.1.2.1.5. Ação 4: Amigos e conhecidos

5.1.2.2. Distribuição Paga

5.1.2.2.1. Defina o orçamento por vídeo

5.1.2.2.2. Poste o vídeo e deixe rodar no orgânico por 24 horas.

5.1.2.2.3. Colete os dados do orgânico e atualize a planilha

5.1.2.2.4. Programe a campanha de impulsionamento por 7 dias

5.1.2.2.5. Defina os "Garanhões"

5.1.3. Lead

5.1.3.1. " Quando você da você da, quando você pede, você pede "

5.1.3.2. Defina uma Recompensa que entrega Valor

5.1.3.2.1. Valor

5.1.3.2.2. Alinhamento com seu produto

5.1.3.3. Defina o seu Custo por Lead e o Número de Leads por dia.

5.1.3.3.1. CPL

5.1.3.3.2. Leads/dia

5.1.3.4. Se organize para ir para o Facebook

5.1.3.4.1. O que você tem controle

5.1.3.4.2. Criar lista de anúncios (Planilha)

5.1.3.4.3. Escrever os anúncios (Docs)

5.1.3.4.4. Definir o orçamento diário para geração de leads

5.1.3.5. Coloque a Campanha no ar

5.1.3.5.1. Definir objetivo

5.1.3.5.2. Subir os públicos e anúncios

5.1.3.5.3. Publicar e apontar todos os públicos para o mesmo anúncio

5.1.3.6. Criar o conjunto de anúncios

5.1.3.6.1. Utilize os públicos criados acima

5.1.3.6.2. Cada conjunto deve ter somente 1 público

5.1.3.6.3. Utilize a opção "Orçamento Diário"

5.1.3.6.4. Efeito Overlap (Elimine a sobreposição de público)

5.1.3.7. Colocar os Anúncios dentro dos Conjunto de Anúncio

5.1.3.8. Otimizar as campanhas diariamente

5.1.3.8.1. Aumentar o orçamento nos Conjuntos de Anúncio com bom resultado

5.1.3.8.2. Diminuir o orçamento nos Conjuntos de Anúncio com resultado ruim

5.1.3.9. Armadilhas

5.1.3.9.1. Baixo Orçamento por conjunto de anúncio

5.1.3.9.2. Efeito Sexo dos Anjos

5.1.3.9.3. ROI vs Dinheiro no bolso

5.1.4. Como identificar / ser um faixa preta

5.1.4.1. 2 conteúdos raízes por semana

5.1.4.2. 7 conteúdos nutella por semana

5.2. Checklist

6. FL - Módulo 2

6.1. Workbook

7. Masterclasses

7.1. Google Ad Words (Hugo Rocha)

7.1.1. Facebook vs Ad-words

7.1.1.1. Facebook

7.1.1.1.1. Sabe quem é o publico com base em seu comportamento dessa ferramenta.

7.1.1.1.2. Vincula anúncios analisando o interesse / comportamento dos usuários.

7.1.1.1.3. Pode vincular anúncios para pessoas que já se interessaram em um determinado assunto, mas não estão buscando isso no momento

7.1.1.1.4. Em alguns casos os usuários podem gostar e ter interesse sobre o assunto, mas não estão procurando aquilo no momento, gerando menor conversão.

7.1.1.1.5. Trafego no Facebook possuí uma grande curva de instabilidade

7.1.1.1.6. É necessário uma otimização diária

7.1.1.2. Ad-words

7.1.1.2.1. Vincula anúncios para pessoas que estão procurando sobre aquele assunto

7.1.1.2.2. A vinculação de anúncio do ad-words é mais estável do que o Facebook

7.1.1.2.3. É necessário encontrar os termos certos que as pessoas estão procurando

7.1.1.2.4. É necessário mais ajustes do que no facebook

7.1.1.2.5. Maior nível de complexidade

7.1.1.2.6. Contexto diferente do facebook

7.1.2. Princípios do tráfego

7.1.2.1. CPL (Custo por Lead

7.1.2.2. Leads por dia

7.1.3. Rotina de tráfego Ad Words

7.1.3.1. Subir Campanhas

7.1.3.2. Analise de dados

7.1.3.3. Otimização

7.1.4. 2 formas de anuncio

7.1.4.1. Rede de pesquisa

7.1.4.1.1. Criar uma Campanha

7.1.4.1.2. Analisar e otimizar

7.1.4.1.3. Você gasta 90% do tempo e tem 10% dos resultados

7.1.4.2. Redes de display

7.1.4.2.1. Banners em sites que vendem espaço para o Google vincular propagandas

7.1.4.2.2. Tipos de públicos

7.1.4.2.3. Dividir por disposítivo

7.1.4.2.4. Otimização

7.2. Tráfego Facebook (Pedro Sobral)

7.2.1. Os 4 Pilares do Tráfego

7.2.1.1. Visão Geral

7.2.1.1.1. Entendendo o que é tráfego

7.2.1.1.2. Como gerar e organizar dados

7.2.1.1.3. Analise e Otimização: A Técnica do 123

7.2.1.2. O que é gestão de tráfego?

7.2.1.2.1. GEração

7.2.1.2.2. COleta

7.2.1.2.3. ANÁlise

7.2.1.2.4. Otimização

7.2.1.2.5. Geco e Ana Oliveira

7.2.1.3. Geração

7.2.1.3.1. Criação da Campanha

7.2.1.3.2. Overlap (Sobreposição de públicos)

7.2.1.4. Coleta

7.2.1.4.1. Dados Orgânico

7.2.1.4.2. Dados Pago

7.2.1.5. Analise

7.2.1.5.1. Observar a média de conversões por dia

7.2.1.5.2. Orçamento Ideal = Média de conversões no período x CPA ideal

7.2.1.6. Otimização

7.2.1.6.1. Estratégias de Escala e Otimização

7.2.1.6.2. Sistema de otimização 123

7.3. Como criar Headlines (Oney Araujo)

7.3.1. Nugget (Headline

7.3.1.1. Mito vs Verdade

7.3.1.1.1. Todo título persuasivo deve ser curto, portanto, tente criar o seu com até 64 caracteres

7.3.1.1.2. Desses 64 caracteres tente formar de 3 a 6 palavras

7.3.1.1.3. Use adjetivos e gatilhos mentais que despertem o interesse do usuário

7.3.1.1.4. Use percentuais (maioria magnética). numeros e faça listas

7.3.1.1.5. Escreva titulos que resumem o que o usuário irá ver após clicar

7.3.1.1.6. Apresente os benefícios logo na headline

7.3.1.1.7. Seja direto

7.3.1.1.8. Responda perguntas

7.3.1.1.9. Não crie um só titulo, crie 10 ou mais variações

7.3.1.1.10. Use palavras que despertem a curiosidade

7.3.1.1.11. Não se esqueça do SEO

7.3.1.2. Objetivo de uma headline

7.3.1.2.1. Fazer eles abrirem o seu vídeo

7.3.1.2.2. Impactar

7.3.1.2.3. Uma pista do que ele irá assistir se decidir entrar

7.3.1.3. Brincar com 3 sentimentos

7.3.1.3.1. Medo

7.3.1.3.2. Ganância

7.3.1.3.3. Dor

7.3.1.4. Passo a passo

7.3.1.4.1. Passo - Big Ideia e Palavra Intrigante

7.3.1.4.2. Passo - Primeiro tiro

7.3.1.4.3. Passo - Headline

7.3.1.4.4. Passo (Opcional)

7.3.1.4.5. Primeiro tiro - Headline - controvérsia

7.3.1.5. Como não fazer headline

7.3.1.5.1. Exemplo 1

7.3.1.5.2. Exemplo 2

7.3.2. Mless: Software de publicações

7.4. Google Ads - Pedro Sobral

7.4.1. Nomenclatura e estrutura de Campanha

7.4.1.1. Estrutura de Campanha de Display

7.4.1.1.1. Campanha

7.4.1.1.2. Grupos de anúncio

7.4.1.1.3. Anúncio

7.4.1.2. Nomenclatura

7.4.1.2.1. Campanha

7.4.1.2.2. Grupo de anúncio

7.4.1.2.3. Anúncio

7.5. Entregabilidade (Leandro Ladeirinha)

7.5.1. O que não ajuda

7.5.1.1. Abrir

7.5.1.2. Clicar

7.5.2. O que ajuda

7.5.2.1. Responder seu e-mail = reply

7.5.2.2. Ler o e-mail - tempo

7.5.2.3. Arrasta para aba principal / não é spam

7.5.3. Conteúdo do e-mail

7.5.3.1. HTML complexo

7.5.3.2. Muitas palavras em Negritos e CAPS LOCK

7.5.3.3. Muitos links

7.5.3.3.1. Quando necessário enviar uma serie de links ao usuário enviar o usuário para uma página e nessa página distribuir os links

7.5.4. Spam Trap

7.5.4.1. Como evitar

7.5.4.1.1. Segmentação da Lista

7.5.4.1.2. Boas prátticas

7.5.4.2. Spam-trap antigo

7.5.4.2.1. Contas de emails que nunca existiram que eram criadas para descobrir que a pessoa comprava lista. Se um disparo enviasse e-mail para spam-trap emails, os emails não chegavam ou chegavam na caixa de spam.

7.5.4.3. Spam-trap novo

7.5.4.3.1. Contas inativas viraram spam-trap. Quando uma conta está inativa por um período de tempo o servidor usa ela como spam-trap

8. Atividades

8.1. Resumo 0123

8.1.1. FL - Módulo 0

8.1.1.1. Formula de Lançamento

8.1.1.1.1. O Fórmula de Lançamento é indicado para dois tipos de pessoas

8.1.1.1.2. Método comprovado

8.1.1.1.3. Módulos do FL

8.1.1.1.4. Chaves do FL

8.1.1.1.5. A Filosofia do Fórmula de Lançamento

8.1.1.1.6. Bônus

8.1.1.2. Workbook

8.1.2. FL - Módulo 1

8.1.2.1. Fundamentos do Marketing Digital

8.1.2.1.1. Tipos de Marketing

8.1.2.1.2. Tipos de Negócio Digital

8.1.2.1.3. 3 Formas de aumentar o faturamento de uma empresa

8.1.2.1.4. 3 tipos de cliente

8.1.2.1.5. Nichos

8.1.2.2. Workbook

8.1.3. FL - Módulo 3

8.1.3.1. Lista

8.1.3.1.1. Criação de Lista

8.1.3.1.2. Como Construir uma lista

8.1.3.2. Workbook

8.2. Resumo 456

8.2.1. FL - Módulo 4

8.2.1.1. Primeiro Lançamento

8.2.1.1.1. Princípios do primeiro Lançamento

8.2.1.1.2. Oferta Irresistível

8.2.1.1.3. O primeiro Lançamento

8.2.1.1.4. Lançamento Semente

8.2.1.1.5. Lançamento Relâmpago

8.2.1.2. Workbook

8.2.2. FL - Módulo 5

8.2.2.1. Segundo Lançamento

8.2.2.1.1. Lançamento Interno

8.2.2.1.2. Lançamento Semi-Interno

8.2.2.2. Workbook

8.2.3. FL - Módulo 6

8.2.3.1. EXTRA - Avançados

8.2.3.1.1. LP (Lançamento Perpétuo)

8.2.3.1.2. LE (Lançamento Externo)

8.2.3.1.3. RL - R2x (Relançamento)

8.3. Resumo - Tráfego Pago

8.3.1. Aulas 1 - 10

8.3.1.1. Aula #2

8.3.1.1.1. Tráfego não é um custo

8.3.1.1.2. Tráfego é um investimento

8.3.1.1.3. Você necessariamente precisa ter um processo de vendas

8.3.1.1.4. Como calcular ROI

8.3.1.2. Aula #3

8.3.1.2.1. Definir META

8.3.1.2.2. Orçamento

8.3.1.2.3. Custo por lead

8.3.1.2.4. Número de lead

8.3.1.2.5. Ps

8.3.1.2.6. Gestão de trafego

8.3.1.3. Aula #4

8.3.1.3.1. Os dois grandes MITOS do Facebook

8.3.1.3.2. Viralização MIlagrosa

8.3.1.3.3. Solução Mágica

8.3.1.4. Aula #5

8.3.1.4.1. Esses 3 pilares influenciam diretamente no resultado da campanha

8.3.1.4.2. Anúncio

8.3.1.4.3. Público

8.3.1.4.4. Oferta

8.3.1.4.5. Porém a segmentação de públicos do facebook é o 80/20

8.3.1.5. Aula #6

8.3.1.5.1. Três categorias para segmentação

8.3.1.5.2. PSQ - Públicos Super Quentes

8.3.1.5.3. PS - Públicos Semelhantes

8.3.1.5.4. Interesses

8.3.1.6. Aula #7

8.3.1.6.1. Públicos Semelhantes

8.3.1.6.2. P.Os - Público de origem

8.3.1.7. Aula #8

8.3.1.7.1. Sobreposição de Públicos

8.3.1.7.2. Exemplo

8.3.1.7.3. Fazer a hierarquia de exclusão

8.3.1.8. Aula #9

8.3.1.8.1. O Facebook Joga Junto

8.3.1.8.2. Teoria das maçãs

8.3.1.9. Aula #10

8.3.1.9.1. Crie Inteligência

8.3.1.9.2. Estrutura de Campanha

8.3.2. Aulas 11 - 23

8.3.2.1. Aula #11 - Pixel

8.3.2.1.1. Links

8.3.2.1.2. Pixel é um código que faz com que o facebook saiba quem acessou o seu site

8.3.2.1.3. Pode ser uma "Segunda chance" para conquistar seus clientes

8.3.2.1.4. Também possibilita excluir o público já inscrito dos seus anúncios

8.3.2.1.5. Passo a Passo

8.3.2.2. Aula #12 - Públicos

8.3.2.2.1. O que são públicos?

8.3.2.2.2. Você precisa testar o maior número de públicos possível em suas campanhas

8.3.2.3. Aula #13 - Planejamento de campanhas

8.3.2.3.1. Planilha de tráfego

8.3.2.3.2. Passo a Passo

8.3.2.3.3. Visão geral da Gestão de Tráfego - Nuggets

8.3.2.4. Aula #14 - Campanhas de Impulsionamento

8.3.2.4.1. Criar campanha

8.3.2.4.2. Sacada da aula

8.3.2.5. Aula #15 - Impulsionamento no Instagram

8.3.2.5.1. Para criar vídeos "Carrosel"usar objetivo de alcance.

8.3.2.5.2. Orçamento Vitalício por 7 dias

8.3.2.5.3. Definir informações do Conjunto de anúncios

8.3.2.5.4. Duplicar conjuntos de anúncio

8.3.2.5.5. Trocar públicos

8.3.2.5.6. Nomenclatura

8.3.2.5.7. Hierarquia de exclusão

8.3.2.5.8. Selecionar conta no Instagram

8.3.2.5.9. Criar um novo anúncio

8.3.2.5.10. É necessário colocar link de saiba mais

8.3.2.5.11. Ativar Pixel do facebook

8.3.2.5.12. Selecionar capa do vídeo

8.3.2.5.13. Duplicar anúncio para outros conjuntos de anúncio [SUBIDO]

8.3.2.5.14. Criar carrossel

8.3.2.5.15. Subir cada parte do vídeo

8.3.2.5.16. Personalizar capa

8.3.2.5.17. Selecionar botão assistir mais

8.3.2.5.18. Fazer o SUBIDO

8.3.2.6. Aula #16 - Planilhamento de dados e Impulsionamento

8.3.2.6.1. Link

8.3.2.6.2. O planilhamento do organico é muito importante para saber a qualidade dos seus conteúdos

8.3.2.6.3. O facebook distribui organicamente para as pessoas mais engajadas na sua página durante 24 horas

8.3.2.6.4. Dados para planilhamento orânico

8.3.2.6.5. Entrar na página do facebook e clicar em detalhes da públicação

8.3.2.6.6. O Nome do vídeo deve estar no nome da campanha

8.3.2.6.7. Personalizar colunas do gerenciador

8.3.2.6.8. Você vai começar a entender headlines e qualidade do conteúdo de acordo com os dados planilhados

8.3.2.7. Aula #17 - Campanhas de conversão

8.3.2.7.1. Criar campanha em [Criação Rápida]

8.3.2.7.2. Utilizar Objetivo de [Conversão]

8.3.2.7.3. Nomenclatura de Conjunto de anúncio

8.3.2.7.4. Selecionar [Conversão Personalizada]

8.3.2.7.5. Utilizar Orçamento [Diário]

8.3.2.7.6. Selecionar data de [Inicio]

8.3.2.7.7. Selecionar segmentação do Conjunto de Anúncios

8.3.2.7.8. Fazer Hierarquia de exclusão de públicos

8.3.2.7.9. Após a criação dos conjuntos anúncio excluir todos os anúncios criados, manter apenas 1

8.3.2.7.10. Criar Publicação

8.3.2.7.11. Duplicar anúncio e adicionar em todos os conjuntos de anúncios

8.3.2.7.12. Nesse caso ele irá criar uma públicação para cada anúncio

8.3.2.7.13. Fazer o SUBIDO

8.3.2.8. Aula #18 - Planilhamento de resultados

8.3.2.8.1. Links

8.3.2.8.2. Pegar dados separados dos resultados

8.3.2.8.3. Coleta de dados diária

8.3.2.8.4. Sempre pegar dados do dia anterior

8.3.2.9. Aula #19 - Otimização de Impulsionamento

8.3.2.9.1. Link

8.3.2.9.2. Impulsionamento para nuggets

8.3.2.9.3. Utilizar filtros por TAGS

8.3.2.9.4. Selecionar a data de avaliação

8.3.2.9.5. Usar filtro de impressão maior que 1 para eliminar as campanhas que foram veinculadas anteriormente

8.3.2.9.6. Personalizar colunas

8.3.2.9.7. Exportar dados do facebook via excel

8.3.2.9.8. Analisar separado Públicos Internos e Externos

8.3.2.9.9. Normalmente o CPV de públicos externos tende a ser maior

8.3.2.10. Aula #20 - Otimização de conversão

8.3.2.10.1. Otimização é a última etapa do processo de trafego

8.3.2.10.2. E-book as otimizações podem ser feitas em um prazo maior

8.3.2.10.3. Em Lançamento recomendado de 1 dia sim e um dia não

8.3.2.10.4. Não fique otimizando campanhas várias vezes no dia, isso só tende a piorar os resultados e o entendimento da campanha

8.3.2.10.5. Visualizar colunas de Desempenho e Cliques

8.3.2.10.6. Otimize sua campanha com base nos dias desde sua ultima otimização

8.3.2.10.7. Passos da otimização

8.3.2.11. Aula #21 - Campanha de Garanhão

8.3.2.11.1. Critérios para escolha

8.3.2.11.2. Duplicar uma campanha de Video View já criada

8.3.2.11.3. Alterar Nomenclatura

8.3.2.11.4. Garanhão defina [Orçamento Diário]

8.3.2.11.5. O número no final do link do seu video é a ID de Publicação

8.3.2.11.6. Duplicar campanha para outros garanhões

8.3.2.11.7. Criar Coluna Personalizada

8.3.2.11.8. Fazer OPERAÇÃO de planilhamento

8.3.2.12. Aula #22 - Otimização de garanhão

8.3.2.12.1. Link

8.3.2.12.2. Fazer planilhamento e definir orçamentos de acordo com a planilha

8.3.2.13. Aula #23 - Campanha de remarketing

8.3.2.13.1. O que é?

8.3.2.13.2. Como criar campanhas de remarketing

9. Checklists - FL Ao vivo (2018)

9.1. Dia 2

9.1.1. Lançamentos

9.1.1.1. Lançamento em 8 dias

9.1.1.1.1. O que você vai precisar

9.1.1.1.2. Como executar

9.1.1.1.3. Checklist do webnário

9.1.1.2. Lançamento Espartano

9.1.1.2.1. Descrição

9.1.1.2.2. Referências

9.1.1.2.3. Passo a Passo

9.1.2. Checklist

9.2. Dia 3

9.2.1. Palestras

9.2.1.1. Lançamento Passariano

9.2.1.1.1. Cronograma de lançamento

9.2.1.1.2. Semana de PPL

9.2.1.1.3. Semana de PL

9.2.1.1.4. Semana de L

9.2.1.2. Lançamento WhatsApp

9.2.1.2.1. Cronograma de Lançamento

9.2.1.2.2. Dia 1: Convite e boas-vindas

9.2.1.2.3. Dia 2: Conteúdo

9.2.1.2.4. Dia 3: Bônus

9.2.1.2.5. Dia 4: Oferta

9.2.1.2.6. PS

9.2.1.3. Grupos de Facebook

9.2.1.3.1. Seis sentimentos que quero que minha comunidade vivencie

9.2.1.3.2. Top 10 ações para fazer o grupo do facebook ter mais sucesso

10. Klickpages VIP

10.1. Tráfego - Hugo Rocha

10.1.1. Conceitos (Aula 01 -10)

10.1.1.1. Fundamentos

10.1.1.1.1. Tráfego não é custo

10.1.1.1.2. Tráfego é investimento

10.1.1.1.3. É preciso ter um processo de venda

10.1.1.2. ROI real

10.1.1.2.1. Return of investment

10.1.1.2.2. ROI real =

10.1.1.3. Definir

10.1.1.3.1. META

10.1.1.3.2. Orçamento

10.1.1.3.3. CPL

10.1.1.3.4. Número de Leads

10.1.1.3.5. Processo

10.1.1.4. Facebook

10.1.1.4.1. O que o facebook não é

10.1.1.4.2. Campanha

10.1.1.4.3. Criar públicos no facebook

10.1.1.4.4. Sobreposição de públicos

10.1.1.4.5. Facebook Gameplay

10.1.1.4.6. Crie inteligência

10.1.2. Prática

10.1.2.1. Pixel de Facebook

10.1.2.1.1. Pixel de Facebook nada mais é que um código que você coloca na sua página para o Facebook saber toda vez que alguém acessa essa página

10.1.2.1.2. Vantagens

11. Evento ao Vivo 2017

11.1. Pó

11.1.1. Venda um sonho, entregue pelo menos uma ótima realidade

11.1.2. O que a Empíricus vende?

11.1.2.1. Não vendemos relatório financeiro, pdf, analise financeira.

11.1.2.2. Expectativa, Storytelling, Empoderamento

11.1.3. Lista

11.1.3.1. Como a Empírus funciona?

11.1.3.1.1. Impacto

11.1.3.1.2. Persoazão

11.1.3.2. Lista --- Copy --- Produto

11.1.3.3. Você precisa construir lista e mante-la aquecida

11.1.4. 3 perguntas que são feitas diariamente

11.1.4.1. Quantos nomes entraram para lista?

11.1.4.2. Quanto vendemos?

11.1.4.3. Entregamos um ótimo produto?

11.1.5. Copy

11.1.5.1. Fear ou Greed

11.1.5.2. Qual o momento que uma pessoa compra?

11.1.5.2.1. Geralmente a compra acontece no momento do Impacto, quando o vê pela primeira vez.

11.1.5.3. Arquitetura da persuasão

11.1.5.3.1. Racional = Confirmação da compra

11.1.5.4. Persuasão

11.1.5.4.1. Impacto = Emocional = Compra

11.1.5.4.2. Promessa

11.1.5.4.3. Prova

11.1.5.4.4. Prova Social

11.1.5.4.5. Oferta

11.1.5.5. A parte mais importante de uma venda é a Headline (Impacto)

11.1.5.5.1. Medo

11.1.5.5.2. Ganancia

11.1.5.5.3. Use apenas UMA delas

11.1.5.6. Definindo Fear ou Greed qual o proximo passo?

11.1.5.6.1. Headline # Big Idea

11.1.5.6.2. Dois segredos simples que mudarão o seu Headline para sempre

11.1.6. Qual tipo de ação realmente pode mudar o comportamento das pessoas?

11.1.6.1. Recompensa imediata

11.1.6.2. Insentivos sociais

11.1.6.3. Monitoramento de progresso

11.1.6.4. Percepção de controle (Uber)

11.1.7. O que move as pessoas?

11.1.7.1. Escassez

11.1.7.2. Urgencia

11.1.7.3. Segredo

11.1.7.4. Oportunidade

11.1.7.5. Exclusividade

11.1.7.6. Inclusão

11.1.7.7. Escolha 1 ou 2 temas, NÃO todos.

11.1.7.8. Eles são os componentes comportamentais para o seu prospect agir

11.1.8. Livros recomendados

11.1.8.1. Previsivelmente Racional

11.1.8.2. Nudge

11.1.8.3. Rápido e devagar

11.1.9. Tips

11.1.9.1. Readers x Scaners

11.1.9.1.1. Criar subtítulos para scaners que conseguem entender a lógica "passando o olho"

11.1.9.2. Procure sempre o seu controle, não mexa nele NUNCA

11.1.9.3. Lembre-se que você está em um jogo de perde-perde (você só perde gente ao longo do processo). Todo passo é fundamento. "O melhor subjecto do mundo"

11.1.9.4. Big Promisse está fada a morte

11.1.9.5. Advertorial

11.1.10. [email protected]

12. Anotações de aula

12.1. Produção de conteúdo 07-01

12.1.1. Tipos de conteúdo raiz

12.1.1.1. Live

12.1.1.2. Perguntas e respostas

12.1.1.3. Palestra

12.1.1.4. Atendimento

12.1.1.5. Reunião

12.1.1.6. Consultoria

12.1.1.7. Masterclass / Workshop

12.1.1.8. Trechos de aula

12.1.1.9. Entrevistas Expert

12.1.1.10. Entrevista avatar

12.1.1.11. Vlog

12.1.1.12. Colab

12.1.1.12.1. Troca de vídeo entre parceiros

12.1.1.13. Treinamento de equipe

12.1.1.14. Encontros presenciais

12.1.1.15. Encontros online

12.1.2. O que falar

12.1.2.1. Pegar um conteúdo específico e distrinchar sobre ele

12.1.3. Alinhamento

12.1.3.1. Ter alinhamento do seu conteúdo com seu produto

12.1.3.1.1. Consciência do produto

12.1.4. Dê muito conteúdo

12.1.5. Conteúdos autosuficientes

12.1.5.1. que faça sentido isoladamente

12.2. Pedro Sobral

12.2.1. Live #2

12.2.1.1. Geração

12.2.1.1.1. Criação

12.2.1.1.2. Nomeclatura