EXAME CABEÇA E PESCOÇO

Plan your website and create the next important tasks for get your project rolling

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
EXAME CABEÇA E PESCOÇO by Mind Map: EXAME CABEÇA E PESCOÇO

1. CABEÇA

1.1. Tamanho do crânio: normocefalia, arredondada e simétrica (alteração: macrocefalia, microcefalia). Forma do crânio: mesocéfalo, dolicéfalo, braquicéfalo (alteração: fronte “olímpica”).

1.2. Posição e movimento: desvio (torcicolo – inclinação lateral) e alteração do movimento (tiques, paralisia). Superfície e couro cabeludo (inspeção e palpação).

1.3. Saliências

1.4. Higiene do couro cabeludo e cabelos (presença de caspas, piolhos e lêndeas).

1.5. Cabelos (implantação, distribuição, quantidade, cor textura, brilho e queda).

2. OLHOS (inspeção e palpação).

2.1. Aspecto: simétricos, límpidos e brilhantes; pálpebras com oclusão completa; conjuntiva palpebral rósea e bulbar transparente; esclerótica branca e limpa; pupilas isocóricas, redondas e reativas à luz.

2.2. Alterações: exoftalmias, enoftalmia (afundamento do globo ocular dentro da órbita, causado por desnutrição e desidratação), desvios (estrabismo), movimentos involuntários (nistagmo), ptose (queda) palpebral; ectopia, entropia, midriase (dilatação excessiva da pupila, característica da morte), miose, anisiocoria (pupilas desiguais).

2.3. Acuidade visual: redução ou perda da visão (uni ou bilateral), correção parcial ou total com lentes de contato ou óculos.

2.4. Observar sintomas gerais: dor ocular e cefaléia, sensações de corpo estranho, queimação ou ardência, lacrimejamento, sensação de olho seco, hiperemia, secreções, edema palpebral, blefarite (inflamação aguda ou crônica da borda da palpebral), alteração na cor da esclerótica e da conjuntiva, diplopia (visão dupla), fotofobia e escotomas (mancha escura móvel que encobre parte do campo visual).

3. FACE

3.1. OBSERVAR SIMETRIA DE SOBRANCELHAS, FISSURAS PALPEBRAIS, PREGAS NASOLABIAIS E REGIÕES LATERAIS DA BOCA.

3.2. Expressão fisionômica ou mímica estado de humor (tristeza, desânimo, dor, alegria).

3.3. Fácies: decorrentes de características raciais, componentes psicológicos ou alterações organometabólicas. Tipos: normal ou atípica, típica ou patológica (renal, mongolóide, hipertireoidismo, acromegálica).

3.4. simétrica ou normal, assimétrica (tumefações ou depressão unilateral, paralisias).

3.5. Pele: alterações da cor, cicatrizes, lesões cutâneas (acne, mancha, cloasma).

4. NARIZ( INSPEÇÃO E PALPAÇÃO).

4.1. Simetria, coloração da mucosa, deformidades, desvio de septo.

4.2. Observar sintomas gerais; dor, espirros, obstrução nasal (uni ou bilateral), secreção epistaxe, edema, inflamação lesões pólipos, alteração no olfato (hipo/hiperostomia, anastomia (ausência de olfato), cacosmia).

4.3. Palpação dos seios paranasais nas áreas frontal e maxilar da face.

5. PESCOÇO

5.1. INSPEÇÃO, PALPAÇÃO, ASCULTA

5.2. Forma e voluma: cilíndrica de contorno regular variando conforme biótipo. Posição: mediana, rigidez (torcicolo), ou flacidez muscular.

5.3. Mobilidade: ativa e passiva (flexão, extensão, rotação e lateralidade); alterações: rigidez, flacidez. Ingurgitamento das jugulares: turgência e batimentos arteriais e venosos. Pele: coloração, sinais flogosisticos (edema, calor, rubor e dor).

5.4. Glândulas salivares e gânglios linfáticos (occipitais, auriculares posteriores, paratidianos, submentonianos, submaxilares, cervicais superficiais e profundos) – localização, tamanho/volume, consistência, mobilidade, sensibilidade. Traquéia: posição, forma e desvio da linha média.

5.5. Tireóide: volume (normal ou aumentado), consistência (normal, firme, endurecida, pétrea), mobilidade (normal ou imóvel), superfície (lisa, nodular, irregular), sensibilidade (dolorosa ou indolor), temperatura da pele (normal ou quente).

6. OUVIDO, BOCA E GARGANTA

6.1. Posição, tamanho e simetria das orehas. Acuidade auditiva; perda parcial ou total (uni ou bilateral), uso de aparelho auditivo. Observar sintomas gerais: dor, prurido, zumbido, secreções, edema, hiperemia, sangramento, lesões.

6.2. Lábios: cor, textura, hidratação e contorno; Mucosa oral: cor, umidade, integridade. Gengivas e língua: cor, textura, tamanho e posição. Dentes: coloração, número e estado dos dentes, alinhamento da arcada dentária, uso de prótese. Garganta: tamanho das amigdalas, presença de exudato ou secreções e nódulos.

6.3. Observar sintomas gerais: mucosas descoradas hipercoradas, cianóticas ou ictéricas; dor e desconforto oral (odontalgia, glossalgia, disfagia, trismo, dor de garganta), lesões (úlceras, escoriações, cistos, placa branca), estomatite, edema, hiperemia, sangramento gengival, gengivite, descamação, diminuição ou falta de salivação, língua saburrosa, halitose e cáries.