Etnocentrismo e Relativismo Cultural

Keep track of all your to-dos for school with this template. You can turn all assignments into tasks using the task widget, set priorities, deadlines and mark progress.

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
Etnocentrismo e Relativismo Cultural by Mind Map: Etnocentrismo e Relativismo Cultural

1. Relativismo cultural

1.1. Três principais definições

1.1.1. Os elementos da cultura são relativos e só tem função em conjunto.

1.1.2. As culturas são relativas, ou seja não há cultura, nem elemento dela, que tenha caráter absoluto.

1.1.3. As culturas são equivalentes e, portanto, não se pode fazer uma escala das mesmas.

1.2. Conseqüências da repercussões do relativismo cultural.

1.2.1. Respeito sincero pela cultura e sociedade dos outros povos.

1.2.2. Um cuidado extremo com a objetividade. Cada traço cultural deve ser estudado no contexto da cultura a que pertence.

1.2.3. Recusa de interferir e de modificar costumes e tradições de um povo.

1.2.4. Também podem ser consequência...

1.2.4.1. O anti - colonialismo.

1.2.4.2. O problema das minorias étnicas.

1.2.4.3. Movimentos contra a discriminação.

1.2.4.4. A luta pela libertação da mulher.

1.2.4.5. Novo rumo das missões.

2. Etnocentrismo

2.1. "A identificação de um indivíduo com sua sociedade induz à rejeição das outras"

2.2. É um preconceito que cada sociedade ou cada cultura produz, ao mesmo tempo que procura incutir em seus membros normas e valores peculiares.

2.2.1. Eliminação física do outro.

2.2.2. Não tirar a vida do outro, mas apenas a diferença.

2.2.3. Conservar-lhe a alteridade, mas, então, fazendo dela pretexto para oprimi-lo.

2.3. Ideologias Etnocentristas

2.3.1. A supremacia da cristandade e sua missão de dilatar “a fé e o império”, que exterminava outros cultos e costumes considerados ímpios

2.3.2. O racionalismo triunfante, o cientismo deslumbrado.

2.3.3. O racismo.

2.3.4. O evolucionismo cultural.

2.4. Os Avatares do Etnocentrismo

2.4.1. A cultura alheia é tomada como ridícula ou como um objeto de diversão perante outras.