Porque Fazemos o que Fazemos?

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
Porque Fazemos o que Fazemos? by Mind Map: Porque Fazemos o que Fazemos?

1. 1. A importância do propósito

1.1. Uma vida banal é viver de maneira automática sem reflexão sobre porque existimos e porque fazemos o que fazemos.

1.2. Propósito é aqui aquilo que coloco diante de mim (latim)

1.3. Vida com propósito é entender o as razões do que estou fazendo.

1.4. Propósito vem da necessidade de realizar (tornar real).

1.5. Realizar é mostrar a mim mesmo o que sou a partir daquilo que eu faço.

1.6. Sou o que eu faço e não o que eu penso de mim

1.7. Todo animal tem ação transformadora mas nós temos uma ação transformadora consciente

1.8. Precisamos construir nossa própria realidade trabalhando

1.9. Trabalhar supri a necessidade de construir o mundo ao nosso redor: ou trabalhamos ou não existimos.

1.10. Em teoria trabalho é transformar a natureza ao nosso redor provando a nossa existência.

2. 2. Eu, robô? Não

2.1. Fazer as coisas no modo automático gera alienação.

2.2. Alienação é a perda de si mesmo.

2.3. Uma pessoa alienada é alheia a algo, não tem consciência do que faz logo perde a autoria.

2.4. O trabalho repetitivo constante gera perda de criatividade e inovação (FORDISMO ou TAYLORISMO)

2.5. O trabalho repetitivo de apenas uma parcela do processo faz o ser humano perder a visão do geral logo perde o sentido da realização final.

2.6. Robô vem do tcheco robota que significa "escravo"

2.7. Uma empresa inteligente tem funcionários que também pensam na razão daquilo que estão fazendo.

3. 3. Odeio Segunda-Feira

3.1. Quem começa um dia de trabalho triste precisa rever qual é o propósito daquilo que está fazendo.

3.2. Se se trabalha apenas para ganhar dinheiro não sofra, é isso e pronto! aceite!

3.3. Se se trabalha para ter autoria, realização, reconhecimento verifique se é possível onde está atualmente.

4. 4. Rotina não é monotonia

4.1. O que cansa no dia a dia é a monotonia e não a rotina.

4.2. Monotonia causa fadiga

4.3. A monotonia é a morte da motivação

4.4. Rotinas podem ser boas

4.5. Rotinas geram hábitos (poder do hábito)

4.6. A rotina de ler com um marca texto por exemplo gera conexões neurológicas

4.7. A rotina de um piloto de avião salva vidas

4.8. A rotina é absolutamente necessária ex. procedimentos cirurgicos

5. 5. Autoria da obra

5.1. Conhecimento é importante para inovação e criação e para colaborarmos, realizarmos e termos um propósito.

5.2. O Trabalho precisa ser desligado da alienação ou ausência de pertencimento.

5.3. No trabalho alienado não existe a percepção autoral logo se perde o propósito.

5.4. Uma vida com propósito é aquela em que sou autor da minha própria vida.

5.5. O propósito da minha vida é der consciência que não sou descartável.

5.6. Empresas precisam enfatizar o "espírito de dono" nos colaboradores para gerar o sentimento de autoria

5.7. É ruim ser entendido apenas como um executor.

5.8. O propósito está em não ser alienado.

6. 6. O trabalho que nos molda

6.1. Nós fazemos o trabalho mas ele também nos faz

6.2. O trabalho molda nossas habilidades

6.3. Aquilo que eu faço é aquilo que me faz

6.4. REALIZAR é quando me torno REAL

6.5. Além da linha acadêmica, seu currículo (Curso de vida) é gerado por circunstâncias de aprendizado adquiridos durante o trabalho.

7. 7. A origem da motivação

7.1. Motivação é uma ATITUDE INTERNA.

7.2. "Motivação é uma porta que só abre pelo lado de dentro"

7.3. Embora motivar signifique movimentar ela só pode ser realizada por você (pelo sujeito)

7.4. Motivação é diferente de estimulo

7.5. Motivação é o estimulo interno

7.6. Estimulo é a motivação externa

7.7. Quais as minhas razões para fazer o que eu faço?

7.8. Uma pessoa motivada faz algo excelente (aquilo que vai além, que ultrapassa...)

7.9. Uma pessoa excelente é aquela que faz além da sua obrigação

8. 8. O que mais desmotiva

8.1. Falta de reconhecimento é a principal causa de desmotivação

8.2. Chefe injusto

8.3. Salário Inadequado

8.4. Quando se percebe que a atividade não é decente.

8.5. Empresa hipócrita

8.6. Falta de autenticidade

8.7. Perceber que algo não vale a pena

8.8. Reconhecer com nota máxima não significa que a pessoa não possa melhorar.

8.9. Estabelecer um patamar de conclusão é limitante

8.10. Ausência de reconhecimento ou conhecimento superdimensionado são atitudes equivocadas.

9. 9. Trabalho com significação

9.1. Trabalho não é só sobrevivência

9.2. A experiência que tenho no trabalho atual me faz, ela me forma e eu a faço. Dou sentindo a ela.

9.3. Fazer o que eu faço porque não há outro modo é a pior razão para realizar, é o que nos coloca no modo automático e alienado.

9.4. Uma vida consciente, com autoria precisa de argumentos sólidos.

9.5. Qual o significado do que eu faço? não pode ser automático, robótico mas precisa fazer parte de um contexto onde me realizo.

9.6. Não se envolver no trabalho porque estou de passagem é a mesma coisa que deixar de viver porque vou morrer um dia.

10. 10. Ética do esforço

10.1. É impossível fazermos só o que gostamos na vida

10.2. Para atingirmos o nível de fazer o que gostamos precisamos realizar tarefas que não gostamos

10.3. Para ter o resultado que eu gosto nem sempre faço o que eu quero

10.4. É animador concluir uma obra mas ela exige esforço

10.5. Sem o esforço não existe A SATISFAÇÃO DA RECOMPENSA,

10.6. A única maneira de fazer um excelente trabalho é amando o que se faz

10.7. O resultado satisfaz mas sem esforço não tem sentido

10.8. NO PAIN - NO GAIN - Sem dor, Sem ganho

10.9. Trabalhar da trabalho

11. 11. Valores e propósitos

11.1. Quem deseja uma vida decente precisa de valores e propósitos decentes

11.2. Bons propósitos elevam o individuo e todos ao seu redor

11.3. Só juntar dinheiro com o trabalho não é totalmente gratificante

11.4. Trabalhe mas contemple a existência, contemple a natureza.

11.5. Tenha valores e propósitos que lhe façam uma referência positiva para todos ao seu redor

11.6. Seja admirado pelo que você faz e não pelo que você tem

12. 12. PORQUE FAZER? E PORQUE NÃO FAZER?

12.1. "De nada adianta o homem ganhar o mundo e perder sua alma"

12.2. Faça coisas que permitam que você durma em paz e ande de cabeça erguida.

12.3. Não transgrida valores

12.4. Não existe decisão sem abdicação e nem escolha sem exclusão

12.5. Não abra mão daquilo que acredita por passos largos na carreira

12.6. Tenha escrúpulo

12.7. COMPLIANCE (Conformidade)

12.7.1. Seja fiel a conduta da empresa para que os negócios não sejam divergentes entre o que se prega na empresa e o que se faz.

12.7.2. Falta de coerência no COMPLIANCE mostra o cinismo da empresa

12.7.3. Cuidado com o "faça o que eu digo não faça o que eu faço"

12.7.4. A empresa deve praticar o que anuncia e acredita

12.8. Mantenha a empresa admirada, as pessoas não querem só ter um emprego mas querem algo que dê sentido a vida delas.

12.9. Empresas estão vendendo a experiência com o produto e não o produto em si

13. 13. TEMPO, TEMPO, TEMPO

13.1. Queremos mais tempo com a família mas precisamos gerar conforto e ao faze-lo perdemos mais tempo trabalhando

13.2. O nível de satisfação ou remorso ao avaliar o uso do seu tempo ao longo de um período ou de uma vida depende de como você utilizou esse tempo.

13.3. Faça escolhas que ao longo do tempo gerem satisfação pelo tempo investido nelas.

13.4. Somos seres de insatisfação porque precisamos da percepção do vazio para sentir que há movimento, que podemos mudar, melhorar...

13.5. Os caminhos que tomamos são frutos das nossas escolhas.

13.6. Prioridade requer exclusividade, não existe prioridade no plural.

13.7. As escolhas terão seu custo.

14. 14. Futuros e Pretéritos

14.1. Temos a constante percepção que um dia fomos felizes e em um futuro voltaremos a esse lugar.

14.2. As pessoas alimentam a esperança de um futuro de paraíso.

14.3. "Assim que tiver melhores condições vou me dedicar ao meu sonho"

14.4. Se você não se planejar com recursos esse futuro será para sobreviver e não realizando os projetos que sonhou.

14.5. A procrastinação contínua é um distúrbio. Um indicador de que a pessoa tem medo de realizar aquilo que sonhou.

14.6. As pessoas vivem mais a expectativa de um dia ser algo que a própria realização.

14.7. "Na véspera de não se partir nunca, ao menos não há que arrumar as malas"

14.8. Procrastinar o sonho é temer o próximo passo.

14.9. É muito mais fácil romantizar as ideias que realizá-las.

14.10. As pessoas esquecem que para atingir um sonho existe um processo desgastante, de uso do tempo e da vida, de esforço muito grande saindo do campo do sonho para o campo do delírio.

14.11. Algumas pessoas procrastinam porque desejam mais o delírio do que o sonho.

14.12. "Não era a pousada pronta que seduzia mas a ideia de ter uma pousada"

14.13. Muita gente diz vou escrever um livro mas jamais começam.

14.14. As pessoas vivem mais a expectativa da felicidade que a experiência da realização

14.15. Não faz sentido ficar somente na espera

15. 15. Eu era feliz e não sabia

15.1. O que é rotina massante hoje pode fazer falta no futuro.

15.2. Temos percepção de passado, presente e futuro.

15.3. "nós somos o único animal capaz de se sentir idiota"

15.4. A percepção de tempo da nossa consciência nos permite refletir sobre atitudes tomadas há anos atrás.

15.5. A coisa mais gostosa da vida é o encanto, ter um trabalho encantador.

15.6. Quando se perde o encanto perde-se a vitalidade

15.7. Não ter desafios é um fator de risco para motivação

15.8. É necessário ter metas e principalmente entender a elevação delas para não correr o risco de perder a motivação, o encanto.

15.9. Para ficar no mesmo lugar é necessário correr, para ir para algum lugar diferente é necessário correr duas vezes mais.

16. 16. Lealdade à empresa até quando?

16.1. Ausência de reconhecimento, injustiça na promoção, desprezo em relação ao que se faz, humilhação no cotidiano, assédio moral... tornam o trabalho dissaboroso.

16.2. Um gestor que cuida de uma equipe precisa observar as relações.

16.3. Lealdade é cativada quando há reconhecimento, quando as pessoas são transparentes, quando não sou tratado como uma peça.

17. 17. Desenvolvimento gera envolvimento

17.1. Existe urgência pela qualificação

17.2. Empresas precisam criar um ambiente de desenvolvimento individual gradativo

17.3. É gratificante terminar uma sexta-feira pensando: estou sabendo mais do que sabia na segunda-feira.

17.4. O crescimento não é só de carreira é intelectual

17.5. Sentir-se capaz e mais competente é algo absolutamente gratificante.

17.6. Aprender constantemente é uma postura a se levar na vida.

17.7. É gostoso estar em um lugar onde muito se aprende.

18. 18. Motivação em tempos difíceis

18.1. Qualquer sistema de organização de mercado está sujeito a oscilações

18.2. Precisamos ter clareza que as situações são circunstanciais e não definitivas

18.3. Procure alternativas em tempo de crise

18.4. A motivação é a necessidade mas a situação é momentanea.

18.5. Não compensa não lutar durante uma fase ruim

18.6. Fiquem em depressão no sofá 3 dias e não passe disso, vá a luta.

18.7. Momentos difíceis exigem tomada de atitude.

18.8. Posso ter sido derrubado, mas sei que não fui dominado. Essa consciência me dá coragem.

19. 19. Organizações com propósito

19.1. Uma causa nobre, um propósito justifica o lucro e o esforço

19.2. Se DEUS fez o mundo nós continuamos, se continuamos nos beneficiamos

19.3. O trabalho dignifica o homem ao contrário de somente DEUS proverá

19.4. Produtos com propósito motivam os profissionais envolvidos

20. 20. A empresa me sustenta e eu a sustento.

20.1. Não investir na formação implica uma perda significativa da competência e da qualidade

20.2. "Se você não acredita que educação é um bom investimento tente investir na ignorância"

20.3. É preciso aprender a aprender

20.4. Se a liderança não estiver voltada para priorizar a formação continua, essa empresa terá um grande passado pela frente...

20.5. Ambientes de inovação só são possíveis com repertório técnico, intelectual e sensorial.

20.6. Formar pessoas para autonomia exige que elas desenvolvam sensibilidade, capacidade de acumulação de conhecimento e informação e dar aplicação a esse conhecimento.

20.7. É preciso formar pessoas com conhecimento eficaz.

20.8. Ninguém fica num local apenas pelo salário.

20.9. A permanência está ligada à capacidade de enxergar a finalidade positiva do que se faz, reconhecimento e a possibilidade real de um futuro conjunto.

20.10. Quando o crescimento individual contribui para o crescimento coletivo, com desdobramentos que beneficiam o conjunto da sociedade, tem-se então uma relação sustentável e o propósito desponta com valor!