Interfaces entre a Gestão do Conhecimento e a Gestão da Cadeia de Suprimentos de material de cons...

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Interfaces entre a Gestão do Conhecimento e a Gestão da Cadeia de Suprimentos de material de consumo nas IFES Brasileiras por Mind Map: Interfaces entre a Gestão do Conhecimento e a Gestão da Cadeia de Suprimentos de material de consumo nas IFES Brasileiras

1. Dados e Informação

1.1. Dados Primários

1.1.1. Ordem de Serviço

1.1.2. Resoluções

1.2. Dados Secundários

1.2.1. Relatórios Gerenciais

1.2.2. Manuais

1.3. Normativos Internos

1.4. Jurisprudência Externa

2. Gestão do Conhecimento Organizacional (GCO)

2.1. Práticas

2.1.1. Sistemas GCO

2.1.2. Métodos GCO

2.2. Disseminação GCO

2.2.1. Educação Corporativa (Sistemática)

2.2.2. Comunidades de Prática (Informal)

2.3. Pessoas

2.3.1. Rotinas RH

2.3.2. Habilidades

2.3.3. Competências

3. Estratégia Organizacional

3.1. Plano Estratégico

3.1.1. Políticas

3.1.2. Diretrizes

3.1.3. Valores

3.1.4. PDI Plano de Desenvolvimento Institucional

3.2. Plano Tático

3.2.1. Coordenação

3.2.1.1. Estilo de Liderança

3.2.1.2. Estilo de Comando

3.2.2. Organograma

3.2.2.1. Empowerment Centralizado

3.2.2.2. Empowerment Descentralizado

3.3. Plano Operacional

3.3.1. Resultados e Indicadores

3.3.2. Processos

3.3.2.1. Estruturados e Explícitos

3.3.2.2. Não estruturados e Tácitos

3.3.3. Sistemas

3.3.3.1. Manuais ou Simples

3.3.3.2. Informatizados ou Complexos

3.3.4. Pessoas RH

3.3.4.1. Habilidades

3.3.4.2. Competências

4. Instituições Federais de Ensino Superior Brasileiras (IFES)

4.1. Modelo de Gestão

4.1.1. Anarquia Organizada

4.1.2. Garbage Can Model

4.2. MEC Ensino Superior

4.2.1. Recursos Financeiros Anuais

4.2.2. Número de Alunos

4.2.3. Número de Instituições

4.3. Aquisições

4.3.1. Licitação e Pregão Eletrônico

4.3.1.1. Planejamento de Compras Anuais

4.3.1.2. ARP Atas de Registro de Preços

4.3.2. Dispensa de Licitação

4.3.2.1. Compras Urgentes

4.3.2.2. Falta de Planejamento Anual

4.4. Características

4.4.1. Autarquias

4.4.1.1. Direito Administrativo

4.4.1.2. Prestação de Contas Anuais

4.4.2. Autonomia Universitária

4.4.2.1. Conflito entre Ensino x Gestão

4.4.3. Financiamento Público

4.4.3.1. Imprevisibilidade Recursos

4.4.4. Complexidade Gerencial

4.4.4.1. Multiplicidade de Comando

4.4.4.2. Múltiplos Conselhos

4.4.4.3. Eleição Democrática

4.4.4.4. Descontinuidade Gerencial

4.5. Tipos de Auditoria Contábil

4.5.1. Interna: Audin

4.5.2. Externa

4.5.2.1. CGU Controladoria Geral da União

4.5.2.2. TCU Tribunal de Contas da União

5. Supply Chain (IFES)

5.1. Logística Reversa

5.1.1. Descartes Ambientalmente Correto

5.1.2. Responsabilidade Social e Ambiental

5.1.3. Controle de excessos, obsolescência e danificação de estoques.

5.2. Recebimentos

5.2.1. Provisório e Definitivo

5.2.2. Práticas e Técnicas

5.2.3. Processos e Sistemas

5.3. Aspectos Financeiros

5.3.1. Orçamento Anual

5.3.2. Cotação de Preços

5.3.3. Prestação de Contas (Relatório Mensal Almoxarifado RMA)

5.3.4. Previsibilidade Orçamentária

5.3.4.1. Sistema de Registro de Preços (SRP)

5.3.4.2. Atas de Registro de Preços (ARP)

5.3.4.3. Atrasos em Pagamentos a Fornecedores

5.4. Previsão de Demanda

5.4.1. Técnicas de Previsão

5.4.2. Práticas de Previsão

5.4.3. Resultados da Previsão

5.5. Nível de Atendimento ao Cliente (NAC)

5.5.1. Faltas ou Excesso de Estoques

5.5.2. Rapidez no Atendimento

5.5.3. Indicadores e Métricas de NAC

5.6. Planejamento de Compras

5.6.1. Catálogo de Materiais

5.6.1.1. Integração de SKU (pregão, sidec, nota de empenho, registro almoxarifado).

5.6.1.2. Atualização

5.6.1.3. Alternativas

5.6.2. Análise de Produtos

5.6.2.1. Parecer Técnico

5.6.2.2. Estudo Técnico Preliminar (ETP)

5.6.2.3. Estudos de Alternativas

5.6.3. Quantidades Estimadas (SRP)

5.6.3.1. Métodos e Técnicas de Estimativas

5.6.3.2. Sistemas Manuais ou Informatizados

5.6.4. Pesquisa de Preços de Produtos

5.6.4.1. Sistemas e Técnicas

5.6.4.2. Indicadores e Resultados

5.7. Giro de Estoques

5.7.1. Gestão de Armazéns

5.7.1.1. Depósitos

5.7.1.2. Armazéns

5.7.1.3. Laboratórios

5.7.2. Técnicas e Métodos

5.8. Inventário

5.8.1. Anual: Tomada de Contas

5.8.2. Mensal: RMA

5.8.3. Nível de Acuracidade

5.9. Compras Urgentes

5.9.1. Causas e Efeitos

5.9.2. Dispensa de Licitação

5.9.3. Responsabilidades dos Gestores

5.10. Lead Time (Sistemas e Métodos de Ressuprimento)

5.10.1. Emissão de Nota de Empenho

5.10.1.1. Nível de Atendimento ao Cliente Interno

5.10.1.2. Comunicação com fornecedores

5.10.1.3. Acuracidade das Informações

5.10.2. Tomada de Decisão

5.10.2.1. Rapidez: lenta ou rápida

5.10.2.2. Tomada de Decisão: qualidade da informação

5.10.3. Identificação de Necessidades

5.10.3.1. Ativa

5.10.3.2. Passiva

5.10.4. Licitação

5.10.4.1. Fase Interna: planejamento e agendamento

5.10.4.2. Fase Externa: sessão de pregão e contratos

5.10.4.3. Fiscalização de Atas de Registro de Preços

5.10.5. Parecer Técnico de Produtos

5.10.5.1. Antes: planejamento das aquisições

5.10.5.2. Durante: aprovação de propostas comerciais

5.10.5.3. Depois: recebimento provisório e definitivo

5.11. Distribuição

5.11.1. Equipes de trabalho (carga e descarga)

5.11.2. Tipos de Transporte

5.11.3. Localização dos Armazéns

5.11.4. Sistemas de Controles

5.11.4.1. Manuais

5.11.4.2. Informatizados

5.12. Fornecedores

5.12.1. Qualificação técnica antes e durante o pregão eletrônico

5.12.2. Notificação por inexecução contratual

5.12.3. Relacionamento

5.12.3.1. Compartilhamento de Informações

5.12.3.2. Colaboração entre entes público e privado

5.12.4. Sistemas de Combate a Fraudes

5.13. Armazenamento

5.13.1. Qualidade de Depósitos e Armazéns

5.13.2. Sistemas e Técnicas de Controles

5.13.3. Estudos sobre Centros de Distribuição

5.13.4. Recursos Humanos RH

5.13.4.1. Competências

5.13.4.2. Habilidades

5.13.4.3. Motivação e Incentivos