ENGENHARIA DE SOFTWARE

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
ENGENHARIA DE SOFTWARE por Mind Map: ENGENHARIA DE SOFTWARE

1. Elementos

2. Modelos de processos especializados

2.1. Desenvolvimento baseado em componentes

2.2. Métodos formais

2.3. Desenvolvimento dr software orientado a aspectos

3. Software e Engenharia de Software

3.1. A natureza do software

3.1.1. Definindo o software

3.1.2. Campos de aplicação

3.1.3. Software legado

3.2. A natureza única dos webapps

3.3. Engenharia de software

3.4. O processo de software

3.5. Prática de engenharia de software

3.5.1. Essência da prática

3.5.2. Princípios gerais

3.6. Mitos relativos aos softwares

3.7. Como tudo começou

3.8. Resumo

4. Métodos de processo

4.1. Um modelo de processo genérico

4.1.1. Definindo a atividade

4.1.2. Identificação do conjunto de tarefas

4.1.3. Padrões de processo

4.2. Avaliação e aperfeiçoamento

4.3. Modelos de processo prescritivos

4.3.1. Cascata

4.3.2. Processo incremental

4.3.3. Processo evolucionário

4.3.4. Modelos concorrentes

4.4. Processo unificado

4.4.1. Histórico

4.4.2. Fases

4.5. Processo pessoal e de equipe

4.5.1. Software pessoal

4.5.2. Software em equipe

4.6. Tecnologia de processos

4.7. Processo e produto

5. Desenvolvimento ágil

5.1. Processo ágil

5.1.1. Princípios da agilidade

5.1.2. Política de desenvolvimento ágil

5.1.3. Fatores humanos

5.2. Programação extrema

5.2.1. Valores

5.2.2. Processo

5.2.3. Debate

5.3. Outros modelos

5.3.1. Desenvolvimento de software adaptativo

5.3.2. Desenvolvimento de sistemas dinâmicos

5.3.3. Desenvolvimento dirigido a funcionalidades

5.3.4. Desenvolvimento de software enxuto

5.3.5. Modelagem ágil

5.3.6. Processo unificado ágil

5.4. Conjunto de ferramentas

6. Princípios que orientam a prática

6.1. Princípios fundamentais

6.2. Princípios das atividades metodológicas

6.2.1. Comunicação

6.2.2. Planejamento

6.2.3. Modelagem

6.2.4. Construção

6.2.5. Disponibilização

7. Engenharia de requisitos

7.1. Processo

7.1.1. Identificação de interessados

7.1.2. Reconhecimento de diversos pontos de vista

7.1.3. Trabalho na busca na coloração

7.1.4. Perguntas iniciais

7.2. Levantamento de requisitos

7.2.1. Coleta colaborativa

7.2.2. Disponibilização da função de qualidade

7.2.3. Cenários de uso

7.2.4. Artefatos do levantamento de requisitos

7.3. Desenvolvimento de casos de uso

7.4. Construção de modelo de análise

7.4.1. Padrões de análise

7.5. Negociação de requisitos

7.6. Validação de requisitos