Sistemas Operacionais

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Sistemas Operacionais por Mind Map: Sistemas Operacionais

1. Visão Geral

1.1. hardware

1.1.1. memoria, UCP, impressoras, disco, monitores

1.2. usuarios

1.2.1. programadores, aplicativos

1.3. tipos de sistemas

1.3.1. multiprogramaveis/ multitarefas

1.3.2. monoprogramaveis/monotarefas

1.3.3. múltiplos processadores

1.3.3.1. fortemente acoplados

1.3.3.2. fracamente acoplados

1.4. Maquinas de niveis

1.4.1. usuários e hardwares

1.4.2. aplicativos, utilitários linguagem de maquina, microprogramacao, circuitos electrónicos.

2. Hardware e software

2.1. Sistema Computacional

2.2. Barramentos Processador-Memória e de E/S

2.3. Arquitetura Pipeline com Quatro Estágios

2.4. Barramento de Backplane

2.5. Arquitetura RISC x Arquitetura CISC

2.6. Tradutor

2.7. Ativação do Sistema

2.8. Linker

3. Concorrência

3.1. Sist. Monoprogramável x Sist. Multiprogramável

3.1.1. Mono executa um único programa de cada vez. Multi vários programas podem ser executados pelo processador e compartilham a memória principal.

3.2. Interrupção e Exceção

3.2.1. desvios forçado do fluxo de execução, consequência de um sinal de um dispositivo de hardware ou da execução de instruções dentro do próprio programa..

3.3. Canal de E/S

3.3.1. Controlador

3.4. Buffering

3.4.1. uso de uma área da memória principal denominada buffer que serve para transferência de dados entre os dispositivos de entrada saída e a memória.

3.5. Spooling

3.5.1. evitar que várias cópias do mesmo programa sejam carregadas na memória principal para execução.

3.6. Reentrância

3.6.1. aumentar o grau de concorrência e a eficiência dos sistemas operacionais.

4. Administrando Memoria

4.1. Controlando Espaços

4.2. Gerenciamento com Lista Encadeada

4.3. Comparativo de Mapa de bits com Lista Encadeada

4.4. E/S permitem a comunicação da cpu com o mundo externo (impressora, monitor, teclado, mouse etc.).

4.5. Algoritmo de Escolha de Espaço

4.5.1. First Fit – (o primeiro que couber)

4.5.2. Next Fit – (o próximo que couber)

4.5.3. BEST Fit – (o melhor que couber)

4.5.4. WORST Fit – (o pior que couber)

4.5.5. Quick Fit – (o que mais rápido couber)

5. Processo

5.1. Estrutura do Processo

5.2. Bloco de Controle do Processo (PCB)

5.3. Lista de PCBs nos Estados de Pronto e Espera

5.3.1. Pronto

5.3.2. PCB#5 e PCB#1

5.3.3. Espera

5.3.4. PCB#9, PCB#2 e PCB#4

5.4. Mudanças de Estado do Processo

5.5. Estrutura de Processos e Subprocessos

5.6. Processo Multithread

5.7. Processos Foreground e Background

5.8. Pipe

5.9. Processos CPU-bound x I/O-bound

5.10. Uso de Sinais

5.11. Sinais, Interrupções e Exceções

6. Estrutura

6.1. Sistema Computacional

6.2. System Call

6.3. Chamada a uma Rotina do Sistema

6.4. Arquitetura Monolítica

6.4.1. programa dividido em sub-rotinas

6.5. Arquitetura em Camadas do OpenVMS

6.6. Máquina Virtual

6.6.1. máquina virtual como uma cópia isolada de um sistema físico, e esta cópia está totalmente protegida.

6.7. Máquina Virtual Java

6.8. Arquitetura Microkernel

6.8.1. transferir códigos para as camadas mais superiores e remover o máximo possível de código em modo núcleo, deixando um micronúcleo mínimo