Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Flavonoides por Mind Map: Flavonoides

1. São encontrados em:

1.1. Frutas, Chás, Vegetais, Chocolates, Vinhos, etc.

2. Benefícios:

2.1. Ações Anti-inflamatórias, Hormonais, Anti-Hemorrágicas, Anti-Alérgicas e Anti-Cancerígenas

2.2. Auxilia na absorção da Vitamina C

2.2.1. Melhora nos cabelos e unhas.

2.3. Antioxidante

2.3.1. Combate os radicais livres

2.3.1.1. Desintoxica o organismo

2.3.2. Relacionada à capacidade de doação de elétrons e a transferência de hidrogênio.

3. Formam os derivados flavonoídicos:

3.1. Variações Estruturais:

3.1.1. Grau de Hidroxilação.

3.2. Classificação baseada no nível de oxidação do anel C:

3.2.1. Flavanas

3.2.1.1. Encontradas em:

3.2.1.1.1. Chás

3.2.1.1.2. Frutas

3.2.1.2. Responsáveis pelo sabor em algumas bebidas

3.2.2. Antocianinas:

3.2.2.1. Encontradas em:

3.2.2.1.1. Frutas

3.2.2.1.2. Flores

3.2.2.2. Utilizadas como corantes

3.2.2.3. Pigmentos naturais, importantes na atração de insetos - polinização.

3.2.2.4. Estáveis na forma de sal.

3.2.3. Flavonas:

3.2.3.1. Encontradas principalmente em:

3.2.3.1.1. Frutas Cítricas

3.2.3.2. Encontradas menos em:

3.2.3.2.1. Cereais

3.2.3.2.2. Frutas

3.2.3.2.3. Ervas

3.2.3.2.4. Vegetais

3.2.4. Flavonóis:

3.2.4.1. Encontrados em:

3.2.4.1.1. Frutas

3.2.4.1.2. Vegetais

3.2.5. Isoflavonoides:

3.2.5.1. Encontrados em:

3.2.5.1.1. Legumes

3.2.5.2. Família Fabaceae

3.2.5.3. Anel B ligado ao carbono 3

3.2.5.4. Atividade estrogênica, Atividade antifúngica e antibacteriana, Atividade inseticida.

3.2.6. Diidroflavonoides:

3.2.6.1. Diidrochalconas:

3.2.6.2. Apresentam centros de assimetria - ocorrência de isômeros.

3.2.6.2.1. Flavanonóis:

3.2.6.2.2. Flavanonas:

3.2.7. Chalconas:

3.2.7.1. Não se forma o anel C.

3.2.7.2. Precursores dos flavonóides.

3.2.7.3. Coloração amarela - passa para vermelho em meio alcalino.

3.2.8. Auronas:

3.2.8.1. Possuem cor de ouro.

3.2.8.2. Possibilidade de isômeros geométricos.

3.2.9. Biflavonóides:

3.2.9.1. Flavonoides diméricos.

3.2.9.2. Atividades biológicas :

3.2.9.2.1. Citotoxicidade.

3.2.9.2.2. Atividade no sistema cardiovascular.

4. Origem:

4.1. Via biossintética mista

4.1.1. Ácido chiquímico

4.1.1.1. Dá origem a(os):

4.1.1.1.1. Ácido Cinâmico

4.1.2. Acetato (Acetil CoA)

4.1.2.1. Dá origem ao:

4.1.2.1.1. Tricetídeo com 6 átomos de carbono

5. Condensação com o Tricetídeo

5.1. Dá origem:

5.1.1. Chalconas com 15 átomos de carbonos

6. Metabólitos Secundários

6.1. Mais abundantes no Reino Vegetal

6.2. Classe dos Polifenóis

7. Pigmentos Naturais

8. Extração:

8.1. Agliconas

8.1.1. Diclorometano

8.2. Heterosídeos

8.2.1. Etanol, Metanol ou Soluções Hidroalcoólicas

9. Caracterização:

9.1. Análise histoquímica

9.1.1. Observação em luz ultravioleta – reações com fluoróforos (ex. AlCl3)

9.1.2. Reação com cloreto férrico.

9.2. Reações Cromáticas

9.2.1. Reação de Shinoda:

9.2.1.1. Flavonas e Flavonóis – geram a antocianidina correspondente – redução/eliminação

9.2.2. Reativo de Wilson: ácido bórico/ácido oxálico

9.2.2.1. Produtos fluorescentes

9.2.3. CCD – sílica-gel; celulose; poliamida

9.2.3.1. Reveladores: AlCl3, vapores de NH3, reagente de produtos naturais (NP – difenil borinato de aminoetanol)

9.2.3.1.1. Complexo Fluorescente.

9.2.4. CLAE-DAD

9.2.4.1. Mais preciso

10. Isolamento e Purificação

10.1. Cromatografia em coluna - sephadex LH-20, celulose, poliamida, sílica gel, RP-18

10.2. Cromatografia em contra-corrente.

10.3. CLAE em escala preparativa.

11. Doseamento

11.1. CLAE - método rápido e preciso.

11.2. Espectrofotômetro - para substâncias isoladas.

11.3. Ensaios cromáticos – técnicas espectrofotométricas.

12. Elucidação Estrutural

12.1. Métodos espectroscópicos usuais:

12.1.1. RMN e EM (compostos puros).

12.2. Métodos espectrofotométricos:

12.2.1. UV com reagentes de deslocamento.