Artigo Prospect - TÍTULO

Plan your projects and define important tasks and actions

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Artigo Prospect - TÍTULO por Mind Map: Artigo Prospect - TÍTULO

1. 3 - CONSIDERAÇÕES FINAIS

1.1. AVALIAR ESTE RESULTADO - A utilização de um recurso de Judge as a Service pode ser essencial para ampliar a adoção e popularização de tecnologias de Blockchain. Atualmente, as maiores barreiras para a expansão da tecnologia estão na desconfiança e incerteza por parte dos usuários finais sobre os valores a serem transacionados pelo sistema. Sem as garantias oferecidas pelo Estado, a percepção de risco é alta e desestimula o usuário final e pouco familiar com o funcionamento da tecnologia. Por fim, é importante ressaltar o enorme potencial de uso de Inteligência Artificial em mecanismo como o JaaS, pois, além de aperfeiçoar o sistema de precedentes e demandas repetitivas, a IA permite uma automação da tomada de decisões cada vez maior, transformando significativamente as concepções de tempo processual e do volume de deliberações.

1.2. NOSSA CONCLUSÃO - CITAR CONCLUSÃO ANTERIOR e sugerir que um ambiente de testes como que expusemos<QUANDO TIVERMOS NOSSO CASO DE USO EXPLICITADO> poderia contribuir para a sensação de segurança na adesão a um contrato inteligente uma vez que a disponibilização de um ambiente para testar todas as variáveis imaginadas pelas partes e avaliar o resultado tende a promover um ambiente mais confiável para a adoção do contrato em versão final.

2. 2 - DESENVOLVIMENTO

2.1. O que é blockchain?

2.2. O que é um contrato inteligente?

2.2.1. Como apareceram os contratos inteligentes?

2.3. Como funcionam os contratos inteligentes?

2.4. Tipos de Smart Contracts

2.4.1. Conforme descrito no white paper, Vitalik Buterin subdivide os Smart Contracts em três tipos: aplicações financeiras; aplicações parcialmente financeiras; e aplicações não financeiras.

2.4.1.1. Dentre as aplicações financeiras, estão todo tipo de coisa como fundos de investimentos e de cobertura, sistemas de bolsa de valores, derivativos e até mesmo contratos empregatícios.

2.4.1.2. O segundo tipo envolve qualquer situação na qual há uma troca de valor monetária, mas o sistema em si não é voltado para dinheiro. Um exemplo clássico é o pagamento de uma recompensa pela resolução de problemas computacionais.

2.4.1.3. Já o último tipo envolve casos como sistemas de votação e governança, que não incluem qualquer troca de valor monetário.

2.5. Legalidade dos Contratos inteligentes

2.5.1. Lex Criptographia

2.6. Requisitos para criar um Smart Contract

2.7. Casos de uso dos Smart Contracts

2.7.1. Contrato de Seguros

2.7.2. Gestão de Documentos

2.7.3. Tokenização de Ativos

2.7.4. Organizações Autônomas Descentralizadas (DAOs)

2.7.5. Prós e Contras dos Smart Contracts

2.7.6. Pricipais implementações de Smart Contracts

3. 4 - REFERÊNCIAS

3.1. Contratos Inteligentes, Explicado

3.2. Contratos inteligentes

3.3. Blockchain, tokenização de ativos e contratos inteligentes - Livecoins

3.4. Fujitsu resolve a falta de auditoria de contratos inteligentes Ethereum - Guia do Bitcoin

3.5. Smart Contract na Gestão de Projetos? O que é um contrato Inteligente? | Projetos e TI

3.6. Seguradora Sura adota blockchain para gestão de contratos inteligentes - IT Forum 365 | Conectando todo o setor de TI

3.7. Como o Bitcoin e os Smart Contracts estão transformando os modelos de negócios | A Star Labs

3.8. https://s3.amazonaws.com/academia.edu.documents/54422335/Anais_II_Seminario_-_Globalizacao__Tecnologias_e_Conectividade.pdf?AWSAccessKeyId=AKIAIWOWYYGZ2Y53UL3A&Expires=1527564500&Signature=tJKkqqCAXWRA9Y33VOVUsF5jWas%3D&response-content-disposition=inline%3B%20filename%3DAnais_do_II_Semina_rio_Governanca_das_Re.pdf#page=207

3.9. https://arxiv.org/pdf/1608.00771.pdf

4. 1 - INTRODUÇÃO

4.1. Motivation

4.2. Goals

4.3. Deliverables