Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
RP nos EUA por Mind Map: RP nos EUA

1. Décadas de 1970 e 1980

1.1. 70

1.1.1. Abordagem prática (funcionalista) das RP (fazer “a coisa” funcionar):

1.1.1.1. - Aumento de profissionais RP (Acompanhando o crescimento econômico)

1.1.1.2. - Aumentos de carreira acadêmica em RP, valorização universitária da área (maior literatura)

1.1.1.3. - Apoio financeiro - Investimento em pesquisas que tratavam de identificar, caracterizar e avaliar o comportamento das atividades nas organizações, assim como de medir os efeitos dos programas de RP nos públicos estratégicos.

1.2. 80

1.2.1. RP se torna um campo ESTRATÉGICO

1.2.1.1. Desafios e oportunidades:

1.2.1.1.1. - Crescimento exponencial da tecnologia na comunicação

1.2.1.1.2. - Amadurecimento dos conhecimentos

1.2.1.1.3. - Aumento da diversidade dos papeis na prática das RP e da comunicação globalizada. (RP multifacetado)

1.2.1.1.4. - Aumento de atenção aos relacionamentos organização x públicos (relações pautadas no equilíbrio, sensibilidade e transparência na comunicação).

1.2.1.1.5. - Tradução de diversas obras desse período para outras línguas

1.2.1.1.6. - Mensuração de resultados

1.3. 1989

1.3.1. Obra Public Relations Theory - Boton e Hozelton - Teorias dos Campos das Ciências sociais: Ampliação do olhar para além da comunicação, abrangendo outras áreas.

2. BERÇO das RP no mundo(1880)

2.1. Nasce de um contexto político, econômico e social (situação conflituosa e de mudanças)

2.2. Greve de trabalhadores, reivindicação de melhores condições de trabalho e direitos - na era da industrialização.

3. Ivy L Lee

3.1. Assessora empresários (construção de imagens positivas utilizando-se de filantropia e mecenato (incentivo às artes e a cultura).

3.1.1. Objetivos do assessoramento

3.1.1.1. Controlar” a opinião pública

3.1.1.2. - Acabar com a falta de transparência das empresas

3.1.1.3. - Oferecer informações mais objetivas aos meios de comunicação (antecipar os dados aos jornalistas e condicionar o conteúdo ao invés de “fugir da mídia”).

4. 1923 - Edward Bernays

4.1. Obras

4.1.1. Crystallizing the Public Opinion - Defende o poder da propaganda na formação da opinião pública

4.1.2. Engineering of Consent - Defende e esclarece termos mal interpretados: transmite e conquista o “consentimento” do público como o que define o sucesso de um programa ou meta.

5. ÁPICE - Pós 2ª Guerra Mundial (Após 1945)

6. LEGADO

6.1. Olhar panorâmico permeando por diversas áreas: psicologia, antropologia, sociologia para entender os comportamentos humanos, manipulação, persuasão e comportamento de opinião pública.

7. ATUALIDADE

7.1. Atualmente, a literatura norte americana é a mais importante do mundo.