ANTIDEPRESSIVOS

Mapa Mental De Antidepressivos

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
ANTIDEPRESSIVOS por Mind Map: ANTIDEPRESSIVOS

1. Efeitos Adversos: efeitos adversos menos graves, como cefaleia, sudoração, ansiedade e agitação, náuseas, êmese, diarreia, fraqueza e cansaço, disfunções sexuais, alterações de massa corporal, distúrbios do sono (insônia e sonolência) e interações farmacológicas potenciais.

2. Efeitos Adversos: visão turva, xerostomia, retenção urinária, taquicardia sinusal, constipação e agravamento do glaucoma de ângulo fechado.

3. Fármacos: Amitriptilina, Amoxapina, Clomipramina, Desipramina, Doxepina, Imipramina, Maprotilina, Nortriptilina, Protriptilina e Trimipramina.

4. Ação: bloqueiam a captação de norepinefrina e serotonina no neurônio pré-sináptico e também bloqueiam os receptores serotoninérgicos, αadrenérgicos, histamínicos e muscarínicos.

5. Os antidepressivos atípicos são um grupo misto de fármacos que têm ação em vários locais diferentes, eles são inibidores da captação de dopamina e norepinefrina.

6. Efeitos Adversos:boca seca, sudoração, nervosismo, tremores e um aumento dose-dependente do risco de convulsões.

7. Fármacos:. Bupropiona, Mirtazapina,Nefazodona e trazodona,Vilazodona e Vortioxetina.

8. INIBIDORES DA CAPTAÇÃO DE SEROTONINA E NOREPINEFRINA

9. Os efeitos adversos mais comuns são náuseas, cefaleia, disfunções sexuais, tonturas, insônia, sedação e constipação. Em doses elevadas, pode ocorrer aumento da pressão arterial e da frequência cardíaca.

10. Fármacos: Venlafaxina e desvenlafaxina, Duloxetina e Levomilnaciprana.

11. Eficazes no tratamento de depressão em pacientes nos quais os ISCSs foram ineficazes, pois inibem a captação da serotonina e da noraepinefrina. Têm pouca atividade em receptores adrenérgicos α, muscarínicos ou histamínicos e, assim, têm menos efeitos adversos mediados por esses receptores do que os ADTs.

12. ANTIDEPRESSIVOS ATÍPICOS

13. ANTIDEPRESSIVOS TRICÍCLICOS

14. INIBIDORES DA MONOAMINOXIDASE (IMAO)

14.1. Ação: forma complexos estáveis com a enzima, causando inativação irreversível, resulta em aumento dos estoques de norepinefrina, serotonina e dopamina no interior dos neurônios e subsequente difusão do excesso de neurotransmissor para a fenda sináptica.

14.2. Efeitos Adversos:neurônios e subsequente difusão do excesso de neurotransmissor para a fenda sináptica. Esses fármacos inibem a MAO não só no cérebro, mas também no fígado e no intestino, onde catalisam desaminações oxidativas de fármacos e substâncias potencialmente tóxicas.

14.3. Fármacos: Fenelzina, Selegilina e Tranilcipromina.

15. Inibidores Seletivos da Captação de Serotonina (ISCSs)

16. Fármacos: Citalopram Escitalopram, Fluoxetina (meia-vida muito longa (50h), Fluvoxamina, Paroxetina e Sertralina.

17. Ação: Bloqueia a captação do neurotransmissor, pois ele dessensibiliza o receptor inibitório pré sináptico levando a um aumento do neurotransmissor na fenda sináptica gerando intensa atividade neuronal pós sináptica o que leva a uma resposta terapêutica.

18. Os fármacos antidepressivos mais úteis clinicamente potencializam direta ou indiretamente as ações da norepinefrina e serotonina.