4 - Algoritmos, Variáveis e Tipos de Dados

Aula de introdução a algoritmos, tipos de dados e declaração de variáveis para os cursos de engenharia da faculdade metropolitana em Porto Velho, ministrada pelo professor Autran (www.profautran.com.br)

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
4 - Algoritmos, Variáveis e Tipos de Dados por Mind Map: 4 - Algoritmos, Variáveis e Tipos de Dados

1. Algoritmos

1.1. Conceitos

1.1.1. É um conjunto de instruções ou comandos que quando executados, levam a um conjunto finito de ações.

1.1.2. É um conjunto ordenado de instruções que quando seguidas desempenham uma tarefa específica.

1.1.3. É diferente de um programa de computador, que é uma adaptação ou codificação de um algoritmo atendendo as regras de uma linguagem específica.

1.2. Caracteristicas

1.2.1. É rigoroso em sua definição

1.2.2. Legibilidade

1.2.3. Portabilidade

1.3. Estrutura Básica

1.3.1. Normalmente dividido em 2 partes

1.3.1.1. A primeira parte é onde será declarado tudo o que é necessário para a execução do algoritmo. Esta parte vai desde a palavra INÍCIO até a palavra PROCEDA.

1.3.1.2. A segunda parte é onde são colocados os comandos que serão executados pelo Algoritmo. Esta parte se inicia com a palavra PROCEDA e vai até a palavra FIM.

1.3.2. Receita de Bolo

1.3.2.1. Ingredientes

1.3.2.2. Modo de Preparo

1.4. Problemas de Narrativa

1.4.1. Utilização do Não, somente, mas, e/ou, A menos que

1.4.1.1. Somar A e B a menos que A seja menor que B aonde neste caso subtrair A de B

1.4.1.2. Somar A e B, entretanto se a for menor que B a resposta será a diferença entre A e B

1.4.1.3. Somar A e B, mas subtrair A de B quando A for menor que B

1.4.1.4. O Total é a soma de A e B, somente quando A for menor é que a diferença deve ser utilizada no total

1.4.2. Utilização de Até, acima, abaixo

1.4.2.1. Abaixo de 20 unidades não há desconto, acima de 20 unidades da direito a 5% de desconto

1.4.2.2. O que acontece com exatamente vinte unidades?

1.4.3. Ambiguidade do E/OU

1.4.3.1. Clientes regulares que adquirirem mais de 1 Milhão e que tem um bom histórico de pagamento ou que estão conosco a mais de 20 anos devem receber tratamento especial

1.4.3.2. Dependendo da entonação da frase podem surgir interpretações diferentes

1.4.3.3. O que é um bom Histórico?

1.4.3.4. O que é um cliente regular?

1.4.3.5. A frase “bom histórico” implica na existência de um Mal histórico, ambos deverão ser definidos?

1.4.4. Labirinto

1.5. Portugol

1.5.1. A utilização da linguagem coloquial pode gerar diversas interpretações, e também muitas dúvidas.

1.5.2. É necessário a utilização de uma linguagem mais próxima a lógica dos computadores

1.5.3. É uma linguagem intermediária entre a linguagem coloquial utilizada normalmente, e as linguagens de programação

2. Variáveis

2.1. Conceitos

2.1.1. Uma variável corresponde a uma área de memória, cujo conteúdo pode variar durante a execução do algoritmo

2.1.1.1. Memória RAM

2.1.2. É o endereço de memória aonde está guardada uma determinada informação

2.1.3. Esta informação pode ser de diversões tipos, mas somente um tipo de cada vez

2.1.4. O algoritmo poderá alterar este valor, de acordo com as suas instruções, quantas vezes forem necessárias, por isto elas são chamadas variáveis.

2.2. Nomes de Variáveis

2.2.1. Para que possamos declarar uma variável devemos dar-lhe um nome

2.2.2. Dentro do algoritmo, toda vez que precisarmos usar o valor armazenado nesta variável, vamos utilizar o seu nome

2.2.3. Regras para dar nomes para as variáveis

2.2.3.1. O primeiro caractere de um nome deverá ser sempre alfabético

2.2.3.2. Não podem ser colocados espaços em branco no nome de variáveis, usar o UNDERSCORE

2.2.3.3. O Nome da variável deve ser único dentro do algoritmo

2.2.3.4. Os nomes das variáveis devem representar da melhor forma possível, o que será guardado dentro dela

3. Tipos de Dados

3.1. Conceitos

3.1.1. Todos os dados processados por um algoritmo devem ser previamente definidos

3.1.1.1. Isso porque o computador precisa saber o tipo e o tamanho da informação que será processada

3.1.2. Os dados são armazenados dentro de variáveis, para que possamos alterar o seu valor durante a execução do algoritmo

3.1.2.1. Cada variável deverá ser declarada previamente e com um tipo já definido

3.2. Primitivos

3.2.1. São os tipos de dados mais comuns, e que podem dar origem a outros tipos de dados mais complexos

3.2.2. INTEIRO

3.2.2.1. Números inteiros maiores ou menores que 0. Representados por 2 bytes, em uma faixa que vai de -32.768 até 32.767

3.2.2.2. Untitled

3.2.3. REAL

3.2.3.1. É o conjunto dos números racionais. Representado por 4 bytes. Pode armazenar valores com casas decimais.

3.2.3.2. Untitled

3.2.4. CHAR (Caractere)

3.2.4.1. Conjunto dos caracteres alfanuméricos (números, letras, símbolos, etc.). Representado por apenas um byte. Note que as variáveis do tipo CHAR podem armazenar apenas 1 caractere.

3.2.4.1.1. Tabela ASCII

3.2.4.2. Untitled

3.2.4.3. Valor numérico Versus Valor Alfanumérico

3.2.4.3.1. Podemos armazenar qualquer caractere em uma variável do tipo CHAR, inclusive números

3.2.4.3.2. Somente em variáveis do tipo inteiro ou real é que os números armazenados possuem valores numéricos

3.2.4.3.3. Os números armazenados em variáveis do tipo CHAR, não possuem valores numéricos, e são utilizados para representar outras coisas, como um código, ou um número de telefone

3.2.5. LOGICO

3.2.5.1. Quando assume apenas 2 valores

3.2.5.1.1. VERDADEIRO

3.2.5.1.2. FALSO

3.2.5.2. Untitled

3.3. Agregados

3.3.1. Os agregados são estruturas formadas a partir dos tipos de dados primitivos, e que permitem o processamento de informações mais aprimoradas

3.3.2. STRING(Cadeia de Caracteres)

3.3.2.1. É um agregado de dados homogêneo, ou seja, usa somente um tipo primitivo, aonde todos os elementos são do tipo caractere (CHAR).

3.3.2.2. Untitled

3.3.2.2.1. Note que é necessário informar o tamanho

3.3.3. MATRIZ

3.3.3.1. É um agregado de dados do tipo homogêneo, aonde todos os elementos podem ser de qualquer tipo, desde que todos os componentes sejam do mesmo tipo.

3.3.3.2. Untitled

3.3.3.2.1. Dimensões

3.3.4. REGISTRO

3.3.4.1. É o único agregado de dados heterogêneo, ou seja, pode combinar dados de diferentes tipos em uma única estrutura.

3.3.4.2. Untitled

3.3.4.2.1. Repare no Endentamento

4. Declaração de Variáveis

4.1. NOME : TIPO [TAMANHO]

4.2. Macete

4.2.1. O que o usuário vai informar para o algoritmo

4.2.1.1. Declarar uma variavel para cada entrada

4.2.2. O que o algoritmo vai calcular?

4.2.2.1. Declarar uma variavel para cada informação gerada pelo algoritmo

4.2.3. O algoritmo vai ter estruturas de Repetição?

4.2.3.1. Declarar uma variavel de controle

5. Atividade 1 - Declaração de Variáveis