HEMODINÂMICA

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
HEMODINÂMICA por Mind Map: HEMODINÂMICA

1. Número de Reynolds

1.1. Fluxo Laminar

1.1.1. correntes líquidas - perfil parabólico

1.2. Fluxo Turbulento

1.2.1. correntes líquidas - correntes radial e axial

1.3. viscosidade e velocidade do fluxo sanguíneo

1.3.1. anemia e trombo

2. Vasos

2.1. Capilares

2.1.1. Perfusão seletiva

2.1.1.1. Grau de dilatação das arteríolas

2.1.1.2. Grau de constrição das arteríolas

2.1.1.3. Esfíncteres pré - capilares

2.2. Arteríolas

2.2.1. resistência ao fluxo

2.2.1.1. α - adrenérgico

2.2.1.1.1. constrição

2.2.1.2. β-adrenérgico

2.2.1.2.1. relaxamento

2.3. Artérias

2.3.1. pressão

2.3.2. Volume estressado

2.3.2.1. volume de sangue alta pressão

2.4. Vênulas e veias

2.4.1. α-adrenérgico

2.4.1.1. capacitância

2.4.1.1.1. volume não estressado

2.4.2. Volume Não Estressado

2.4.2.1. Volume de sangue baixa pressão

2.4.3. Capacitância

3. Fluxo sanguíneo Q= P/R

3.1. Direção do fluxo

3.1.1. ≠ pressão

3.1.1.1. Força Motriz

3.1.1.2. Alta Pressão >> Baixa Pressão

3.1.2. Resistência

3.1.2.1. impedimento do fluxo

3.1.2.2. Diretamente proporcional

3.1.2.2.1. Viscosidade

3.1.2.2.2. Comprimento

3.1.2.3. Inversamente proporcional

3.1.2.3.1. Raio do vaso

3.1.2.4. Série

3.1.2.4.1. a declaração das velas em definitivo org

3.1.2.4.2. Mesmo fluxo em todos os níveis

3.1.2.4.3. Diferentes pressões

3.1.2.5. Paralelo

3.1.2.5.1. distribuição do fluxo sanguíneo entre as várias artérias que ramificam da aorta

3.1.2.5.2. Mesma pressão

3.1.2.6. Resistência

3.1.2.6.1. Fluxo

3.1.2.7. Resistência

3.1.2.7.1. Fluxo

3.2. Velocidade

3.2.1. Inversamente proporcional a área

3.2.1.1. >diâmetro

3.2.1.1.1. > velocidade de fluxo

3.2.2. Diretamente proporcional ao fluxo

4. Cisalhamento

4.1. parede do vaso sanguíneo

4.2. centro do vaso sanguíneo

5. Complacência dos Vasos Sanguíneos C = V / P

5.1. complacência

5.1.1. volume sob determinada pressão

5.1.2. veias

5.1.2.1. volume não estressado

5.2. complacência

5.2.1. artérias

5.2.1.1. volume estressado

5.3. alteração

5.3.1. redistribuição do sangue

5.3.1.1. veias

5.3.1.2. artérias

5.4. avanço da idade

5.4.1. mais rígidas

5.4.1.1. menos elásticas

5.4.1.1.1. menos complacentes

6. Pressões no Sistema Cardiovascular

6.1. pressões sanguíneas diferentes no SC

6.1.1. força motriz

6.2. Perfil da Pressão na Vasculatura

6.2.1. pressão média

6.2.1.1. elevada na aorta ( 100 mmHg)

6.2.1.1.1. débito cardíaco

6.2.1.1.2. complacência da parede arterial

6.2.1.2. alta nas grandes artérias

6.2.1.2.1. alta retração elástica das paredes arteriais

6.2.1.3. pequenas artérias

6.2.1.3.1. pressão arterial

6.2.1.4. arteríolas ( 30 mmHg)

6.2.1.5. capilares

6.2.1.5.1. pressão

6.2.1.6. vênulas e veias

6.2.1.6.1. pressão ainda mais

6.2.1.7. veia cava (4 mmHg)

6.2.1.8. átrio direito (0 a 2 mmHg)

6.3. Pressão Arterial na Circulação Sistêmica

6.3.1. pulsações da pressão arterial

6.3.1.1. atividade pulsátil do coração

6.3.1.1.1. sístole e diástole

6.3.1.1.2. Pressão de pulso

6.3.1.1.3. A pressão arterial média

6.3.2. Arteriosclerose

6.3.3. Estenose aórtica

6.4. Pressões Venosas na Circulação Sistêmica

6.4.1. resistência oferecida pelos vasos sanguíneos

6.4.1.1. pressão

6.5. Pressões na Circulação Pulmonar

6.5.1. muito inferior à da vasculatura sistêmica

6.5.2. padrão das pressões

6.5.2.1. análogo à circulação sistêmica