História da Arquitetura

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
História da Arquitetura por Mind Map: História da  Arquitetura

1. Neolítico

1.1. Contexto

1.1.1. Nova Pedra ou Pedra Polida

1.1.2. Duração 10 a 16mil a.c

1.1.3. Nova Agricultura

1.1.4. Domesticação dos Animais

1.1.5. Sedentarismo

1.1.6. Organização - Social - Política - Econômica

1.1.7. Surgimento - Aldeias com Casas - Vilas Agrícolas

1.2. Arquitetura

1.2.1. Nuragues (moradia)

1.2.1.1. Edificadas em Pedra

1.2.1.2. Forma de um cone incompleto

1.2.1.3. Nenhum material para unir e revestir

1.2.2. Dolmens

1.2.2.1. Duas ou mais pedras grandes fincadas verticalmente no chão.

1.2.2.2. Uma pedra colocada na horizontal, parecendo teto.

1.2.3. Vilas

1.2.3.1. Círculos de Pedra

1.2.3.2. Monólitos Verticais

1.2.3.3. Estruturas em Células

1.2.3.4. Passagens

2. Egito Antigo

2.1. Contexto

2.1.1. 3200 - 30 a.c

2.1.2. Estado Teocrático

2.1.3. Sociedade Estamental

2.1.4. Religião

2.1.4.1. Vida Física: Temporária

2.1.4.2. Vida Espiritual: Eterna

2.2. Arquitetura

2.2.1. Mastabas (Túmulos de Reis e Nobres)

2.2.1.1. Pilares de Madeira e Adobe

2.2.1.2. Laterais Inclinadas

2.2.1.3. Quartos Pequenos

2.2.1.4. Portas que ligavam a capela e os templos menores

2.2.1.5. Um das portas era falsa

2.2.1.6. Pinturas Murais

2.2.2. Pirâmides (Evolução das Mastabas)

2.2.2.1. Complexo de Gizé

2.2.2.1.1. Pura geometria aplicada na Arquitetura

2.2.2.1.2. Três Pirâmides - Faraó Quéops - Faraó Quéfren - Faraó Miquerinos

2.2.2.1.3. Alinhadas no eixo quase diagonal

2.2.2.1.4. Esfinge

2.2.2.2. Pirâmide de Quéops (2680 - 2565 a.c)

2.2.2.2.1. Maior das Três

2.2.2.2.2. Rocha calcária importada

2.2.2.2.3. Corredores com 100m de extensão

2.2.2.2.4. Topo da Pirâmide tinha um Piramidon

2.2.2.2.5. Câmaras Funerárias

2.2.2.2.6. Salas Subterrânea

2.2.2.3. Pirâmide de Quéfren (2520 - 2494 a.c)

2.2.2.3.1. Segunda Maior

2.2.2.3.2. Possui duas entradas

2.2.2.3.3. Interior revestido de granito vermelho

2.2.2.3.4. Ornamentado com canaletas verticais

2.2.2.3.5. Aspecto brilhoso com raios do sol

2.2.2.3.6. Sistema de circulação de ar seco

2.2.2.4. Pirâmide de Miquerinos

2.2.2.4.1. Menor das Três

2.2.2.4.2. Inacabada

2.2.2.4.3. Estátuas da figura de Miquerinos

2.2.3. Túmulos Cavados na Rocha

2.2.3.1. Túmulos particulares

2.2.3.2. Câmaras cavadas em morros ao longo do Rio Nilo

2.2.3.3. Criados por artesãos

2.2.4. Templos

2.2.4.1. Características

2.2.4.1.1. Colossos

2.2.4.1.2. Obelisco

2.2.4.1.3. Capitéis

3. Grécia Antiga

3.1. Contexto

3.1.1. Séc VIII a.c

3.1.2. Grande engenharia, simetria e uso de cálculos

3.1.3. Uso de pedras, mármore, madeira e calcário

3.1.4. Destacam-se os templos, praças e teatros

3.1.5. Caráter Público

3.1.6. Presença de colunas e pórticos

3.2. Arquitetura

3.2.1. Ordens

3.2.1.1. Jônica

3.2.1.1.1. Referencia a delicadeza da Mulher

3.2.1.1.2. Elegância

3.2.1.1.3. Sem elementos tão definidos

3.2.1.1.4. Capitéis

3.2.1.2. Coríntia

3.2.1.2.1. Não era um sistema estrutural

3.2.1.2.2. Coluna decorada

3.2.1.2.3. Capitéis

3.2.1.3. Dórica

3.2.1.3.1. Coerência e Unidade Visual

3.2.1.3.2. Construção em pedra

3.2.1.3.3. Fluidez

3.2.1.3.4. Capitéis

3.2.1.4. Toscana

3.2.1.4.1. Reinterpretação da ordem Dórica

3.2.1.4.2. Busca a simplificação

3.2.1.4.3. Fuste Liso

3.2.1.5. Compósita

3.2.1.5.1. União das ordens Jônica e Coríntia

3.2.1.5.2. Seposição de ornamentos

4. Roma Antiga

4.1. Contexto

4.1.1. Idade Média

4.1.2. Alta Modernidade

4.1.3. Influenciada pelo estilo Grego e Etrusco

4.1.4. Qualidade / Durabilidade

4.2. Arquitetura

4.2.1. Colunas Externas: Dórica

4.2.2. Colunas Internas: Jônica

4.2.3. Arcos

4.2.4. Abóbada

4.2.4.1. Berço

4.2.4.2. Aresta

4.2.5. Eexemplos

4.2.5.1. Aqueduto

4.2.5.1.1. Estrutura para transportar água dos campos à cidade

4.2.5.2. Coliseu, Roma

4.2.5.2.1. Anfiteatro

4.2.5.2.2. Fundações de concreto

4.2.5.2.3. Paredes radiais de tufo

4.2.5.2.4. Subestrutura Arqueada

4.2.5.2.5. Planta Elíptica

4.2.5.2.6. Decoração Externa

5. Pré Coloniano

5.1. Contexto

5.1.1. Primeiras cidades

5.1.2. Inteira de pedra

5.1.3. Pirâmides Monumentais

5.1.4. Plataformas

5.1.5. Templos

5.1.6. Praças

5.1.7. Altares de Sacrifício

5.2. Arquitetura

5.2.1. Maia

5.2.1.1. Região do México

5.2.1.2. Templos em formado de pirâmides escalonadas

5.2.1.3. Revestimento de tijolos

5.2.1.4. Frontões Esculpidos

5.2.1.5. Fachadas Ornamentadas

5.2.1.6. Escadarias Vertiginosas feitas para alcançar os deuses

5.2.2. Incas

5.2.2.1. Região do Peru

5.2.2.2. Utilizavam pedras ciclópicas encaixadas

5.2.2.3. Funcionais

5.2.2.4. Arte Monumental

5.2.2.5. Casas com planta quadrada

5.2.2.6. Templos com planta circular

5.2.3. Astecas

5.2.3.1. Região do México

5.2.3.2. Templos com base quadrangulares

5.2.3.3. Decoração com figuras de animais simbólicos

6. Bizantino

6.1. Contexto

6.1.1. Origem no Séc IV

6.1.2. Influencias do Oriente com elementos gregos e romanos

6.1.3. Basílica

6.1.3.1. Saguão retangular

6.1.3.2. Apropriado pelo Cristianismo

6.2. Arquitetura

6.2.1. Basílicas com linhas curvas

6.2.2. Grandes Domo

6.2.3. Interior das Basílicas

6.2.3.1. Coberto de Mosaicos

6.2.3.2. Jogos de Luzes

6.2.3.3. Materiais Preciosos

6.2.3.4. Colunas e Pilastras de Mármore

6.2.3.5. Piso era de mosaico de mármore

6.2.3.6. Altares de Ouro e Prata

6.2.3.7. Abóbada tinha afrescos ou mosaico

7. Gótico

7.1. Contexto

7.1.1. Manifestação no séc XII, França

7.1.2. Evolução da Arquitetura Românica

7.1.3. Época do Iluminismo

7.2. Arquitetura

7.2.1. Arcos Ogivais

7.2.1.1. (Dois arcos iguais que se encontravam na parte superior)

7.2.2. Paredes leves

7.2.3. Amplas Janelas

7.2.4. Vitrais em forma de Rosáceas

7.2.5. Arcobotantes

7.2.6. Abóbada de cruzaria

7.2.7. Capitéis ornamentados

7.2.8. Gárgulas

7.2.8.1. Figuras animalescas e monstruosas

7.2.9. Torres pontiagudas e esguias

7.2.10. Planta em formado de cruz latina