Sistema Respiratório

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Sistema Respiratório por Mind Map: Sistema  Respiratório

1. Funções: Ventilação, troca gasosa e utilização de oxigênio.

2. Divisões

2.1. Respiração externa (ventilação e troca de gases entre o ar e o sangue).

2.2. Respiração interna (Troca gasosa entre o sangue e os outros tecidos).

3. Estrutura

3.1. O pulmão é uma estrutura elástica e flutua dentro da caixa torácica, circundando por uma película de liquido pleural que lubrifica os movimentos dos pulmões dentro da cavidade.

3.1.1. Passagens aéreas do S.R dividido em duas zonas.

3.1.1.1. Zona respiratória: região onde ocorre trocas gasosas.

3.1.1.1.1. Inclui os bronquíolos respiratório (evaginações de alvéolos separadas), e sacos alveolares terminais.

3.1.1.2. Zona de condução: onde o ar passa antes de atingir a zona respiratória. (boca, nariz, faringe, laringe, traqueia, brônquios principais, ramificações e terminais).

3.1.1.2.1. Ele aquece e umidifica o ar inspirado, filtrado e limpeza.

4. Mecânica

4.1. Movimento do diafragma para baixo e para cima, alongando ou encurtando a caixa torácica.

4.2. Elevação e depressão das costelas, aumentando ou diminuindo a caixa torácica.

4.3. Entrada de ar: Caixa torácica se expande, pulmão se enche, diafragma se contrai (move-se para baixo) (Inspiração).

4.3.1. Saída de ar: Músculos relaxam, contraindo a caixa torácica, diafragma relaxa. (Move-se para cima) (expiração).

4.4. Músculo inspiratório: Na expansão do pulmão, a caixa torácica se eleva e as costelas projetam-se à frente, afastando-se da coluna vertebral. (intercostais externos, serrátil anterior e escaleno). Músculo expiratório: deprimem a caixa torácica.

5. Característica do tórax

5.1. Rigidez para proteção dos órgãos vitais e prover fixações a numero de músculos pequenos.

5.2. Flexibilidade garante mudar a forma na inspiração e retornar seu formato original na expiração.

6. Principio de tensão superficial

6.1. Pontes de hidrogênio, parte interna dos alvéolos. Força o ar para fora dos alvéolos, através dos brônquios, desse modo faz os alvéolos entrar em colapso.

6.2. Surfactante e seu efeito sobre a tensão superficial

6.2.1. surfactante é um agente tensoativo na água, que reduz a tensão superficial da água.

7. Pressões

7.1. Pressão Alveolar

7.1.1. É a pressão do ar no interior dos alvéolos pulmonares. A glote quando está aberta, não há entrada e nem saída de ar dos pulmões, as pressões de todas as partes são iguais a pressão atmosférica. Para que entra ar no interior dos alvéolos na inspiração, deve cair o valor. Na expiração, alteração oposta.

7.2. Pressão Transpulmonar

7.2.1. Diferença entre a pressão pleural e pressão alveolar, fornecendo força elástica no pulmão, produzindo colapso dos pulmões a cada respiração.

7.3. Pressão pleural

7.3.1. é a pressão do liquido, entre a pleura pulmonar e pleura torácica, uma pressão negativa. Inspiração sempre negativa, para manter os pulmões inflados, diminui os alvéolos.