Sistema Digestório

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Sistema Digestório por Mind Map: Sistema Digestório

1. funções

1.1. Motilidade: Movimento do alimento pela ingestão, mastigação, peristaltismo.

1.2. Secreção:

1.2.1. exócrinas: H2O, ácido cloridrico, bicarbonato, e muitas enzimas são secretadas para o interior do lúmen do trato gastrointestinal.

1.2.2. Endócrinas: estômago e intestino delgado secreta alguns hormônios que ajuda na regulação do S.D.

1.3. Digestão é a decomposição de moléculas alimentares em subunidades menores que podem ser absorvidas.

1.4. Absorção é a passagem dos produtos finais digeridos para a corrente sanguínea e a linfa.

1.5. Armazenamento e eliminação: o armazenamento temporário e a eliminação subsequente de moléculas alimentares não digeríveis.

2. Divisões

2.1. Órgãos Acessórios: glândulas salivares, figado, vesícula biliar e pâncreas.

2.2. GI: cavidade oral, faringe, esôfago, estômago, intestino delgado e intestino grosso.

3. GI

3.1. Camadas (4 túnicas) do trato GI

3.1.1. Mucosa: reveste o lúmen do trato GI, secreta e absorve. Possui célula calciforme que secreta muco.

3.1.2. Submucosa: Camada vascularizada. Moléculas absorvidas passam pela mucosa e entram nos vasos sanguíneos e linfáticos da submucosa. (conjuntivo)

3.1.3. Muscular: responsável pela contração segmentares e pelo movimento peristáltico ao longo do trato GI.

3.1.4. Serosa: completa parede do trato GI. Proteção, constitui tecido conjuntivo, epitélio simples pavimentoso.

3.2. DEGLUTIÇÃO

3.2.1. ESÔFAGO:conecta a faringe ao estômago. Antes de terminar no estômago, o esôfago passa através do diafragma, por um orifício chamado Hiato esofágico. após passar pelo Esfincter esofágico inferior, o alimento chega ao estômago. Fibras muscular do esfincter E.I, impedem que o conteúdo gástrico volte para o esôfago.

3.2.1.1. ESTÔMAGO: continuidade do esôfago para esvaziar no duodeno do intestino delgado. No estômago armazena alimento, inicia digestão de proteínas pela ação da pepsina e o carboidratos. mata bactéria com forte acidez do suco gástrico e move o alimento sob forma de quimo para o intestino delgado.

3.2.1.1.1. INTESTINO DELGADO Entre esfíncter do estômago e a abertura da valva no intestino grosso. Jejuno e duodeno faz absorção de carboidratos, lipídio, aminoácidos, cálcio e ferro. O íleo faz absorção de sais biliares, vitamina b12, H2O e eletrólitos. são absorções rápidas por conta da mucosa intestinal, que aumenta a área de absorção. Usa o suco pancreático pelas enzima tripsina, para quebrar a acidez do quimo.

4. Órgãos acessórios

4.1. FÍGADO: variado conteúdo enzimático e recebe sangue venoso. O fígado produz bile e secreta. O fígado ajuda a regular quantidade de glicose no sangue.

4.2. BILE: constitui bilirrubina, sais biliares, fosfolipídeos, colesterol, íons inorgânicos. A bilirrubina se da a coloração da urina e das fezes.

4.3. VESÍCULA BILIAR: ligado a face interior do fígado. Armazena e concentra bile. O fígado drena a bile para vesícula biliar pelos dutos biliares, hepáticos e cistisco, até o duodeno. Quando o intestino delgado está sem alimento, a bile é forçada a voltar pelo duto cistisco até a vesícula biliar.

4.4. PÂNCREAS: possui função exócrina e endócrina. Função endócrina realizada pelas células ilhotas pancreáticas que secretam insulina, glucagon hormônios para corrente sanguínea. Exócrina: o pâncreas secreta suco pancreático, através de dutos pancreático para o interior do duodeno. A tripsina ativa outras enzimas do suco pancreático.