ORGANOGRAMA

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
ORGANOGRAMA por Mind Map: ORGANOGRAMA

1. Tirar um retrato de como funciona a empresa.

2. TERRITÓRIO

2.1. Empresas dispersas territorialmente.

2.2. Vantagens econômicas, maior possibilidade de conhecer os fatores e problemas locais.

2.3. Multiplicação de instalação e de pessoal.

3. CLIENTE

3.1. Utilizado por empresas que trabalham de acordo com o cliente que atendem.

3.2. Proporcionar situações para tirar proveito da condições de grupos de clientes bem definidos.

3.3. Pode provocar dificuldades de coordenação.

4. Função

4.1. Baixa adaptabilidade, isolamento e visão parcial das áreas especializadas,

4.2. Atividades de acordo com as funções da organização.

4.3. Maior estabilidade, maior segurança para executar tarefas.

5. PROJETO

5.1. Temporário, pois a divisão é feita somente durante o tempo do projeto.

5.2. Permite alto grau de responsabilidade do grupo de execução do projeto.

5.3. Pode gerar situação de recursos ociosos ou mal- empregados caso o coordenador do projeto dê excessiva atenção á parte técnica ou á parte administrativa.

6. DIVISÃO DO TRABALHO

6.1. Foco nas etapas de trabalho de uma linha de produção para separar setores.

6.2. Maior especialização do recursos alocados.

6.3. Possibilidade de perca de visão global do andamento do processo.

7. MISTO

7.1. A mistura de dois ou mais tipos de organograma.

8. OBEJETO

8.1. Sobreposição de dois ou mais tipos de departamentos.

8.2. Maior desenvolvimento de pessoal.

8.3. Dupla subordinação.

9. Produto e Serviço

9.1. Foco no tipo de produto.

9.2. Facilita coordenação dos resultados esperados por cada grupo de produto ou serviço.

9.3. Podem proporcionar aumento de custos pelas duplicidades de atividades nos vários grupos de produtos.

10. QUANTIDADE:

10.1. Não diferencia pessoas por cargos, todos executam a mesma tarefa sob ordem de um supervisor.

10.2. Utilizado em setore inferiores, devido sua simplicidade.

11. CONCEITO

11.1. Representação da estrutura gráfica organizacional;

11.2. Órgãos, funções, níveis hierárquicos e subordinação;

11.3. Divisão de Tarefas;

11.3.1. Estrutural (OE)

12. TIPOS DE ORGANOGRAMAS

12.1. Cada um nos fornece um jeito diferente de analisar as informações

12.1.1. Vertical Descritivo (OVD)

12.1.2. Linear (OL)

12.1.3. E.Quantidade (E.OE)

12.1.4. E.Função (E.OF)

12.1.5. E. Território (E.OT)

12.1.6. E.Produto e/ou Serviço (E.OP/S)

12.1.7. E.Cliente (E.OC)

12.1.8. E. Divisão do Trabalho (E.ODT)

12.1.9. E. Projetos (E.OP)

12.1.10. E. Matricial (E.OMat.)

12.1.11. E. Misto (E.OMist.)

12.1.12. Circular (OCirc.)

13. LINEAR

13.1. Modelo de organograma mais adequado a empresas com estrutura formal e rígida, onde cada profissional executa estritamente sua responsabilidade, dando pouca margem à criatividade e à inovação.

13.2. Fácil acesso para identificar tarefas e seus responsáveis.

13.3. Não valoriza o trabalho em equipe;

14. VERTICAL DESCRITIVO

14.1. Apresentada a hierarquia, embora de forma mais suave, colocando-se os cargos lado a lado.

14.2. Organograma completo, dá menos trabalho.

14.3. Perde potencial de compreensão rápida.

15. ESTRUTURAL

15.1. É o mais comum nas empresa, existem diversas variaçõs desse modelo mas que focam em aspectos diferentes da estrutura.

16. CIRCULAR

16.1. Ressaltar trabalho em grupo, não a preocupação com hierárquia.

16.2. Ambiente de trabalho mais agradável, melhora a comunicação.

16.3. Confusões, perda de responsabilidade em empresas despreparadas.