AS METODOLOGIAS ATIVAS E A PROMOÇÃO DA AUTONOMIA DE ESTUDANTES

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
AS METODOLOGIAS ATIVAS E A PROMOÇÃO DA AUTONOMIA DE ESTUDANTES por Mind Map: AS METODOLOGIAS ATIVAS E A PROMOÇÃO DA AUTONOMIA DE ESTUDANTES

1. OBJETIVOS

1.1. APRESENTAR AS METODOLOGIAS ATIVAS;

1.2. EXPLICAR SOBRE AUTONOMIA;

1.3. PROBLEMATIZAR AS METODOLOGIAS DESENVOLVIDAS

2. INTRODUÇÃO

2.1. PARTICIPAÇÃO DOS ALUNOS DE MODO INTEGRADO E AFETIVO DA VIDA EM SOCIEDADE; DESENVOLVER A VONTADE DE FAZER DE FORMA INTRÍNSICA.

2.2. INFORMAÇÕES NÃO SÃO APENAS RETIDAS COMO O OBJETIVO DA REPRODUÇÃO DE TUDO AQUILO QUE JÁ EXISTE OU SABE;

2.3. AS ESCOLAS TEM COMO FUNÇÃO CONTRIBUIR PARA QUE ISSO NÃO OCORRA;

2.4. O PROFESSOR ATUA COMO INTERMEDIADOR;

2.5. ENSINAR E INCENTIVAR A BUSCA POR AUTONOMIA;

2.6. DESENVOLVER A VONTADE DE FAZER DE FORMA INTRÍNSICA.

3. METODOLOGIAS ATIVAS - UM ENTENDIMENTO INICIAL

3.1. PAULO FREIRE, 1996. UMA DEFESA PARA AS METODOLOGIAS ATIVAS COM AFIRMAÇÃO DE QUE NA EDUCAÇÃO DE ADULTOS OQUE IMPULSIONA A APRENDIZAGEM É A SUPERAÇÃO DE DESAFIOS;

3.2. CONCEITUAÇÃO DE METODOLOGIAS ATIVAS: PROCESSOS INTERATIVOS DE CONHECIMENTO,ANALISE DE ESTUDOS, PESQUISAS E DECISÕES INDIVIDUAIS E COLETIVAS.

3.3. ENTENDER QUE AS METODOLOGIAS ATIVAS BASEIAM-SE EM FORMAS DE DESENVOLVER O PROCESSO DE APRENDER UTILIZANDO EXPERIENCIAS REAIS OU SIMULADAS.

3.4. MET. ATIVAS UTILIZAM PROBLEMATIZAÇÃO COMO ESTRATÉGIAS DE ENSINO/APRENDIZAGEM.

3.5. OBJETIVO DE ALCANÇAR E MOTIVAS O DISCENTE.

3.6. PROBLEMATIZAÇÃO LEVA O ALUNO AO CONTATO DE INFORMAÇÃO E A PRODUÇÃO DE CONHECIMENTOS PARA FINALIZAR OS IMPASSES.

4. ALGUMAS POSSIBILIDADES DE MET. ATIVAS

4.1. ESTUDO DE CASO: LEVA O ALUNO A ANALISAR PROBLEMAS E TOMAR DECISÃO.

4.1.1. PODENDO SER CASOS REAIS OU FICTÍCIOS.

4.2. PROCESSO DO INCIDENTE: VARIAÇÃO DO ESTUDO DE CASO.

4.2.1. EXPOR AS CONCLUSÕES PARA A CLASSE E POR ULTIMO SÃO DEBATIDAS POR TODA CLASSE.

4.3. MET.DE PROJETOS: ASSOCIAR ATIVIDADES DE ENSINO,PESQUISA E EXTENSÃO.

4.3.1. LUTAR CONTRA ARTIFICIALIDADE DA ESCOLA E APROXIMAR DA REALIDADE DA VIDA.

4.3.1.1. QUATRO FASES: INTENÇÃO, A PREPARAÇÃO, EXECUÇÃO, APRECIAÇÃO.

4.4. PESQUISAS CIENTIFICAS: PERMITE QUE OS ALUNOS USEM O SENSO COMUM A CONHECIMENTOS ELABORADOS.

4.4.1. CONHECIMENTOS ELABORADOS E HABILIDADES INTELECTUAIS.

4.5. APRENDIZAGEM BASEADAS EM PROBLEMAS: PBL

4.5.1. CONSTITUI-SE COMO O EIXO PRINCIPAL DA APRENDIZADO TÉCNICO CIENTIFICO NUMA PROPOSTA CURRICULAR.

4.6. MET. DE PROBLEMATIZACAO COM ARGO DE MAGUEREZ

4.6.1. OBSERVAÇÃO DA REALIDADE E DEFINIÇÃO DE UM PROBLEMA,PONTOS CHAVES, TEORIZAÇÃO, HIPÓTESES DE DESOLUÇÃO E APLICAÇÃO DA REALIDADE.

5. FINALIZAÇÃO

5.1. POR MAIS PROMISSOR QUE SEJA A METODOLOGIA POR SI SÓ, NÃO TRANSFORMA O MUNDO OU A EDUCAÇÃO.

5.2. CABE AO PROFESSOR ORGANIZAR-SE PARA OBTER O MAXIMO DE BENEFÍCIOS DAS METODOLOGIAS ATIVAS PARA A FORMAÇÃO DE SEUS ALUNOS

5.3. PARA QUE AS METODOLOGIAS ATIVAS POSSAM CAUSAR UM EFEITO NA DIREÇÃO DA INTENCIONALIDADE PELA QUAL SÃO DEFINIDAS OU ELEITAS, SERÁ NECESSÁRIO QUE OS PARTICIPANTES DO PROCESSO AS ASSIMILEM.