ÍNDICES CLÍNICO-VISUAIS: Para classificação de lesões de cárie

LESÕES CARIOSAS - CRITÉRIOS 0

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
ÍNDICES CLÍNICO-VISUAIS: Para classificação de lesões de cárie por Mind Map: ÍNDICES CLÍNICO-VISUAIS:  Para classificação de lesões de cárie

1. Condições para o exame visual = 3

1.1. 1ª condição: Esmalte sadio = translúcido e apresenta microporosidades

1.2. 2ª condição: Esmalte mais poroso = melhor observado após secagem = alteração na translucidez

1.3. 3ª condição: Esmalte já lesionado = já observado em ambiente úmido = progressão da 2ª condição = progressão da desmineralização

2. Lesões cariosas cavitadas e não cavitadas

3. Lesões cariosas ativas e inativas

4. Escores clínicos-visuais = 6

4.1. CPO-D = avalia o número médio de dentes cariados, perdidos e obturados em determinada faixa etária e espaço geográfico. Lesões não cavitadas não são consideradas como cárie. Usado para estudos epistemológicos.

4.2. Pittys e Fyffe = Inclui lesões não cavitadas, favorecendo assim indicação de tratamentos não invasivos = Dividido em 4 escores.

4.2.1. D1 = Lesões em esmalte não cavitadas

4.2.2. D2 = Lesões cavitadas em esmalte

4.2.3. D3 = Lesões cavitadas em dentina

4.2.4. D4 = Lesões cavitadas em dentina acometendo polpa

4.3. Ekstrand = Inclui lesões não cavitadas = intuito de avaliar a profundidade das lesões cariosas. 5 escores. = Se diferencia por avaliar as lesões antes e após secagem

4.3.1. E0 = Nenhuma/discreta alteração na translucidez do esmalte após secagem prolongada

4.3.2. E1 = Opacidade/alteração de cor dificilmente visível em superfície úmida = visível após secagem

4.3.3. E2 = Opacidade/alteração de cor visível sem secagem

4.3.4. E3 = Descontinuidade localizada do esmalte e/ou alteração de cor da dentina subjacente

4.3.5. E4 = Esmalte cavitado com exposição de dentina

4.4. Nyvad = Índice visual/táctil = Utiliza-se sonda de ponta de romba = Mesmos escores que os anteriores, adiciona-se apenas o 7,8 e 9

4.4.1. TABELA 01

4.4.2. E7, 8 e 9 = Sistema de detecção das lesões em oclusal em dentes decíduos

4.4.3. Escores de Nyvad e LAA apresentam divergências, porém, ambos mostram correlação substancial em relação a avaliação da atividade das lesões de cárie em dentes decíduos

4.5. ICDAS = Critério Internacional = Detecção de lesões cariosas e que pode ser indicado para estudos laboratoriais, clínicos, epidemiológicos e monitoramento de pacientes = Exame visual com supefície limpa e seca = Utilização de sonda periodontal como auxiliar

4.5.1. TABELA 02

4.6. LAA = Avaliar lesões cariosas = Adaptado e desenvolvido para uso junto ao ICDAS = Baseia-se em várias informações associadas e avaliadas

4.6.1. TABELA 03

4.6.2. O escore ICDAS da lesão cariosa

4.6.3. Localização da lesão em região de acúmulo de biofilme ou não

4.6.4. Sensação táctil quando a sonda de ponta arredondada desliza pela superfície da lesão

5. Tirando-se o CPO-D = 5