Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Minerais por Mind Map: Minerais

1. Elementos inorgânicos amplamente distribuídos na natureza e que, no organismo desempenham funções de ativação, regulação, transmissão e controle.

2. Interações entre os minerais

2.1. Direta: Fenômenos competitivos que ocorre durante a absorção intestinal ou utilização tecidual.

2.2. Indireta: ocorre quando um mineral está envolvido no metabolismo do outro, de modo que a deficiência de um, acarreta num prejuízo de função do outro.

2.3. Cálcio versus Ferro

2.3.1. a absorção de ferro heme também pode ser marcadamente diminuída com suplementação de cálcio.

2.3.2. a adição do cálcio antes do cozimento pode reduzir reduzir a fermentação do fitato, o que pode interferir na absorção de ferro.

2.3.3. a suplementação de cálcio, em forma de carbonato de cálcio e hidroxiapatita, há uma redução na absorção de ferro. Porém, na forma de carbonato de cálcio não houve redução na absorção.

2.3.4. é importante não oferecer suplementação de cálcio, juntamente com refeições que contenham maiores quantidades de ferro (geralmente café da manhã e almoço).

2.4. Cálcio versus Zinco

2.4.1. dietas com alto teor de cálcio, parecem aumentar as necessidades de zinco em adultos.

2.5. Cálcio versus Fósforo

2.5.1. intimamente associados na nutrição humana.

2.5.2. devem ter quantidades equivalentes na dieta para manter o equilíbrio normal sérico.

2.5.3. suplemento de cálcio ou até elevadas ingestões de cálcio podem comprometer o equilíbrio e alterar a absorção de fósforo.

2.6. Ferro versus Zinco

2.6.1. ligantes de alimentos diminuem a ação inibitória do ferro sobre o zinco, modificando a biodisponibilidade dos minerais.

2.6.2. a inibição da absorção de zinco pelo ferro, depende não só de suas quantidades, mas, também do estado nutricional.

2.6.3. a inclusão de zinco nos suplementos pré-natais pode minimizar a interação entre ferro e zinco em populações com deficiência desses nutrientes.

2.6.4. alimentos fortificados com ferro apresentam resultados onde não há diferença na absorção de zinco em relação a quando não há a ingestão de alimentos fortificados.

3. Estratégias de combate a algumas deficiências nutricionais em população de risco

3.1. Fortificação de alimentos, uso de suplementação e fortificação de alimentos com minerais.

3.2. Suplementação e fortificação de alimentos com cálcio.

3.2.1. Minimiza perdas ósseas associadas a idade e ao desenvolvimento da osteoporose.

3.2.2. Ingestão elevada de cálcio pode conduzir a um diminuição na absorção de ferro, fósforo e zinco.

4. Suplementação e fortificação de alimentos com ferro

4.1. suplementos medicamentosos e/ou fortificação de alimentos com ferro, pode exacerbar a deficiência de zinco.

4.2. medicamentos antianêmicos, onde constatam-se níveis de ferro consideravelmente altos, excedendo as medicações também podem ser inibidores da absorção de outros minerais.