Sexualidade Humana - do Passado ao Presente

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Sexualidade Humana - do Passado ao Presente por Mind Map: Sexualidade Humana - do Passado ao Presente

1. Conceitos mudados ao longo do tempo. Iniciando na Idade Antiga (de 4000 a.C a 476 d.C.).

2. Idade Antiga: (Sociedade Patriarcal, mulher ocupava lugar secundário e deveria ser fiel).

2.1. Os Hebreus e Judeus tratavam a sexualidade de maneira conservadora, condenavam a homossexualidade.

2.2. Porém, civilizações como a Grécia e Roma Antiga tinham uma visão mais aberta, consideravam o sexo parte da atividade humana e a homossexualidade natural.

2.3. Os Judeus, achava a homossexualidade abominável e passível de morte, surgimento os termos heterossexual é homossexual; masturbação condenada e o medo do sangramento menstrual.

2.4. Na Grécia Antiga o sexo era presente, existia a pederastia, que é o amor entre um homem adulto é um jovem que ainda não houvesse chegado a maturidade e o masculino era mais valorizado que o feminino.

3. Idade Média (de 476 a 1453):

3.1. Caracterizou-se pela subordinação da vida cotidiana aos princípios propostos pela igreja Cristã Primitiva.

3.2. Valores como o poder masculino, a subordinação da mulher ao homem, a superioridade das classes mais ricas, a importância dada à igreja, entre outros, caracterizava o modus vivendi da época.

4. Idade Moderna (Renascimento, Reforma, Contrarreforma e Iluminismo de 1453 a 1789, séculos 15 a 18):

4.1. O renascimento trouxe a ideia do sexo mais tangível e realizável, a família começou a se modificar, repreensão do feminismo e a mulher sexualmente submissa.

4.2. A Reforma inovou ao aceitar a existência do impulso sexual, e a posição da esposa valorizada, mas não a de mulher. Nos séculos 16 e 17 não havia privacidade sexual.

4.3. A Contrarreforma marcou um forte momento de repressão sexual. Reafirmação da doutrina católica, livros proibidos, amor não tinha relação com casamento.

4.4. No Iluminismo, existiu a privatização do sexo; Falava-se de sexualidade na literatura mas não a feminina, mulheres tinham que ter castidade, reputação e honra. E em 1769 é criado o termo pornografia.

5. Idade Contemporânea (Revolução Francesa, Vitorianismo, séculos 20 e 21, de 1789 até a atualidade):

5.1. A Revolução Francesa trouxe a ideais conservadores, o casamento deveria ser o resultado do amor romântico.

5.2. No Vitorianismo, alcançou-se o auge da repressão sexual, com fatores tabus e duplo padrão moral.

5.3. No século XX, o sexo passa a ser responsabilidade da área da saúde, mulheres reivindicam seus direitos, 1966 ressurgimento do feminismo.

5.4. No Século 21, inicia-se com um ideal de perfeição, homens e mulheres desejam ter o corpo perfeitos e um desempenho perfeito na cama. Buscam uma vida sexual inatingível e acabam frustrados.

5.5. Em 2001, a Holanda foi o 1º país na Idade Contemporânea a permitir o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

5.6. Em 2011, o STJ brasileiro reconheceu a união estável para relações homoafetivas.

5.7. Em 2013 a resolução n° 175 autoriza o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo em todo território brasileiro.

5.8. O mundo contemporâneo tem como características básicas o individualismo e o imediatismo. São características atuais a diversidade, a flexibilidade, a fluidez das relações, a globalização.