Unidade 2 - Envelhecimento ativo e saudável I - Seção 2.1 - Fatores determinantes biológicos

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Unidade 2 - Envelhecimento ativo e saudável I - Seção 2.1 - Fatores determinantes biológicos por Mind Map: Unidade 2 - Envelhecimento ativo e saudável I - Seção 2.1 - Fatores determinantes biológicos

1. Envelhecimento ativo e saudável

1.1. Ativo

1.1.1. Implica

1.1.2. Participação contínua nas questões sociais, econômicas, culturais, espirituais e civis, e não somente à capacidade de estar com condições físicas ativa ou de fazer parte da força de trabalho.

2. Biológicos

2.1. Determinantes

2.1.1. Senescência

2.1.1.1. processo de envelhecimento natural

2.1.2. Senilidade

2.1.2.1. implica no aparecimento de doenças durante o processo de envelhecimento

2.2. Alterações

2.2.1. perda da sensibilidade respiratória

2.2.1.1. prevalencia de demencia

2.2.1.1.1. diminuição da quantidade de liquido corporal

3. Genético e Patologico

3.1. Genético

3.1.1. implica

3.1.1.1. alteracoes no processo de divisao celular

3.1.1.2. sendo

3.1.1.3. processo progressivo e generalizado

3.1.1.4. resulta

3.1.1.5. perca da funcionalidade dos órgãos e sistemas

3.2. Patologico

3.2.1. Implica

3.2.2. Senilidade

3.2.3. Resulta

3.2.3.1. Alterações originadas por enfermidades associadas ao envelhecimento.

3.2.3.2. Consequências

3.2.3.2.1. Doenças crônicas e degenerativas

4. Fisiológicos

4.1. Implica

4.1.1. Lenditão

4.1.1.1. Ritmo Cardiáco

4.1.1.2. Ritmo Respiratório

4.1.1.3. Processo de digestão

4.1.1.4. Capacidade e satisfação sexual

5. Saúde

5.1. Prevenção

5.1.1. Primária

5.1.1.1. Intervenção

5.1.2. Secundária

5.1.2.1. Detecção

5.1.3. Terciária

5.1.3.1. Tratamento e reabilitação

5.1.4. Implica

5.1.4.1. Redução do risco de incapacidade do idoso

5.2. Promoção

5.2.1. Programas

5.2.1.1. Controle de Obesidade

5.2.1.1.1. Controle da Diabetes e Hipertensão

5.3. Qualidade de Vida

5.3.1. Longevidade do idoso

5.3.1.1. caracteriza

5.3.1.1.1. Idoso ativo

6. Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT)

6.1. Principais doenças

6.1.1. doenças cardiovasculares,

6.1.1.1. diabetes

6.1.1.1.1. câncer

6.2. Determinantes sociais

6.2.1. Fatores não modificáveis

6.2.1.1. Sexo

6.2.1.1.1. Genética

6.2.2. Fatores de risco modificáveis

6.2.2.1. Tabagismo

6.2.2.1.1. Alimentação não saudável

6.3. Fatores de risco

6.3.1. Tabagismo

6.3.2. Alimentação não saudavel

6.3.3. Uso nocivo de alcool

6.3.4. Inatividade fisica

6.3.5. Implica

6.3.5.1. Hipertensão

6.3.5.1.1. Dislipidemia

6.4. Desfechos

6.4.1. D. coronariana

6.4.1.1. D. cerebrovascular

6.4.1.1.1. D. vascular periférica

6.5. Estratégias preventivas para o enfrentamento das DCNT.

6.5.1. Plano de ações estratégicas para o enfrentamento das doenças crônicas não transmissíveis no Brasil, 2011-2022 (MS, 2011),

6.5.1.1. objetivo

6.5.1.1.1. Promover o desenvolvimento e a implantação de políticas públicas efetivas, integradas, sustentáveis e baseadas em evidências para a prevenção e o controle das DCNT e seus fatores de risco, incluindo o fortalecimento dos serviços de saúde

6.5.1.2. Estratégias e as ações

6.5.1.2.1. vigilância