Biossegurança

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Biossegurança por Mind Map: Biossegurança

1. CONCEITO

1.1. é o conjunto de ações voltadas para a prevenção, minimização ou eliminação de riscos inerentes às atividades de pesquisa, produção, ensino, desenvolvimento tecnológico e prestação de serviços, visando à saúde do homem, dos animais, a preservação do meio ambiente e a qualidade dos resultados

2. NÍVEIS DE BIOSSEGURANÇA

2.1. O nível de Biossegurança 1, é o nível de contenção laboratorial que se aplica aos laboratórios de ensino básico, onde são manipulados os microrganismos pertencentes a classe de risco 1. Não é requerida nenhuma característica de desenho, além de um bom planejamento espacial e funcional e a adoção de boas práticas laboratoriais.

2.1.1. O nível de Biossegurança 2 diz respeito ao laboratório em contenção, onde são manipulados microrganismos da classe de risco 2. Se aplica aos laboratórios clínicos ou hospitalares de níveis primários de diagnóstico, sendo necessário, além da adoção das boas práticas, o uso de barreiras físicas primárias (cabine de segurança biológica e equipamentos de proteção individual) e secundárias (desenho e organização do laboratório).

2.1.2. O nível de Biossegurança 3 é destinado ao trabalho com microrganismos da classe de risco 3 ou para manipulação de grandes volumes e altas concentrações de microrganismos da classe de risco 2. Para este nível de contenção são requeridos além dos itens referidos no nível 2, desenho e construção laboratoriais especiais. Deve ser mantido controle rígido quanto a operação, inspeção e manutenção das instalações e equipamentos e o pessoal técnico deve receber treinamento específico sobre procedimentos de segurança para a manipulação destes microrganismos.

2.1.2.1. O nível de Biossegurança 4, ou laboratório de contenção máxima, destina-se a manipulação de microrganismos da classe de risco 4, onde há o mais alto nível de contenção, além de representar uma unidade geográfica e funcionalmente independente de outras áreas. Esses laboratórios requerem, além dos requisitos físicos e operacionais dos níveis de contenção 1, 2 e 3, barreiras de contenção (instalações, desenho equipamentos de proteção) e procedimentos especiais de segurança.

3. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INVIDIDUAL

3.1. Luvas

3.2. Jaleco

3.3. Óculos de proteção

3.4. Protetor facial

3.5. Mascara

3.6. Uniforme de algodão

3.7. Dispositivo de pipetagem

4. EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO COLETIVO

4.1. CABINES As Cabines de Segurança Biológica constituem o principal meio de contensão e são usadas como barreiras primárias para evitar a fuga de aerossóis para o ambiente. Há três tipos de cabines de segurança biológica: •• Classe I •• Classe II – A, B1, B2, B3 •• Classe III

4.1.1. EXTINTOR DE INCÊNDIO DE CO2 EM PÓ Utiliza o CO2 em pó como base. A força de seu jato é capaz de disseminar os materiais incendiados. É usado em líquidos e gases inflamáveis, fogo de origem elétrica. Não usar em metais alcalinos e papel.

4.1.2. CAPELA QUÍMICA NB Cabine construída de forma aerodinâmica cujo fluxo de ar ambiental não causa turbulências e correntes, assim reduzindo o perigo de inalação e contaminação do operador e ambiente.

4.1.3. CHUVEIRO DE EMERGÊNCIA Chuveiro de aproximadamente 30 cm de diâmetro, acionado por alavancas de mão, cotovelos ou joelhos. Deve estar localizado em local de fácil acesso.

4.2. LAVA OLHOS Dispositivo formado por dois pequenos chuveiros de média pressão, acoplados a uma bacia metálica, cujo ângulo permite direcionamento correto do jato de água. Pode fazer parte do chuveiro de emergência ou ser do tipo frasco de lavagem ocular.

4.2.1. MANTA OU COBERTOR Confeccionado em lã ou algodão grosso, não podendo ter fibras sintéticas. Utilizado para abafar ou envolver vítima de incêndio.

5. BOAS PRATICA DE LABORATORIO

5.1. Lavagem das mãos

5.2. Manusear equipamentos corretamente

5.3. Esterilizar matérias reutilizáveis

5.4. Descarte correto de materiais

5.5. Limpar ambiente e vidrarias

5.6. Cortar as unhas

5.7. Seguir os pops

5.8. Conhecer e obedecer os manuais de Biossegurança

6. CONDUTAS INADEQUADAS

6.1. Comer, beber ou fumar no laboratorio

6.2. Usar cosméticos

6.3. Usar EPI´S fora do laboratório

6.4. Improvisar

6.5. Presença de crianças ou animais

6.6. Utilizar vidrarias trincadas

7. RISCOS BIOLOGICOS

7.1. Verde: Risco Físico

7.2. Vermelho: Risco químico

7.3. Marrom: Risco biológico

7.4. Amarelo: Risco ergonômicos

7.5. Azul: Risco de acidentes