SISTEMA LOCOMOTOR

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
SISTEMA LOCOMOTOR por Mind Map: SISTEMA LOCOMOTOR

1. Sistema Esquelético

2. Função

2.1. Apresenta como funções principais promover a movimentação, produzir células sanguíneas, proteger órgãos e funcionar como reserva de minerais. Sabemos que a locomoção só é possível graças a uma ação coordenada de ossos, músculos e articulações.

3. Exemplo

3.1. O sistema locomotor tem como exemplo, todos os ossos que compõem o corpo humano, desde o crânio até o seus ossos que se encontram no pé, um dos exemplos que podemos citar é os ossos do esqueleto axial estão na parte central do corpo, ou próximo da linha média, que é o eixo vertical do corpo. Os ossos que compõem essa parte do esqueleto são: a cabeça (crânio e ossos da face) a coluna vertebral e as vértebras. Outra parte da separação do corpo humano é o esqueleto apendicular, composto pelos membros (superiores e inferiores) e a cintura.

4. Classificação dos ossos

4.1. Ossos Longos ou Tubulares

4.2. Ossos Curtos

4.3. Ossos Planos ou Laminares

4.4. Ossos sesamoides

4.5. Ossos Pneumáticos

4.6. Ossos Irregulares

5. Função

5.1. O sistema muscular tem como função principal preencher e sustentar o corpo e os órgãos, além de produzir movimentação corporal, seja para deslocamento físico ou movimentação interna de órgãos.

6. Exemplo

6.1. Os músculos das pernas, dos pés, dos braços e das mãos. O músculo estriado cardíaco é o miocárdio, o músculo do coração, que promove os batimentos cardíacos.

7. Classificação dos Músculos

7.1. Músculo Não-Estriado

7.1.1. Os músculos não estriados, por sua vez, apresentam contração involuntária e lenta e são encontrados no sistema digestório e respiratório, bem como em algumas estruturas ocas, como a bexiga urinária e o intestino delgado. Uma de suas características mais marcantes é a ausência de estriações, o que é observado nos outros tipos musculares.

7.2. Músculo Estriado Esquelético

7.2.1. Os músculos estriados esqueléticos estão normalmente associados ao sistema esquelético e possuem apenas movimentação voluntária, ou seja, sua contração é consciente. O termo estriado está associado ao fato de que esses músculos apresentam bandas claras e escuras, que se dispõem de maneira alternada quando observadas em microscopia óptica.

7.3. Músculo Estriado Cárdiaco

7.3.1. Os músculos estriados cardíacos, como o próprio nome indica, são exclusivos do coração. Eles possuem aparência estriada, como o esquelético, mas apresentam contrações involuntárias e vigorosas.

8. Sistema Muscular

9. Sistema Articular

10. Função

10.1. Também chamadas de juntas, possuem duas funções principais: manter os ossos juntos e permitir a movimentação do esqueleto. Graças à presença das articulações, temos um corpo estável que consegue, por exemplo, manter a postura ereta.

11. Classificação das Articulações

11.1. Fibrosas

11.1.1. Suturas

11.1.1.1. Essas articulações são típicas do crânio. Logo após o nascimento, percebe-se uma grande quantidade de tecido conjuntivo fibroso entre os ossos do crânio. Com o desenvolvimento, ocorre a calcificação desse tecido. Essa é uma articulação, portanto, imóvel.

11.1.2. Sindesmoses

11.1.2.1. Nessas articulações, há um pouco de movimento. Pode ser observada na articulação tibiofibular inferior.

11.1.3. Gonfoses

11.1.3.1. Essa articulação é aquela encontrada entre a raiz do dente e o alvéolo. Alguns autores não a consideram uma articulação, uma vez que o dente não faz parte do esqueleto.

11.2. Cartilaginosas

11.2.1. Sincondroses

11.2.1.1. Nessas articulações, as peças ósseas são unidas por cartilagem hialina, e seus movimentos são limitados. Como exemplo desse tipo de articulação, podemos citar aquela presente entre a primeira costela e o osso esterno.

11.2.2. Sínfises

11.2.2.1. Nessas articulações, encontramos cartilagem fibrosa. A mobilidade nessa articulação também é reduzida. As sínfises podem ser observadas nos ossos do quadril, os quais formam a sínfise púbica.

11.3. Sinoviais

11.3.1. Essas articulações apresentam como principal característica a capacidade de movimentação. Nelas é observada uma cápsula que liga as extremidades dos ossos e delimita a cavidade articular, que é cheia de líquido. Esse líquido é denominado de líquido sinovial e possui uma grande quantidade de ácido hialurônico, o qual ajuda a lubrificar as superfícies da articulação.