Gêneros textuais acadêmicos

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Gêneros textuais acadêmicos por Mind Map: Gêneros textuais acadêmicos

1. Resumo

1.1. O resumo é um gênero textual cuja finalidade é o registro das informações básicas sobre um texto. Resumir implica veicular informações do texto-fonte suficientes e relevantes (ideias principais). Assim, o nível informacional de um resumo exige a seleção cuidadosa dos conteúdos a partir do critério da relevância do material resumido. (ZANDOMENEGO et al, 2008).

2. Resumo indicativo

2.1. Bastante utilizado em trabalhos acadêmicos como: TCC, monografias, artigos, teses de doutorado, dissertações de mestrado, etc. É usual neste tipo de resumo apresentar objetivos, métodos, resultados de pesquisa.

3. Resumo informativo

3.1. Neste tipo de resumo é importante assegurar aos leitores e ao produtor do resumo um nível informacional que não necessite voltar ao texto-fonte. Como os resumos informativos não fazem parte do documento que aludem é preciso conter as devidas referências bibliográficas.

4. Resumo de LIVROS

5. Resenha

5.1. Resenha é uma abordagem que se propõe a construção de relações entre as propriedades de um objeto analisado, descrevendo-o e enumerando aspectos considerados relevantes sobre ele. No jornalismo, é utilizado como forma de prestação de serviço.

6. Artigo

6.1. O artigo científico se define como a materialização dos resultados originais obtidos por meio de uma pesquisa

6.2. O artigo científico se define como a materialização dos resultados originais obtidos por meio de uma pesquisa

6.3. Segundo a ABNT (NBR 6022, 2003, p.2), o artigo científico pode ser definido como a “publicação com autoria declarada, que apresenta e discute ideias, métodos, técnicas, processos e resultados nas diversas áreas do conhecimento”.

6.4. Mediante tal definição, um questionamento que se mostra relevante faz referência à diferença demarcada entre um artigo e uma monografia. Em consonância a esta pergunta, respostas poderão surgir, tais como a de que o artigo possui uma forma mais simplificada que a monografia. Sendo assim, veremos algumas elucidações, a fim de que possíveis dúvidas possam ser esclarecidas acerca do tema em questão.

6.5. O artigo científico, como o próprio nome já nos revela, caracteriza-se por um texto científico cuja função é relatar os resultados, sendo esses calcados de originalidade, provenientes de uma dada pesquisa. Dessa maneira, ele, materializado sob a forma de um relato acerca dos resultados originais de um estudo realizado, torna-se publicamente conhecido por meio de revistas científicas, as quais possuem uma seção destinada a esse fim. Assim assevera Santos (2007, p. 43), “são geralmente utilizados como publicações em revistas especializadas, a fim de divulgar conhecimentos, de comunicar resultados ou novidades a respeito de um assunto, ou ainda de contestar, refutar ou apresentar outras soluções de uma situação convertida”.

7. Paper

7.1. Um paper científico é um texto mais simples e resumido do que um artigo científico, apesar de se parecerem muito na forma e na estrutura. É muito utilizado nas comunicações em congressos, seminários, simpósios e outros tipos de eventos científicos e académicos, normalmente com o objectivo de divulgar a ideia geral e o andamento/resultados de um projecto. Deve apresentar análises e argumentações, com objectividade, clareza e coerência.

8. TCC

8.1. É elaborado em forma de dissertação, visando a iniciação e envolvimento do aluno de graduação no campo da pesquisa científica.

8.2. Em geral, a aprovação do TCC é um critério para o aluno obter o diploma do curso de graduação. O "Trabalho de Conclusão de Curso" também é requesito obrigatório para outros cursos que não sejam de gradução, como, por exemplo, cursos de pós-graduação, MBA, cursos técnicos, entre outros.