GERÊNCIA DE PROJETOS

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
GERÊNCIA DE PROJETOS por Mind Map: GERÊNCIA DE PROJETOS

1. GESTÃO DE TEMPO

1.1. A definição das atividades é a base para administração dos prazos e sua principal ferramenta é o cronograma.

1.2. O cronograma é um gráfico que mostra a distribuição das atividades ao longo de um calendário. É o esboço da cronologia do projeto a partir do que foi definido no planejamento. Para definir o cronograma, temos que saber quanto tempo cada atividade deve durar.

2. GESTÃO DE CUSTO

2.1. Para criar e entregar o produto do projeto, realizamos atividades que consomem recursos. As definições desses recursos são a base para a administração dos custos do projeto. Sendo que a principal ferramenta para a definição dos custos do projeto é o orçamento.

2.2. A definição de recursos envolve três etapas: planejamento de recursos, estimativa de custos e elaboração do orçamento.

3. GESTÃO DE QUALIDADE

3.1. Qualidade é o conjunto de características ou especificações de um produto, serviço, pessoa, grupo ou organização. O processo de gerenciamento da qualidade de um projeto abrange duas vertentes:

3.2. – Qualidade do produto do projeto: começa com a definição de especificações que transformam as necessidades e interesses do cliente no desempenho esperado. Essas especificações devem conter as características definidas pelos clientes.

3.3. – Qualidade do gerenciamento do projeto: neste caso, o foco está no processo de gerenciamento e está organizada em três processos: planejamento, garantia e controle. A administração da qualidade do projeto é definida pela qualidade de seus elementos (escopo, tempo, custos, riscos…).

4. GESTÃO DE ESCOPO

4.1. O escopo do projeto é o produto ou o conjunto de produtos que o projeto deve entregar.

4.2. Essa é a área de conhecimento mais importante na administração de projeto porque tudo depende dele (tempo, recursos, custos, riscos… ).

5. GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

5.1. A equipe de um projeto pode ser definida como um grupo de pessoas que se organizam ao longo do ciclo de vida de um projeto. Vale destacar que as equipes não são uma entidade monolítica, formada por um gerente e um grupo de pessoas, mas sim uma relação de grupos que representam diversos interesses.

5.2. Quando começa a funcionar, toda equipe passa por um processo natural de desenvolvimento.

6. GESTÃO DE RISCO

6.1. Antecipar a ocorrência de problemas, monitorar e controlar a ocorrência de riscos durante a execução do projeto fazem parte do gerenciamento de riscos.

6.2. Riscos são eventos ou condições prováveis que comprometem a realização do projeto e a entrega do produto.

7. GESTÃO DE INTEGRAÇÃO

7.1. Aqui, incluímos os processos e as atividades necessárias para coordenar os vários processos e atividades dos grupos existentes. Neste caso, o gerente do projeto age como integrador dos processos e das pessoas.

7.2. Entre os processos que estão envolvidos nesta área do conhecimento estão: Desenvolver o Termo de Abertura do Projeto; Desenvolver todo o Plano de Gerenciamento; Orientar e gerenciar a execução do projeto; Encerrar o projeto (ou a fase).

8. GESTÃO DE COMUNICAÇÃO

8.1. Essa área do conhecimento inclui os processos que asseguram que o planejamento, coleta, distribuição, armazenamento e gerenciamento das informações sejam dispostas de maneira correta.

8.2. Além disso, o gerente de projetos passa 90% do tempo do projeto realizando atividades que usam suas habilidades de comunicação. Neste aspecto, suas principais funções são: Identificar necessidades de informações; Distribuir informações apropriadas no tempo certo; Comunicação efetiva; Reporte de desempenho;

9. GESTÃO DE AQUISIÇÕES

9.1. Essa área inclui todos os processos de compra, por isso é muito importante dentro do gerenciamento de projetos. Nesta área estão inclusos os processos de desenvolvimento de contratos e pedidos de compra dos projetos.

10. AFETA DIRETAMENTE A GESTÃO DE CUSTO POIS ELEVADOS NIVEIS DE AQUISOES CAUSAM ELEVAÇÃO DE ORÇAMENTO.

11. PODE CAUSAR GRANDE PROBLEMAS NA GESTÃO DE QUALIDADE, POIS UMA COMUNICAÇÃO FALHA LEVA A PROJETOS DE MA QUALIDADE, ALEM DE AUMENTAR O CUSTOS.

12. AMBOS TEM UMA LIGAÇÃO INTIMAMENTE PRÓXIMA POIS O SIMPLES ERRO EM UM DOS MESMO GERAM IMPACTOS NO OUTRO DEVIDO A MOTIVOS DE MÁ GESTÃO DO ESCOPO E DO RISCO QUE ALGUMA ALTERAÇÃO OU FALHA PODE CAUSAR, ASSIM COMO ELEVAÇÃO DOS CUSTOS.

13. UMA EQUIPE SEM INTEGRAÇÃO E COM PROBLEMAS DE DESENVOLVIMENTO DE PODE LEVA A UM AUMENTO DO TEMPO PARA DE CHEGA A UMA HARMONIA EM SEU ANDAMENTO, OCASIONANDO E O SOFTWARE DE MÁ QUALIDADE E COM UM CUSTO MAIS ELEVADO.

14. A MÁ JUNÇÃO DE UMA EQUIPE PODE OCASIONAR EM UMA EQUIPE GRANDE E SEM MUITA UTILIDADE, E IMPORTANTE CRIAR UMA EQUIPE PEQUENA E COM FOCO.