GESTÃO DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA

Gestão Democrática - Cleonice Aparecida dos Santos

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
GESTÃO DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA por Mind Map: GESTÃO DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA

1. Dimensões da autonomia: jurídica, financeira e pedagógica.

2. Projeto Político Pedagógico - PPP

2.1. interesse sóciopolítico

2.2. Finalidades: cultural, política, social, profissional e humanística (formação integral).

3. Processual

3.1. A Gestão Democrática deve ultrapassar os muros da escola e democratizar as instituições sociais.

3.2. Construção da autonomia na unidade escolar.

3.2.1. luta política e pedagógica

3.3. Autonomia (responsabilidade individual e coletiva).

4. Participação de todos e democratização da escola pública, para cumprir seu papel social na formação dos estudantes.

5. Compreender a LDB e aparatos jurídicos e articular todos os envolvidos para o desafio de uma nova cultura escolar.

5.1. Administrar e gerir a escola segundo as normativas construindo uma nova prática social com eficiência no ensino e na aprendizagem mútua.

5.2. CF, LDB, Constituições estaduais, Leis Orgânicas municipais: norteiam a gestão escolar.

5.3. CF/88: garantia de acesso ao ensino gratuito e obrigatório: direito subjetivo: gestão democrática do ensino público: vinculação de impostos à educação: cabe à União aplicar 18% e aos Estados, Municípios e DF, 25%.

5.3.1. CF/88 - educação: direito social visa o pleno desenvolvimento da pessoa, preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.

5.3.2. Princípios: pluralismo; liberdade; gestão democrática.

5.3.3. É necessário avançar no acesso e permanência com a qualidade social e superação do fracasso escolar.

5.3.4. Urgente melhoria na qualidade da educação em todos os níveis.

5.3.5. É necessário recriar e democratizar a escola.

5.3.6. 1980 - Art. 206 CF/88 Princípio da Gestão Democrática.

5.3.7. Art. 214 CF/88, a LDB dispõe em seu Art. 9° sobre a elaboração do PNE (melhoria da QUALIDADE DO ENSINO E GESTÃO DEMOCRÁTICA).

5.4. Lei 9394/96 (LDB) educação como princípio para a cidadania; educação como direito de TODOS e dever do Estado.

5.4.1. Artigo 21 - Educação escolar: educação básica e educação superior.

5.5. Articulação entre os sistemas de ensino União, Estados, DF e Municípios

5.6. Conselhos Escolares (membros da comunidade escolar e local)

5.7. PNE - Lei n° 10172/2001: diretrizes, objetivos e metas - acesso, permanência,gestão democrática e qualidade do ensino.

6. Escolas: - Clássica ou de administração científica (Taylor, Fayd) - De relação Humanas (George Elton, Mayo) - Behaviorista (Hebert, Simon, Chester, Bernard, Elliot Jacques e Chris Argyris Relativismo: todo ponto de vista é válido e subjetivismo: caráter subjetivo do conhecimento) - Estruturalista (Max Weber, Robert K. Merton, Alvin Gouldner e Amitai Etzioni Exige do homem uma personalidade flexível, resistente à frustações).

7. Gestão da educação é um processo político - administrativo contextualizado com a prática social da educação organizada, orientada e viabilizada.

7.1. Educação: processo de criação, inovação e apropriação da cultura.

8. Gestão de sistema educacional: ordenamento normativo e jurídico e a vinculação de instituições sociais por meio de diretrizes comuns.

9. gestão da escola pública: maneira de organizar o funcionamento da escola pública quanto aos aspectos políticos, administrativos, financeiros, tecnológicos, culturais, artísticos e pedagógicos.

9.1. Escola: local universal de formação de homens e mulheres.

9.2. Educação Escolar: ato político e pedagógico.

9.3. Associação de Pais e Mestres ¨parceiras da terceirização¨.

9.4. CIDADANIA

10. Formação humana e social

11. Princípio da Gestão Democrática - CF/88 Participação de todos os atores e instituições educativas.

12. Reforma de estado brasileiro: a gestão da educação e da escola.

13. Teoria do Capital Humano

14. As Políticas Públicas pautam-se com a colaboração entre os sistemas e no caso da União, limita-se à assistência técnica e financeira aos sistemas de ensino estadual, distrital e municipal.

14.1. Objetivo: melhoria da qualidade, eficiência e igualdade da educação brasileira.

14.2. Política de gestão brasileira: ações gerenciais que otimizem recursos e racionalizem ações administrativas. Para isso, ao redesenhar a escola pública é importante DESCENTRALIZAR, PARTICIPAR e AGIR COM AUTONOMIA.

15. "Há escolas que são asas feitas para estimular o vôo e há escolas que são gaiolas que aprisionam a criatividade, os inventos, as inovações e os sonhos daqueles que nela convivem." Rubem Alves

15.1. Sensibilidade de conduzir a escola, a partir de demandas da comunidade escolar.

15.2. Tomar decisões e escolhas responsáveis e coletivas.

15.3. Romper com a cultura autoritária vigente.

15.4. Rediscutir marcos de formação e profissionalização da educação docente e não docente fortalecendo-os para atuarem como educadores sociais.

15.5. Ações educativas que visem à formação de sujeitos concretos, éticos, participativos, críticos e criativos.

16. Mobilização dos trabalhadores em educação, das comunidades escolares e local.

17. Eficiência, eficácia e efetividade social

18. Para Ilma Passos Veiga, a escola tem duas estruturas básicas: a administrativa e a pedagógica.

18.1. Gestão: direção, utilização racional de recursos na busca da realização de determinados objetivos.

19. Ética

20. Cultura

21. Educação

22. Ambiente Escolar

23. Organização

24. Política

25. Participação efetiva dos segmentos da comunidade escolar.

26. Secretaria de Educação

27. Valorização dos sujeitos

28. Transparência

29. Participação

30. AUTONOMIA

31. REALIDADE DOS ALUNOS

32. Secretaria de Educação

33. Comunidade

34. Alunos

35. Funcionários da escola

36. Professores

36.1. Orientadores

37. Direção

38. Autonomia