Pensamento Dogmático

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Pensamento Dogmático por Mind Map: Pensamento Dogmático

1. Ingênuo e Crítico

1.1. O dogmatismo ingênuo é referente a alguém que acredita completamente nas possibilidades do nosso conhecimento, onde vemos o mundo tal como ele é; por outro lado, o dogmatismo crítico acredita na nossa capacidade de conhecer a verdade através de um esforço em conjunto dos sentidos e da inteligência, através de uma abordagem metódica, racional e científica.

2. Jurídico

2.1. O dogmatismo jurídico é o ato de observar, examinar e agir perante o Direito de acordo com diretrizes cujos pressupostos são provados de forma cognitiva ou são levantados por experiências reais que surgem através de casos específicos que ocorreram previamente. Há ainda a possibilidade de a orientação ser fundamentada em valores e princípios gerais do Direito.

3. Ceticismo

3.1. No extremo oposto ao dogmatismo como corrente filosófica encontra-se o ceticismo fundado pelo filósofo grego Pirro, que tem por base a afirmação de que o homem não tem capacidade de atingir a certeza absoluta sobre uma verdade ou conhecimento específico. O indivíduo cético questiona tudo o que lhe é apresentado como verdade e não admite a existência de dogmas, fenômenos religiosos ou metafísicos.

4. Dogmátismo Ceticismo

5. Dogmatismo

6. Religioso/Teológico

6.1. Na religião, o dogmatismo acontece com a revelação de Deus, através de diversos dogmas. A Igreja Católica, por exemplo, tornou os dogmas como definitivos e imutáveis, onde ninguém questiona a veracidade da existência de Deus, através de dogmas como, a santíssima trindade, o sacrifício de Jesus, a ressurreição de Jesus, e vários outros.

6.1.1. Exemplos: Islâmismo Cristianismo

7. Filosófico

7.1. O dogmatismo filosófico pode ser compreendido como a possibilidade de conhecer a verdade, a confiança nesse conhecimento e a submissão a essa verdade sem questioná-la.

7.1.1. Autores Dogmáticos -Platão -Socrates

8. Dogma

8.1. Termo de origem grega que significa literalmente "o que se pensa é verdade". Na antiguidade, o termo estava ligado ao que parecia ser uma crença ou convicção, um pensamento firme ou doutrina.