O emprego dos anestésicos locais em odontologia

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
O emprego dos anestésicos locais em odontologia por Mind Map: O emprego dos anestésicos locais em odontologia

1. Função: Bloquear temporariamente a condução nervosa em parte do corpo, determinando perda das sensações sem ter perda da consciência.

2. Um bom anestésico deve se considerar que o mesmo tenha baixa toxidade, não irritar os tecidos e não lesionar as estruturas nervosas.

2.1. Dois tipos de anestésicos mais utilizados na odontologia: amina e éster.

3. Principais anestésicos locais de uso odontológico

3.1. Lidocaína, prilocaína, mepivacaína e bupivacaína.

4. Vasoconstritores

4.1. Substâncias químicas associadas aos sais anestésicos, tem função de absorção lena deste sal, redução da toxidade, aumento do tempo de duração e aumento da eficácia do bloqueio anestésico.

4.1.1. Tipos: adrenalina/ epinefrina, noradrenalina/noraepinefrinafenilefrina e octapressin.

5. Contra indicado

5.1. Pessoas que tem: Hipertenção arterial e diabetes mellitus, também para gestantes e crianças