Sistemas Psicológicos

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Sistemas Psicológicos por Mind Map: Sistemas Psicológicos

1. Voluntarismo

1.1. Influências

1.1.1. Empirista. Conhecimento através das experiências.

1.2. Principais autores

1.2.1. Wilhelm Wundt.

1.3. Definição do objeto

1.3.1. Psicologia científica/Psicologia Wundtiana. Ciência da experiência imediata.

1.4. Período histórico

1.4.1. Século XIX

1.5. Princípios metodológicos

1.5.1. Introspectivo experimental. Experimento e observação.

1.6. Contexto atual

1.6.1. A psicologia wundtiana permanece ausente na psicologia contemporânea.

2. Estruturalismo

2.1. Influências

2.1.1. A principal influência de Titchener foi seu professor Wilhelm Wundt.

2.2. Principais autores

2.2.1. Edward Bradford Titchener.

2.3. Definição do objeto

2.3.1. Estudo dos elementos da consciência/Experiência consciente.

2.4. Período histórico

2.4.1. Século XIX.

2.5. Princípios metodológicos

2.5.1. Introspecção qualitativa (os observadores descreviam o seu estado consciente após serem submetidos à estímulos).

2.6. Contexto atual

2.6.1. Hoje tem sido substituído por abordagens como o pós-estruturalismo e o desconstrutivismo.

3. Funcionalismo

3.1. Influências

3.1.1. Titchener (como principal opositor dessa abordagem, foi o precursor para o batismo da escola), Charles Darwin.

3.2. Principais autores

3.2.1. Granville Stanley Hall, James McKeen Cattell, James Mark Baldwin e William James.

3.3. Definição do objeto

3.3.1. Psicologia funcional/Filosofia da mente.

3.4. Período histórico

3.4.1. Séculos XIX-XX.

3.5. Princípios metodológicos

3.5.1. Introspecção e método comparativo.

3.6. Contexto atual

3.6.1. Considerado hoje como o movimento responsável pela evolução da psicologia aplicada nos EUA.

4. Behaviorismo

4.1. Influências

4.1.1. Influências biológicas no comportamento, Edward L. Thorndike e “A origem das espécies” de Charles Darwin.

4.2. Principais autores

4.2.1. Burrhus Frederic Skinner, John Broadus Watson e Ivan Petrovich Pavlov.

4.3. Definição do objeto

4.3.1. Análise do comportamento.

4.4. Período histórico

4.4.1. Século XIX.

4.5. Princípios metodológicos

4.5.1. Estudo do comportamento tendo como objeto o próprio comportamento.

4.6. Contexto atual

4.6.1. Evoluiu em um meio histórico-cultural específico. Artigos sobre a análise do comportamento são constantemente publicados nas revistas científicas.

5. Gestaltismo

5.1. Influências

5.1.1. Alexius Meinong e James Clerk Maxwell.

5.2. Principais autores

5.2.1. Wolfgang Kohler, Max Wertheimer e Kurt Koffka.

5.3. Definição do objeto

5.3.1. O gestaltismo propõe uma integração entre a experiência e a natureza. O fato descritivo e o fato funcional são duas faces da mesma moeda.

5.4. Período histórico

5.4.1. Século XX.

5.5. Princípios metodológicos

5.5.1. Compreender o indivíduo considerando não só o seu discurso, o seu corpo ou o seu comportamento, mas todas as manifestações de suas dimensões sensoriais, afetivas, intelectuais, corporais, sociais e espirituais.

5.6. Contexto atual

5.6.1. Consiste em analisar a psicologia não apenas a partir de suas relações com as ciências naturais, mas também com outros domínios do saber.

6. Psicanálise

6.1. Influências

6.1.1. Judaísmo, Ciência experimental e Jean-Martin Charcot.

6.2. Principais autores

6.2.1. Sigmund Freud.

6.3. Definição do objeto

6.3.1. Metapsicologia/Teoria da alma.

6.3.2. Introspecção e método da associação livre.

6.4. Período histórico

6.4.1. Séculos XVIII-XIX-XX.

6.5. Princípios metodológicos

6.6. Contexto atual

6.6.1. A psicanálise continua a ser uma referência importante, principalmente entre os clínicos.

7. Psicologia Cognitiva

7.1. Influências

7.1.1. Filosofia da mente, inteligência artificial, as neurociências, linguística, lógica e antropologia.

7.2. Principais autores

7.2.1. F.C. Bartlett, Jerome Bruner, David Rumelhart, Jean Piaget, Howard Gardner, Wilhelm Wundt.

7.3. Definição do objeto

7.3.1. Psicologia experimental, análise dos processos mentais. Percepção, o pensamento e a memória.

7.4. Período histórico

7.4.1. Séculos XIX e XX.

7.5. Princípios metodológicos

7.5.1. Método experimental, estudo da cognição de diferentes pontos de vista. Experimentos, técnicas psicobiológicas, auto-avaliações, estudos de caso, observação naturalista, simulações por computador e inteligência artificial.

7.6. Contexto atual

7.6.1. A psicologia cognitiva tem sido, nas últimas décadas, a área da psicologia que mais se desenvolveu e tem contribuído para a compreensão de fenômenos de interesse de outras áreas fora da psicologia.

8. Psicologia das Massas/Psicologia Social

8.1. Influências

8.1.1. Michel Foucault, Richard Sennett e revolução industrial.

8.2. Principais autores

8.2.1. Gustave Le Bon, Sigmund Freud, Gabriel Tarde e Wilhelm Reich.

8.3. Definição do objeto

8.3.1. Psicologia coletiva.

8.4. Período histórico

8.4.1. Séculos XIX-XX.

8.5. Princípios metodológicos

8.5.1. Investiga e analisa os fatores psicológicos da vida social.

8.6. Contexto atual

8.6.1. A psicologia social vem se desenvolvendo, como uma área de conhecimento que busca a superação das limitações.