IGUALDADE RACIAL E ÉTNICA

Igualdade Racial

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
IGUALDADE RACIAL E ÉTNICA por Mind Map: IGUALDADE RACIAL E  ÉTNICA

1. O que é o estatuto da igualdade racial?

2. Leis de apoio:

3. Quem foi Zumbi dos Palmares?

4. Indígenas, afrodescendentes e negros:

5. E as mulheres, como ficam?

6. A educação possui algum papel?

7. miscigenação no Brasil

8. A internet é um campo desigual ou inclusivo?

9. Democracia racial no Brasil

10. Vitimas de descriminação racial:

11. Pobreza e desigualdade de renda

12. Indígenas: Aqueles que viviam numa área geográfica antes da sua colonização por outro povo ou que, após a colonização, não se identificam com o povo que os coloniza

13. Negros: Ou povo negro são termos usados ​​em sistemas de classificação racial para os seres humanos geralmente que se relaciona a um fenótipo de pele escura, em relação a outros grupos raciais

14. Afrodescendente: É aquele que descende de africano. A palavra afrodescendente é formada por dois adjetivos: afro, que faz referência ao africano, mais descendente que é aquele que descende de, que provém por geração, portanto, afrodescendente significa “descendente de africano”.

15. É um projeto que conta com ações e medidas , que ao ser adotada pelo Governo Federal gerou mudanças nos direitos básicos dos povos afro-brasileiros. Visam reparar e compensar danos passados, coibir atos racistas, fazer justiça e melhorar a vida dos negros.

16. Entre diversas leis que visam a igualdade racial e étnica na constituição Brasileira, destaca-se: * LEI Nº 12.288, DE 20 DE JULHO DE 2010. Esta Lei institui o Estatuto da Igualdade Racial, destinado a garantir a população negra a efetivação da igualdade de oportunidades, a defesa dos direitos étnicos individuais, coletivos e difusos e o combate à discriminação e às demais formas de intolerância étnica.

17. De acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada-IPEA juntamente com o UNIFEM, as mulheres negras são prejudicadas em todos os âmbitos. * Como mostra a pesquisa, hoje, no Brasil, 21% das mulheres negras são empregadas domésticas e apenas 23% delas têm Carteira de Trabalho assinada.

18. 46,27% das mulheres negras nunca passaram por um exame clínico de mama, 32,3% da população negra entre 45 e 59 anos são hipertensas (enquanto 28,8% da população são brancas).

19. As famílias com mulheres negras com filho teve um aumento significativo entre 1993/2003.

20. De acordo com os dados do IBGE, um quarto da população brasileira vive em situação de pobreza ou extrema pobreza. O CEPAL (Comissão Econômica para a América Latina e Caribe) diz que os negros, indígenas e mulheres estão mais vulneráveis ​​na pobreza nos países latino-americano. No Brasil, índice de miséria entre os afrodescendentes chega à média de 22%, valor duas vezes maior que entre os brancos (10%).

21. O Brasil foi o último país do ocidente a abolir a escravatura, ou seja, o contexto histórico de racismo estrutural em nosso país é repleto de descriminação social. Com o passar dos anos algumas coisas foram conquistadas e mitas mudanças surgiram, mas não foram o suficiente para demolir de vez com a injuria racial.

22. LEI Nº 6.001, DE 19 DE DEZEMBRO DE 1973. construída sobre o Estatuto do Índio. Esta Lei regula a situação jurídica dos índios ou silvícolas e das comunidades indígenas, com o propósito de proporcionar uma cultura e integrá-los, progressiva e harmoniosamente, à comunhão nacional.

23. A miscigenação do Brasil se deu pela mistura de diversos povos, esses grupos favoreceram a cultura que temos hoje. Os principais povos foram: indígenas, africanos, imigrantes europeus e asiáticos.

24. Sabemos que a educação é o que forma um cidadão, a inclusão dos povos e temas dentro das escolas. A lei do Estatudo da Igualdade Social garante que uma população afro-brasileira tem direito a participar de atividades educacionais, culturais, esportivas e de lazer, adequada a seus interesses e condições, garantindo sua contribuição para o patrimônio cultural de sua comunidade e sociedade brasileira .

25. Essa lei também garante que as datas comemorativas e a matéria de “História Geral da África e do Negro no Brasil” integrará obrigatoriamente o currículo do ensino fundamental e médio, público e privado, erando um compreendimento mais amplo do assunto.

26. Democracia é o direito de igualdade, ou seja, democracia racial é a busca pela igualdade entre todos independente de cor, raça ou etnia.

27. No Brasil a constituição federal garantida por direitos iguais entre pessoas independentemente de qualquer elemento distintivo. O art. 5 da Constituição diz o seguinte: “todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no país a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade ”

28. Foi um dos principais representantes da resistência negra à escravidão na época do Brasil Colonial. Foi líder do Quilombo dos Palmares, comunidade livre formada por escravos fugitivos das fazendas.

29. Podemos classificar como redes sociais como um campo "minado", você pode encontrar apoio e muitas críticas. Um exemplo é o Twietter que é considerado o local de protesto de muitos internautas. Como mídia tem o total poder de afetar a vida da população, influenciam e geram reações muitas vezes inesperadas.

30. Um exemplo de campanha contra o racismo de uma atitude do tempo de futebol Vasco Da Gama juntamente com o projeto negromuro, que em sua página do Twietter mostrou uma obra de arte chamada "Grafite de Barbosa" que eternizou a imagem do ídolo negro do tempo. Esse clube sempre se destacou para buscar a igualdade de classes e etnias.