Microrganismo: São organismos que podem ser vistos ao microscópio,que devem viver na natureza com...

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Microrganismo: São organismos que podem ser vistos ao microscópio,que devem viver na natureza como células isoladas ou em agregados celulares. Incluem na definição os grupos das bactérias,fungos,protozoários e vírus. Devido á sua relativa simplicidade morfológica e grande diversidade genética e metabólica,aos microrganismo se adaptam para viver em habitats e condições diversas no planeta. por Mind Map: Microrganismo: São organismos que podem ser vistos ao microscópio,que devem viver na natureza como células isoladas ou em agregados celulares. Incluem na definição os grupos das bactérias,fungos,protozoários e vírus. Devido á sua relativa simplicidade morfológica e grande diversidade genética e metabólica,aos microrganismo se adaptam para viver em habitats e condições diversas no planeta.

1. Vírus HIV: atinge o sistema imunológico responsável pela proteção do organismo contra infecções.O vírus ataca um tipo de globulo branco ( célula de defesa) chamada CD4. Enzimas transcriptase reversa que faz com que o processo de transcrição reversa seja realizada, o HIV I e II inclui proteínas estruturais e funcionais e um genoma ou RNA protegido pelo envelope viral. O HIV ataca o sistema imunologico, as células mais atingidas são os linfócitos T-CD4 alterando o DNA dessa células que o HIV faz cópias de si mesmo. Depois de se multiplicar, rompe os linfócitos em busca para continuar a infecção. Principais doenças: doenças cardiáca, doença hepática, doença renais, danos nos nervos, doenças oculares, câncer, pneumonia.

2. Cianobactérias: ficobilina- grupo de pigmentos que é encontrado células cianobactérias, isto é, algas ( azuis esverdeadas) constituídas por bactérias fotossintícas. Podem viver isoladas ou em colonias. São seres microscópios com variadas formas e geralmente são envolvidas por uma substância gelatinosa que impede a dissecação. Realizam fotossíntese aerobica, liberação de toxinas causadoras de doenças em seres humanos são as hepatoxinas e as neuroxinas.

3. Príons: são moléculas proteicas que possuem propriedades infectantes, Tais partículas se destingem de vírus e bactérias comuns por serem desprovidos de carga genética. São compostas por proteínas codificadas, localizada no braço cioto do cromossomo 20. Tais agentes não possuem ácidos nucleicos (DNA ou RNA). Os príons possuem estruturas bastantes estáveis e são resistentes a enzimas digestivas, calor, algumas substâncias químicas e até a radicação ultravioleta. Doenças: Kuru, doenças neurodegenerativas.

4. Bactéria: procarionte: são organismo unicelulares que não possuem nível de complexidade interna associada aos eucariontes e em partículas não possuem núcleo. DNA dos procariontes, geralmente composto por um único cromossomo circular encontra-se localizada numa zona camada nucleíode. A forma mais comum de reprodução é assexuada por fusão binária. Doenças: cólera, coqueluche, meningite, pneumonia, turbeculose.

5. Fungos: protozoários - Os protozoários são microrganismo heteroficos. Os protozoários, em sua grande maioria, apresentam vida livre e são encontrados em diferentes ambientes aquáticos e úmidos. Sua reprodução assexuada pode ocorrer de duas formas: 1- divisão binaria: é o tipo de reprodução assexuada em que a célula se divide ão meio originado das células idênticas; 2- nesse tipo de reprodução assexuada o núcleo de uma célula se multiplica várias vezes originando várias células filhas. Doenças: doença de chagas, giardíase, malaria, tricomoníase.

6. Viroides:São os maiores sistemas genéticos capazes de se duplicar no interior de uma célula e encontra-se confinados ao reino vegetal,considerando aos menores patógenos de planeta,são constituídos por um minusculo RNA de fita simples,circular,com tamanho que oscila entre 246 e 401 nucleotídeos.

7. Arqueas metanogênicas: são seres anaebóbicos que liberam gás metano com resíduos metabólicos. Encontrados em ambientes com ausência de oxigênio abundância de matéria orgânica. Vivem no tubo digestório de cupins e animais herbívoros. Podem ser autrófos ou heterotrófico, anaeróbico ou aeróbicos, podem se reproduzir de forma assexuada ou sexuada. Vivem em ambientes externos, como: lagos de água quente, tubo digestório de animais, etc. Possuem um único anél de DNA, uma presença celular e a presença de flagelos, ácido nucleico e elementos integrantes tanto na membrana plasmática quanto na parede celular