FARMACODINÂMICA

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
FARMACODINÂMICA por Mind Map: FARMACODINÂMICA

1. Eficácia do Ligante

1.1. resposta terapêutica máxima potencial que um medicamento pode produzir. A eficácia é apenas um dos fatores considerado pelos médicos ao selecionar o medicamento mais apropriado para determinado paciente.

2. Potência do Ligante

2.1. quantidade do medicamento necessária para produzir um efeito, como o alívio da dor ou a redução da pressão sanguínea. Maior potência não significa que uma droga é melhor que a outra.

3. Antagonista Competitivo

3.1. as substâncias se ligam ao mesmo receptor e competem por ele quando administradas sucessiva ou simultaneamente.

4. Agonista Inverso

4.1. composto capaz de inativar os alvos constitutivamente ativos.

5. Tolerância

5.1. pode ocorrer quando um fármaco induz o seu próprio metabolismo e, dessa maneira, diminui a sua eficácia com o decorrer do tempo

6. Afinidade

6.1. atração mútua ou a força da ligação entre uma droga e seu alvo, seja um receptor ou enzima. Quanto maior a afinidade do fármaco a um receptor, maior a quantidade de receptores ligados. Assim, maior será o efeito terapêutico.

7. Agonista Total

7.1. composto capaz de proporcionar uma resposta máxima após a ocupação e ativação do receptor.

8. Agonista Parcial

8.1. composto que pode ativar o receptor, mas não gerar uma resposta máxima do sistema.

9. Antagonista Não-Competitivo

9.1. o antagonista bloqueia, em algum ponto, a cadeia de eventos que leva à produção de uma resposta pelo agonista. O efeito consiste em reduzir a inclinação e o máximo da curva da concentração em escala log-resposta do agonista.

10. Antagonista

10.1. inibem a capacidade de ativação (ou inativação) de seus alvos por agonistas fisiológicos ou farmacológicos.

11. Agonista

11.1. moléculas que, através da sua ligação a seus alvos, produzem uma alteração na atividade desses alvos.