Farmácia clínica/Atenção Farmacêutica

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Farmácia clínica/Atenção Farmacêutica por Mind Map: Farmácia clínica/Atenção Farmacêutica

1. Organização da Assistência Farmacêutica

1.1. Assistência farmacêutica ou atenção farmacêutica?

1.1.1. No caso da Assistência Farmacêutica, as ações estão voltadas ao acesso e uso racional de medicamentos, mesmo que o beneficiário final não seja o paciente. Já a Atenção Farmacêutica refere-se ao cuidado diretamente dirigido ao paciente.

1.1.1.1. Assistência farmacêutica no Sus

1.1.1.1.1. Os componentes da assistência farmacêutica

2. O que é assistência farmacêutica?

2.1. É um conjunto de ações voltadas à promoção, proteção e recuperação da saúde, tanto individual como coletiva, tendo o medicamento como insumo essencial e visando ao acesso e uso racional.

2.1.1. (Resolução SES/MG Nº 1416, de 21 de fevereiro de 2008)

2.1.1.1. Conjunto envolve a pesquisa, o desenvolvimento e a produção de medicamentos e insumos, bem como a sua seleção, programação, aquisição, distribuição, prescrição, dispensação, garantia da qualidade dos produtos e serviços, acompanhamento e avaliação da sua utilização, na perspectiva da obtenção de resultados concretos e da melhoria da qualidade de vida da população

3. Reconectou o farmacêutico com a área da saúde, elevando esse profissional a um novo patama reaproximando-o da figura central.

3.1. O farmacêutico é o profissional responsável por promover o uso racional de medicamentos, através da educação em saúde, dispensação segura de medicamentos, otimização da farmacoterapia, garantindo segurança e efetividade no tratamento farmacológico etc.

3.1.1. Resolução nº 585 de 29 de agosto de 2013

3.1.1.1. 1. Cuidado centrado no paciente 2. Uso racional de medicamentos

3.1.1.2. 3. Plano de cuidado; 4. Consulta farmacêutica; 5. Consultório farmacêutico

4. O que é a farmácia clínica?

4.1. A definição a seguir foi estruturada por Robert Miller, em 1968: "A Farmácia Clínica é a área do currículo farmacêutico que lida com a atenção ao paciente com ênfase na farmacoterapia.

4.1.1. Atribuições atribuições clínicas do farmacêutico:

4.1.1.1. I – Estabelecer e conduzir uma relação de cuidado centrada no paciente; II - Desenvolver, em colaboração com os demais membros da equipe de saúde, ações para a promoção, proteção e recuperação da saúde, e a prevenção de doenças e de outros problemas de saúde;

4.1.1.1.1. III - Participar do planejamento e da avaliação da farmacoterapia, para que o paciente utilize de forma segura os medicamentos de que necessita, nas doses, frequência, horários, vias de administração e duração adequados, contribuindo para que o mesmo tenha condições de realizar o tratamento e alcançar os objetivos terapêuticos;

4.1.1.1.2. V – Analisar a prescrição de medicamentos quanto aos aspectos legais e técnicos;