Projeto de oferta ao mercado global

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Projeto de oferta ao mercado global por Mind Map: Projeto de oferta ao mercado global

1. Competição em nível global

2. Decisões sobre o ingresso no mercado internacional

2.1. Pontos a serem levantados

2.1.1. Mercado externo pode se tornar mais lucrativo

2.1.2. Mais clientes para atingir economias de escala

2.1.3. Mais independência de mercados

2.2. Riscos

2.2.1. Não compreensão do que o mercado estrangeiro quer e não adaptar seus produtos

2.2.2. Não saber lidar com a cultura empresarial ou com os habitantes

2.2.3. Subestimar normas estrangeiras e incorrer em custos inesperados

2.2.4. País pode mudar suas leis comerciais, desvalorizando a moeda ou passar por uma reforma política e desapropriar bens estrangeiros

2.3. Fases do processo

2.3.1. Atividades de exportação inconstantes

2.3.2. Exportação por meio de representantes independentes

2.3.3. Estabelecimento de uma ou mais filiais de vendas

2.3.4. Estabelecimento de instalações de produção no exterior

2.4. Decisões que devem ser tomadas para que um empresa de qualquer tamanho se torne global

2.4.1. Decisão sobre o ingresso no mercado internacional

2.4.2. Decisões sobre em que mercados ingressar

2.4.3. Decisão sobre a maneira de ingressar no mercado

2.4.4. Decisões sobre o programa de marketing

2.4.5. Decisões sobre a organização de marketing

3. Decisões sobre em que mercado ingressar

3.1. Entrada sequencial

3.1.1. Países são penetrados gradualmente e sequencialmente

3.2. Entrada pulverizada

3.2.1. Empresa ingressa muitos países ao mesmo tempo dentro de determinado período

3.3. Zonas regionais de livre comércio

3.3.1. NAFTA

3.3.2. MERCOSUL

3.3.3. APEC

3.4. Avaliação de mercados potenciais

3.4.1. Países que estejam entre os primeiros quanto à atratividade

3.4.2. Baixo risco de mercado

3.4.3. Detenham vantagem competitiva

4. Decisão sobre a maneira de ingressar no mercado

4.1. Exportação indireta

4.1.1. Contam com intermediários independentes para exportar seu produto

4.2. Exportação direta

4.2.1. Tornar um departamento independente de exportação que opera como centro de lucro

4.2.2. Filial ou subsidiária de vendas no exterior

4.2.3. Representantes de vendas de exportação que viajam para o exterior

4.2.4. Agentes ou distribuidores estabelecidos no exterior

4.3. Licenciamento

4.3.1. Concede a uma empresa estrangeira o uso do processo de fabricação, da marca, patente, dos segredos comerciais ou de outros itens de valor em troca do pagamento de uma taxa ou royalties

4.4. Joint-ventures

4.4.1. Investidores estrangeiros se juntam com investidores locais para dividir o controle de uma propriedade

4.5. Investimentos diretos

4.5.1. Instalações de fabricação ou montagem no exterior, adquirindo uma empresa local ou construindo

5. Decisões sobre o programa de marketing

5.1. Produto

5.1.1. Extensão direta

5.1.1.1. Lança o produto no mercado sem nenhuma alteração

5.1.2. Adaptação do produto

5.1.2.1. Versão regional

5.1.2.2. Versão para o país

5.1.2.3. Versão municipal

5.1.2.4. Versão para revendedores

5.1.3. Intervenção de produto

5.1.3.1. Intervenção retrógrada

5.1.3.2. Intervenção à frente

5.2. Comunicações

5.2.1. Adaptação de comunicação

5.2.1.1. A comunicação muda entre o país de origem e o mercado local, mas o tema pode continuar sendo o mesmo

5.2.2. Adaptação de produto/comunicação

5.2.2.1. Tem alteração na comunicação e no produto

5.2.3. Elaboração de um grupo de anúncios

5.2.3.1. Empresa cria diversas opções e o gerente de outro país seleciona o que fica mais de acordo com sua realidade

5.2.4. Gerentes de países diferentes criarem sua própria propaganda

5.3. Preço

5.3.1. Estabelecer um preço uniforme em todos os países

5.3.2. Estabelecer em cada país um preço baseado no mercado

5.3.3. Estabelecer um preço com base nos custos de cada país

5.4. Canais de distribuição

5.4.1. 3 elos mais importantes para um canal de distribuição

5.4.1.1. Diretoria de marketing internacional da empresa

5.4.1.2. Canais entre países

5.4.1.3. Canais nos países estrangeiros

6. Efeitos do país de origem

6.1. A construção da imagem do país

6.1.1. Afeta o turismo e o comércio

6.2. Percepções do consumidor sobre o país de origem

6.2.1. Pessoas costumam ser etnocêntricas e favoráveis aos produtos de seu próprio país, a menos que elas venham de um país menos desenvolvido

6.2.2. Quanto mais favorável for a imagem de um país, mais destaque deve ser dado ao rótulo

6.2.3. O impacto do país de origem varia com o tipo de produto

6.2.4. Alguns impõe estereótipos nos produtos fabricados em certos países

6.2.5. A percepção do país de origem pode abranger todos os produtos desse país

7. Decisão sobre a organização de marketing

7.1. Departamento de exportação

7.2. Divisão internacional

7.3. Organização global

7.3.1. Estratégia global que trata o mundo como mercado único

7.3.2. Estratégia multinacional que trata o mundo como um portfólio de oportunidades nacionais

7.3.3. Estratégica “glocal” que padroniza certos elementos essenciais e adapta outros para os mercadores locais