Como se dá a permanência dos estudantes na escola?

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Como se dá a permanência dos estudantes na escola? por Mind Map: Como se dá a permanência dos estudantes na escola?

1. "...o diretor precisa apoiar o professor por meio do desenvolvimento de um sistema de assistência pedagógica didática que forneça subsídios para a concepção, construção e administração de situações de aprendizagem adequadas às necessidades educacionais dos alunos; e que ajude o professor a cumprir o programa de ensino, dando apoio para que ele consiga um melhor envolvimento dos alunos, sua participação ativa, o desenvolvimento de habilidades, capacidades intelectuais e valores." (Artigo Científico apresentado como requisito parcial do Programa Mestrado Internacional em Ciências da Educação, pela The Grendal College and University.)

2. Quem falta faz falta

2.1. Resolução SE nº 42, de 18-8-2015 - "Institui o Projeto “Quem Falta Faz Falta”, no âmbito do Programa Educação - Compromisso de São Paulo, e dá providências correlatas"

2.2. OBJETIVO: Reduzir ainda mais o número de faltas para assegurar o direito de toda criança e adolescente à educação;

2.2.1. Identificar os motivos das ausências e desenvolver ações preventivas saneadoras;

3. Comunicar os pais e/ou responsáveis quando o aluno estiver prestes a alcançar 10% de faltas

3.1. Acionar o Conselho Tutelar quando o aluno alcançar 20% de faltas;

3.1.1. Caso o aluno alcance 25% de faltas é necessário que se inicie a compensação dessas ausências com a recuperação dos conteúdos e habilidades não desenvolvidos.

4. Ação Corretiva MMR

4.1. Incentivar os alunos em relação à frequência às aulas com distribuição de álbum e figurinhas educativas;

4.1.1. Elaborando álbum de figurinhas com temas pedagógicos; Distribuindo o álbum para os alunos e Distribuindo figurinhas mensalmente aos alunos assíduos.

4.2. Orientar pais e alunos sobre a necessidade da frequência escolar;

4.2.1. confeccionando panfleto orientador sobre a importância da frequência escolar e Distribuindo esses panfletos de orientação sobre a frequência escolar aos pais

5. Realizar ações para motivar os alunos a não faltarem às aulas

5.1. Proporcionando momentos de participação efetiva dos alunos nas aulas na construção da sua aprendizagem, valorizando o seu conhecimento prévio.

5.2. Propor trabalhos diferentes e permitir que o humor se faça presente no contexto educacional.

5.3. Apostar nas novas tecnologias

5.3.1. Através do incentivo à utilização da internet e dos dispositivos móveis para fazer pesquisas, do esclarecimento de dúvidas pertinentes através de grupos de chat ou fóruns online, do uso de aplicativos que trazem atividades pertinentes ao currículo, do compartilhamento de vídeos com mensagens interessantes e, ainda, aproveitando os recursos como computadores, data-show, etc.

5.4. Contextualizar os assuntos abordados e propor desafios aos alunos para que superem os próprios limites.

6. Conselho de Escola

6.1. O Conselho de Escola é uma ferramenta de gestão democrática da educação para a construção da cidadania, sendo o aluno o foco desse processo.

6.2. Função Mobilizadora - Refere-se ao apoio e ao estímulo à comunidade escolar em busca da melhoria da qualidade do ensino, do acesso, permanência e aprendizagem dos estudantes.

6.3. Função - Pedagógica Refere-se ao acompanhamento sistemático das ações educativas desenvolvidas pela unidade escolar, objetivando a identificação de problemas e alternativas para melhoria de seu desempenho, garantindo o cumprimento das normas da escola, bem como a qualidade social da instituição escolar.

6.4. Em todas as reuniões ordinárias é apresentado aos membros a real situação de aprendizagem e principalmente o levantamento realizado bimestralmente em relação aos alunos faltosos, assim como são elaboradas estratégias relativo a fragilidade apresentada.

7. Conselho de Classe

7.1. É o momento em que professores, equipe pedagógica e direção se reúnem para discutir, avaliar as ações educacionais e indicar alternativas que busquem garantir a efetivação do processo de ensino e aprendizagem dos estudantes.

7.2. Os critérios e procedimentos para o controle da frequência e a compensação de ausências é disciplinada pelo Regimento Escolar. O controle da frequência é feito pela escola, através do diário de classe dos professores que, bimestralmente, adota medidas pontuais para compensar ausências dos alunos.

8. Grêmio Estudantil

8.1. Organização responsável por representar o interesse de estudantes do ensino fundamental e médio. O grêmio é o órgão máximo de representação dos estudantes de uma escola, permitindo que os alunos discutam, criem e fortaleçam inúmeras possibilidades de ação tanto no próprio ambiente escolar como na comunidade. É reivindicado como espaço de aprendizagem, cidadania, convivência, responsabilidade e de luta por direitos.

8.2. Resgatar o papel do estudante, a fim de que tenha motivação para aprender e se desenvolver, sinta- se incluído, acolhido, apoiado e não desista da escola;

8.3. Em nossa Unidade Escolar o Grêmio tem realizado campanhas contra a evasão e o número elevado de ausências, em uma de nossas ações do MMR, são distribuídos aos alunos álbuns de figurinhas (sendo essas distribuídas semanalmente aos alunos que não apresentam faltas e/ou justificam suas ausências.

9. APM

9.1. Criada para colaborar com a direção da unidade, a APM deve ajudar a escola a atingir os objetivos educacionais pretendidos, além de representar e dar luz às demandas da comunidade, pais ou responsáveis de alunos na escola.

9.2. O colegiado é sempre informado a respeito das ações desenvolvidas pela escola e sempre se colocou como parceiro na execução dessas ações. Porém, acreditamos que ainda é necessário promovermos formações e estratégias que possibilitem uma maior participação e/ou uma participação mais ativa.

10. GRUPO GESTOR

10.1. Em nossa reunião quinzenal a qual chamamos de Reunião do Grupo Gestor, procuramos sempre abordar sobre a aprendizagem e o número de faltas dos alunos, visto que, não temos até o momento nenhum caso de evasão escolar, otimizamos nossos encontros na elaboração de ações a serem discutidas posteriormente com outros colegiados relativo às fragilidades apresentadas.