Economias emergentes

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Economias emergentes por Mind Map: Economias emergentes

1. Países com população numerosa, pouca extensão territorial.

1.1. População vivia em campo, praticava uma agricultura arcaica.

1.1.1. Atualmente, economias dinâmicas e modernas do mundo.

2. inicio de um século e meio depois de ter iniciado nos países precursores.

2.1. Dividido em três países

2.1.1. Os latino-americanos, implantaram o modelo de industrialização por substituição de importações.

2.1.2. E os pertencentes do Fórum de Diálogo Índia, Brasil e África do Sul, com características semelhantes às dos países da América Latina.

2.1.3. Os Tigres Asiáticos, que estabeleceram o modelo de plataformas de exportações.

3. América Latina

3.1. Brasil, México e Argentina são as maiores, mais industrializadas e diversificadas economias da América Latina.

3.1.1. Se tornaram independentes no início do século XIX e, no fim dele, inciaram processo de industrialização.

3.2. exportavam produtos minerais e agropecuários.

3.2.1. Após a crise de 1929 e a depressão econômica decorrente, passaram a importar menos, o que acabou reduzindo as exportações drasticamente.

3.2.1.1. acelerou a construção de fábricas internamente, voltadas a produzir bens de consumo.

3.2.1.1.1. deu origem ao modelo de industrialização que ficou conhecido por Substituição de importações

3.3. Após a Segunda Guerra Mundial, a industrializações mostrou suas limitações: carência de maiores volumes de capitais que permitissem continuar o processo, como indústria de bens capital, e defasagem tecnológica.

3.4. Os mais importantes complexos industriais estão concentrados nas maiores regiões metropolitanas: no triângulo São Paulo-Rio de Janeiro-Belo Horizonte(Brasil), no eixo Buenos Aires-Rosário(Argentina) e no eixo Cidade do México-Guadalaranja e em Monterrey(México).

3.4.1. Importações incentivou a produção interna de muitos bens de consumo, como: pas, calçados, eletrodomésticos, carros, entre outros.

3.4.2. A riqueza mineral também foi um fator importante para a industrialização de muitos países latino-americanos, com destaques combustíveis fósseis, como petróleo, no México e na Venezuela, e para os minérios metálicos, principalmente no Brasil e no Chile.

3.5. Anos 1980

3.5.1. No pós-Segunda Guerra, o crescimento econômico de Brasil, México e Argentina foi bastante elevado, estendendo até 1980.

3.5.1.1. entre 1974 e 1981, os países da Organização dos Países exportadores de Petróleo acumularam em torno de 360 bilhões de dólares.

3.5.1.1.1. A partir desse período, os países em desenvolvimento, sobretudo os latino-americanos, endividaram-se pesadamente.

3.5.2. O primeiro sinal de endividamento foi dado em 1982, quando México decretou a moratória de sua dívida externa.

3.5.2.1. Os latino-americanos foram os mais prejudicados com a crise, assim, sendo os mais endividados.

3.6. Anos 1990

3.6.1. Estabilização das economias dos países latino-americanos.

3.6.1.1. Redução de inflação foi atingida após introdução de medidas como o controle de gastos públicos, a privatização de empresas estatais e abertura econômica para produtos e capitais estrangeiros.

3.6.2. Com os avanços tecnológicos na informática e nas telecomunicações, ampliaram-se possibilidades de investimentos no mercado mundial.

3.7. A crise mexicana de 1994/1995

3.7.1. Primeiro país a sofrer com a crise de dívida na década de 1980.

3.7.1.1. Primeiro a sucumbir à globalização financeira da década seguinte.

3.7.1.1.1. a crise deveu-se à saída de capitais especulativos, reduziu rapidamente as reservas de dólares do país.

3.8. Anos 2000

3.8.1. A crise nos Estados Unidos de 2008 se espalha em diversos países em 2009.

3.8.1.1. atingiu fortemente os desenvolvidos, mas também teve consequências nos países emergentes.

3.8.1.1.1. O México novamente foi o mais atingido entre os três países, em razão de sua forte dependência econômica dos Estados Unidos. Desde a criação do tratado Norte-Americano de Livre-Comércio (Nafta)

4. Tigres asiáticos

4.1. Dividido em duas regiões

4.1.1. Novos tigres asiáticos

4.1.2. Tigres asiáticos

4.1.2.1. Década 70, desenvolvimento industrial e economia acelerada.

4.1.2.1.1. Industrialização orientada para a exportação.

4.1.2.1.2. Incentivo à exportação, Política de desvalorização cambial, Medidas protecionistas (Elevação de tarifa de importação).

4.1.2.2. Pontos em comum, mas o Processo de industrialização diferente.

4.1.2.2.1. Fatores da industrialização:

4.1.2.3. Hong Kong

4.1.2.4. Coreia do Sul

4.1.2.4.1. Redes de grandes empresas, denominadas cheabols Keiretsus japoneses , 17 delas entre as maiores do mundo

4.1.2.5. Cingapura

4.1.2.5.1. Maiores entrepostos comercias do mundo e importante centro financeiro.

4.1.2.5.2. Tem procurado investir em indústria de alto valor agregado.

4.1.2.6. Taiwan

4.1.2.6.1. Quatro empresas do setor microeletrônica.