Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Arte e Mídia por Mind Map: Arte e Mídia

1. Pensamento de Convergência

1.1. Ideia de Expansão

1.1.1. Círculos defidores de todas as artes e meios ameaçam se fundir num único círculo.

1.2. Impossibilidade de se continuar pensando os meios como separados e independentes.

1.3. Passagens que se operam entre a fotografia, o cinema, o vídeo e as mídias digitais.

2. Artemídia

2.1. Metalinguagem da sociedade midiática

2.1.1. Vídeo Arte (1960) - pesquisa plástica em vídeo.

2.1.2. - Wolf Vostell - Nam June Paik

2.2. Antoni Muntadas

2.2.1. - análise das estruturas de poder. - poética da reciclagem

3. Reordenamento da Arte

3.1. A arte de cada época é feita no interior dos modelos econômicos e institucionais nela vigentes.

3.2. Indústria do entretenimento de massa não é um monolito.

3.3. Cinema é uma arte e um meio de comunicação de massa.

3.4. Televisão e a Internet podem abrigar as formas de arte de nosso tempo.

4. Tecnologia e Arte

4.1. Pontos Negativos

4.1.1. - Impacto sobre a vida cotidiana - Sobre a política ambiental - Dominação internacional de nações ricas sobre pobres

4.1.2. O Brasil é deslocado geograficamente dos países produtores de tecnologia.

4.1.3. Perde-se o rigor do julgamento.

4.2. Vilém Flusser

4.2.1. Principal mentor intelectual de várias gerações de artistas brasileiros que enfrentaram o desafio da tecnologia.

4.2.2. Filosofia da caixa-preta.

4.2.3. A imagem fotográfica não tem nenhuma "objetividade" preliminar.

5. Experiência Brasileira

5.1. 'O Brasil vem se dedicando a eventos no cenário da produção artística tecnológica com o Art.ficial e com o Festival Internacional de Arte Eletrônica Videobrasil.'

5.2. - Abraham Palatnik na arte cinética - Waldemar Cordeiro na arte computacional - Jorge Antunes na música eletroacústica

6. Pensamento de Divergência

6.1. Fotografia, cinema, televisão e vídeo: esses grupos quase nunca se comunicavam ou trocavam experiências.

6.2. Ivana Bentes (1980)

6.2.1. Embate entre pessoal do vídeo - lutava por legitimação - e o pessoal do cinema arrogava sua superioridade hierárquica com relação ao outro.