Sistemas Psicológicos

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Sistemas Psicológicos por Mind Map: Sistemas Psicológicos

1. Wilhelm Wundt (1832-1920)

1.1. Leva como definição a psicologia como uma ciência empírica

1.2. Tem como objeto de estudo a experiência imediata.

1.3. Para Wundt a experiência é vista como um conjunto de processos interligados.

2. VOLUNTARISMO

3. Métodos

3.1. Ciência da natureza

3.1.1. Experimento e Observação

3.1.2. Experimento

3.1.2.1. Manipulação do pesquisador

3.1.3. Observação

3.1.3.1. Apreensão de fenômenos ou objetos

3.2. Diferença metodológica

3.2.1. Psicologia individual

3.2.1.1. Análise de processos mentais de forma direta e empírica

3.2.2. Psicologia dos povos (1900 - 1920)

3.2.2.1. Observação dos produtos mentais para investigar processos psíquicos superiores

4. Ideias psicológicas

4.1. Objetivo

4.1.1. Experiência mediata

4.2. Subjetivo

4.2.1. Experiência imediata

4.3. A experiência mediada pode ter correspondência direta com a experiência imediata, sem que sejam reduzidas ou derivadas uma da outra.

5. ESTRUTURALISMO

6. Titchener (1867- 1927)

6.1. Aluno e colaborador de Wundt no laboratório de Leipzig

6.2. Construiu sua própria concepção de psicologia

6.3. Defensor do elementarismo e do associalismo britânico

7. Métodos

7.1. A psicologia é fundamentalmente o estudo dos elementos da consciência através da introspecção.

7.2. Aquilo que não for passível de estudo e registro não pode ser considerado psicologia.

8. Últimos objetivos

8.1. Análises de processos psíquicos conscientes em seus elementos básicos (estruturas fundamentais)

8.2. Descoberta de mecanismos associativos subjacentes

9. FUNCIONALISMO

10. Principais autores

10.1. Graville Stanley Halll (1844-1924) James Mckenn Cattell (1860-1944) James Mark Baldwin (1831-1934) Willian James (1842-1910)

11. Principais Escolas

11.1. Chicago

11.1.1. John Dewey (1859 - 1952) James Angell (1869 - 1949) Harvey Carr (1873 - 1954)

11.1.1.1. Objetivos

11.1.1.1.1. Estuda a adaptação do organismo a seu meio ambiente através da sua experiência.

11.1.1.1.2. Conclui no quadro do funcionalismo, as formas democráticas da vida pertinentes a realização completa das nossas funções adaptativas naturais

11.2. Columbia

11.2.1. Edward Lee (1874 - 1949) Robert Sear (1869 - 1962)

11.2.1.1. Objetivos

11.2.1.1.1. Adaptação comportamental

11.2.1.1.2. Aspectos motivacionais

11.2.1.1.3. O funcionalismo de Columbia troca a consciência pelos impulsos do organismo

11.2.1.1.4. Processos filogenéticos

12. Fundação

12.1. A fundação no funcionalismo é norte americana

12.2. Surgiu na virada do século XIX para o século XX

13. Pontos terminais

13.1. Carr - Chicago

13.2. Woodworth - Columbia

13.3. Behaviorismo

13.3.1. funcionalismo puramente Darwinista ao dispensar a consciência

13.4. Bom uso e ajustamento de nossas capacidades.

14. GESTALTISMO

15. Período histórico

15.1. Século XIX

16. Referências importantes

16.1. Escola de Graz

16.1.1. Afirmações

16.1.1.1. Consiste em marcar o declínio da noção de sensação

16.2. Wolfang Kohler Max Wihumer Kurt Koffka

16.2.1. Alexius Von (1853-1920) Vitório Benussi (1878-1927) Stephan Witasek (1870-1915)

16.3. Escola de Berlim

16.4. Afirmações

16.4.1. A tarefa da psicologia é dar conta da percepção tal como é vivenciada por cada um de nós

16.4.2. O objeto representado é o resultado de uma organização interna do domínio da experiência

17. Objetivo

17.1. Encontrar parâmetros para investigação experimental da experiência psicológica

17.2. Definir a experiência como parte do mundo físico

18. Metodologia

18.1. A concepção de cientificidade é modificada.

18.2. A ciência psicológica ergue-se a partir de questões propostas no âmbito das vivências psicológicas