Processos Convencionais de Impressão

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Processos Convencionais de Impressão por Mind Map: Processos Convencionais de Impressão

1. O que mais distingue cada processo dos outros é a sua matriz.

2. Nos processos convencionais, existe um transportador de imagem, a matriz.

3. O material usado na matriz condiciona as características e o tipo de suporte de impressão e tinta a ser usados.

4. É impressa uma cor de cada vez e no que toca à ordem, varia consoante o trabalho em causa.

5. Tipos de processo de impressão

5.1. Offset

5.2. Serigrafia

5.3. Flexografia

5.3.1. Processo

5.3.1.1. Sistema semelhante ao da tipografia.

5.3.1.2. Matriz flexível e em alto relevo.

5.3.1.3. A matriz é um cliché de fotopolímero gravada num processo foto-químico.

5.3.1.4. O cliché é fixo num cilindro.

5.3.1.5. O cilindro entintador entra em contacto com a matriz.

5.3.1.6. O alto relevo fica entintado enquanto que a restante área não.

5.3.1.7. O cliché transfere a tinta para o suporte.

5.3.2. Máquinas

5.3.2.1. Rotativas

5.3.2.2. Planas - para suportes mais pequenos

5.3.2.3. Sistema stach

5.3.2.3.1. Unidades individuais - cada cor tem o seu tinteiro, rolos de tinta, cliché e rolo de impressão

5.3.2.4. Sistema de tambor central

5.3.2.4.1. Várias unidades de cor partilham um único cilindro de impressão

5.3.3. Tintas

5.3.3.1. Líquidas

5.3.3.2. Secagem rápida

5.3.3.3. À base de água, solvente ou secas por luz UV

5.3.4. Suportes

5.3.4.1. Variados

5.3.4.1.1. Durezas

5.3.4.1.2. Materiais

5.3.5. Custo

5.3.5.1. Baixo custo quando em alta tiragem

5.3.6. Prazo

5.3.6.1. Longo prazo de entrega

5.3.7. Uso

5.3.7.1. Papel de embrulho

5.3.7.2. Embalagens

5.3.7.3. Faixas promocionais

5.3.7.4. Papel pautado

5.3.8. Tipo de impressão

5.3.8.1. Direta

5.4. Tipografia

5.4.1. História

5.4.1.1. Invenção da imprensa

5.4.1.1.1. Séc. XV, por volta de 1440 d.C.

5.4.1.2. Gutenberg

5.4.1.2.1. Inventor da tipografia

5.4.1.2.2. Artesão

5.4.1.2.3. Originário de Mainz

5.4.1.3. Inventada inicialmente pelos chineses

5.4.1.4. Os tipos de gutenberg eram reutilizavéis.

5.4.1.5. Primeiro livro impresso - Bíblia

5.4.2. Matriz

5.4.2.1. Tipos de madeira ou metal

5.4.3. Uso

5.4.3.1. Livros e jornais

5.4.4. Tintas

5.4.4.1. Alta viscosidade

5.4.4.1.1. Para não permear o papel

5.4.4.2. Secagem rápida

5.4.5. Composição

5.4.5.1. Manual

5.4.5.1.1. Feita por um compositor com tipos móveis.

5.4.5.2. Mecânica

5.4.5.2.1. Composição semiautomática

5.4.6. Vocabulário

5.4.6.1. Compor

5.4.6.1.1. Alinhar e juntar tipos móveis e outros elementos tipográficos para impressão.

5.4.6.2. Prelo

5.4.6.2.1. Prensa. Gutenberg vivia numa região caracterizada pelo cultivo de vinha. Provém da prensa de vinho.

5.4.6.3. Tipos

5.4.6.3.1. Pequenas peças de madeira ou metal com relevo de letras ou simbolos.

5.4.6.4. Linotype

5.4.6.4.1. Máquinas semiautomática tipográfica.

5.4.6.5. Componedor

5.4.6.5.1. Recebia os tipos e formar uma linha de texto. Era seguro na mão esquerda.

5.5. Litografia

5.6. Tampografia

5.6.1. Matriz

5.6.1.1. A matriz é um cliché gravado em baixo relevo, ou seja, encanvográfico.

5.6.1.2. Tipos de cliché

5.6.1.2.1. Cliché de aço

5.6.1.2.2. Cliché de lâmina de aço

5.6.1.2.3. Cliché de nylon

5.6.2. Uso

5.6.2.1. Objetos de pequenas dimensões. Capaz de imprimir em objetos côncavos, convexos, planos e irregulares.

5.6.3. Processo

5.6.3.1. O cliché é entintado por sistema de tinteiro fechado ou sistema de tinteira aberto.

5.6.3.2. O tampão desce sobre a matriz transferindo a tinta para si.

5.6.3.3. O tinteiro avança e desce sobre o objeto, transferindo a tinta para o mesmo.

5.6.4. Tintas

5.6.4.1. Compostas por catalizador e solventes. Pode ser adicionados aditivos secantes, anti-sedimentos, niveladores, anti-peles, anti-espumantes, etc.

5.6.5. Tinteiro

5.6.5.1. Tinteiro aberto

5.6.5.1.1. Uma espátula empirra toda a tinta para o cliché e quando volta retira o excesso, restando tinta apenas na área a baixo relevo.

5.6.5.2. Tinteiro fechado

5.6.5.2.1. O tinteiro cilíndrico deixa a tinta no cliché e a sua borda raspa o excesso de tinta.

5.6.6. Tampão

5.6.6.1. O tampão é semelhante a uma almofada. É fabricado de silicone e tranfere a tinta do cliché para a peça. O seu formato e tamanho varia consoante o tamanho e formato da peça a decorar.