Cronologia Sergio Rouanet (1)

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Cronologia Sergio Rouanet (1) por Mind Map: Cronologia Sergio Rouanet (1)

1. Década de 30

1.1. Nascimento 23 de janeiro

2. Década de 40

3. Década de 50

3.1. Carreira

3.1.1. 1952

3.1.1.1. Em 23 de Março: 1º lugar do concurso instituído pelo Movimento Renovador da Faculdade de Direito - PUC-RJ (Prêmio: livros no valor de mil cruzeiros)

3.1.2. 1955

3.1.2.1. Formatura da graduação em Ciencias Sociais e Jurídicas pela faculdade de Direito da PUC-RJ

3.1.2.2. Curso de Preparação à Carreira Diplomática, Instituto Rio Branco

3.1.3. 1956

3.1.3.1. Em 30 de Janeiro: Nomeado 3º Secretário

3.1.3.2. Em 1 de Fevereiro: Posse como diplomata, no Gabinete do Ministro das Relações Exteriores

3.1.3.3. Estágio na Organização dos Estados Americanos (OEA)

3.1.3.4. (1957-1958) Assistente do secretário-geral do Ministério das Relações Exteriores, Rio de Janeiro.

3.1.4. 1959

3.1.4.1. (1959-1962)Estágio na Organização dos Estados Americanos (OEA) e serviu na embaixada brasileira em Washington

3.2. Publicações

3.2.1. 1954

3.2.1.1. Escreveu "Eles pensaram por nós", Suplemento Literário do Jornal do Brasil (criado por Reinaldo Jardim)

4. Década de 60

4.1. Carreira

4.1.1. 1961

4.1.1.1. Em 14 de Julho: Nomeado 2º Secretário, por antiguidade

4.1.1.2. Em 17 de Novembro: (1962-1965) Transferência para missão do Brasil na ONU, em Nova Iorque onde fez curso de pós-graduação em filosofia na New School for Social Research.

4.1.2. 1965

4.1.2.1. Em 9 de Dezembro: Citado no dossiê do SNI como: "O MARGINADO, professor de assuntos da América Latina na Escola da Academia Internacional de Diplomacia em Viena (Áustria) é considerado esquerdista extremado e teria declarado em suas aulas, segundo informe, que a revolução de de 31 de março de 64 foi 'uma quartelada reacionária feita por militares fascistas que só queriam afastar os verdadeiros valores brasileiros para instalar uma ditadura".

4.1.2.2. Em 1 Julho:Conferencista do IV Curso de Atualidades Brasileiras, para o estudo de grandes problemas e das possibilidades nacionais , feito por sociólogos, técnicos e membros do Instituto de Pesquisas e Estudos Sociais (IPES) - entidade patrocinadora do Curso.

4.1.3. 1966

4.1.3.1. (1966-1967) Assistente do Chefe da Divisão de Produtos de Base

4.1.3.2. Delegado da Deleção do Brasil da III Reunião da Comissão Especial da Coordenação Latino-Americana (CECLA) realizada no México entre 11 e 23 de julho de 1966

4.1.3.3. Delegado da Delegação do Brasil à IV Sessão da Junta de Comércio e Desenvolvimento das Nações Unidas, sobre Comércio e Desenvolvimento (CNUCD), realizada em Genebra, de 30 de agosto a 23 de setembro de 1966.

4.1.3.4. Em 1 de Dezembro:Promovido a 1º Secretário, por merecimento

4.1.4. 1967

4.1.4.1. Remoção para delegação permanente do Brasil nos organismos da ONU em Genebra, Suíça.

4.1.4.2. Em 10 de Outubro:Delegação do Brasil à Reunião em nível ministerial do "Grupo 77", em Argel.

4.1.4.3. Delegado da Delegação do Brasil à III Sessão do Grupo de Peritos Governamentais sobre Financiamento Suplementar da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, realizada em Genebra de 30 de outubro à 10 de novembro de 1967.

4.1.5. 1968

4.1.5.1. Delegado na Comissão de Princípios Gerais sobre o Comércio, na Conferência Mundial de Comércio e teve repercursão a critica de SPR ao Mercado Comum Europeu (MCE) sobre tratado "colonial" entre países europeus e afriacnos. (CM, BN)

4.1.6. 1969

4.1.6.1. Delegado da Delegação do Brasil à III Reunião do Grupo de Estudos Encarregado de Elaborar o Projeto de Carta Constitucional e regulamento Geral da União Internacional de Telecomunicações, realizada em Genebra, de 17 de fevereiro a 8 março de 1969.

4.1.6.2. Participação da Reunião Preparatória da Década de Desenvolvimento da ONU

5. Década de 70

5.1. Carreira

5.1.1. 1970

5.1.1.1. Chefia da delegação brasileira na II Sessão do Grupo de Trabalho sobre Regras de Origem do Comitê das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (CNUCD), Genebra

5.1.2. 1973

5.1.2.1. Em 1 de Janeiro:Nomeado a Conselheiro, por merecimento

5.1.2.2. (1973-1976) nomeado chefe da Divisão de Política Comercial

5.1.3. 1974

5.1.3.1. Chefia da I Reunião Preparatória do Grupo de Trabalho sobre Empresas Transnacionais, Washington

5.1.3.2. (1974-76) Chefe da Divisão de Política Comercial

5.1.4. 1975

5.1.4.1. Assessor ao chefe do Departamento Ecônomico, Brasília

5.1.4.2. Subchefe da Conferência do Grupo dos 77 sobre Industrialização, Argel

5.1.4.3. Em 1 de Maio: Promovido a Ministro de Segunda Classe, por merecimento

5.1.5. 1976

5.1.5.1. (1976-1982) Cônsul-geral em Zurique

5.1.5.2. (1976-?) Doutorado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo, São Paulo

5.2. Publicações

5.2.1. 1971

5.2.1.1. Livro: O Homem e o Discurso - Arqueologia de Michel Foucault, com José Guilherme Merquior (RJ: Tempo Brasileiro)

5.2.2. 1978

5.2.2.1. Livro: Imaginário e Dominação (RJ: Tempo Brasileiro)

6. Década de 80

6.1. Carreira

6.1.1. 1980

6.1.1.1. Doutorado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (USP), São Paulo

6.1.2. 1982

6.1.2.1. Elaboração do Projeto de Administração Pública para o Brasil, que dá origem a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), Brasília.

6.1.3. 1983

6.1.3.1. (1983-1986) Chefia do Departamento da Ásia e Oceania

6.1.4. 1984

6.1.4.1. Promovido por merecimento a ministro de 1ª Classe

6.1.5. 1985

6.1.5.1. Nomeação de SPR a Subsecretário de Assuntos Econômicos e Sociais (Jornal do Brasil, BN)

6.1.5.2. Setembro: Seminário Sentidos da Paixão, promovido por Adauto Novais, coordenador do Núcleo de Estudos e Pesquisas da Funarte. Título da palestra: Razão e Paixão.

6.1.6. 1987

6.1.6.1. Em Março e Abril: Viagem a Nova Déli e Pequim para "preparar" a visita do presidente José Sarney às cidades.

6.1.6.2. Exonerado de Chefe do Departamento da Ásia e Oceania da Subsecretaria-Geral de Assuntos Políticos Bilaterais.

6.1.6.3. Nomeado Embaixador da Dinamarca, Copenhague (1987-1991)

6.1.7. 1988

6.1.7.1. Entrega do Prêmio Visconde de Cairu, em Copenhague. Foto de José Ermínio de Moraes, Birger Riisager e o embaixador na Dinamarca, Sérgio paulo Rouanet.(Jornal do Brasil, BN)

6.2. Publicações

6.2.1. 1981

6.2.1.1. Livro: Habermas, com Bárbara Freitag (SP: Editora Ática - Coleção Grandes Cientistas Sociais)

6.2.2. 1983

6.2.2.1. Livro: Teoria Crítica e Psicanálise (RJ: Tempo Brasileiro, com reedições em 1986 e 1989) - publicação de sua tese de doutorado

6.2.3. 1985

6.2.3.1. Livro: A razão cativa - As ilusões da consciência: de Platão a Freud (SP: Brasiliense)

6.2.4. 1987

6.2.4.1. Livro: As razões do Iluminismo (SP: Cia. Das Letras)

6.2.4.2. Tradução: Ensaios de Walter Benjamin - volume I (SP: Brasiliense)

6.2.5. 1989

6.2.5.1. Livro: O espectador noturno: A Revolução Francesa através de Restif de la Bretonne (SP: Cia. Das Letras)

6.2.5.2. Tradução: Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura, Walter Benjamin (SP: Brasiliense)

7. Década de 90

7.1. Carreira

7.1.1. 1991

7.1.1.1. Em Março: Nomeação de Secretário de Cultura da Presidência da República, por Fernando Collor de Melo, no lugar de Ipojuca Pontes.

7.1.1.1.1. Com status de ministro, chefiou as delegações brasileiras à Conferência dos Ministros de Cultura da Améria Latina e à Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e a Cultura (UNESCO)

7.1.1.2. Torna-se membro do Pen Clube

7.1.1.3. Aprovação do Programa Nacional de Financiamento da Cultura (Pronac), que seria concretizado com edição da Lei de Incentivo à Cultura (Lei nº 8.313)

7.1.2. 1992

7.1.2.1. Vence a eleição na Academia Brasileira de Letras, oitavo ocupante da 13º cadeira (votos: 21x16 Roberto Campos)

7.1.2.2. Conferência no VI Encontro Nacional do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras, desenvolvido na Universidade Federal de Santa Maria (Santa Maria, RS)

7.1.2.3. Inauguração do Centro de Cultura Municipal, em Santo Ângelo, RS e visita as ruínas missioneiras de São João Batista e São Miguel das Missões (RS).

7.1.2.4. Seminário do Livro, feito na Biblioteca Nacional, com anúncio da criação do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas, um Programa de Incentivo à Leitura e a Câmara Setorial do Livro (parceria entre a Secretaria de Cultura e da Economia) - para garantir o barateamento do livro. E lançamento do projeto Economia Política da Cultura, marcando a segunda fase de sua gestão enquanto secretário da Cultura.

7.1.3. 1993

7.1.3.1. (1993-1996) Cônsul Geral do Brasil em Berlim

7.1.4. 1995

7.1.4.1. Em Dezembro: Criação do Instituto Cultural Brasil-Alemanha (ICBRA), Berlim

7.1.5. 1996

7.1.5.1. Em fevereiro: (1996-2000) Embaixador do Brasil em Praga

7.1.6. 1997

7.1.6.1. Recebimento da Medalha Cardeal Leme, conferida pela PUC-RJ ao antigo aluno.

7.2. Publicações

7.2.1. 1993

7.2.1.1. Livro: Mal-Estar na Modernidade (SP: Cia. Das Letras)

7.2.2. 1994

7.2.2.1. Livro: A razão nômade (RJ: Universidade Federal do rio de Janeiro)

8. Década de 2000

8.1. Carreira

8.1.1. 2000

8.1.1.1. Aposentadoria do Itamaraty

8.1.2. 2004

8.1.2.1. Em 22 de Março: Recebimento da Medalha Goethe, pela contribuição à difusão da cultura alemã pelo mundo. Weimar, Alemanha.

8.2. Publicações

8.2.1. 2003

8.2.1.1. Livro: Os dez amigos de Freud (SP: Cia. Das Letras, 2003) - Prêmio Jabuti 2004, Categoria Educação, Psicologia e Psicanálise

8.2.1.2. Livro: Ideias (SP: Unimarco)

8.2.1.3. Livro: Interrogações (RJ: Tempo Brasileiro)

8.2.2. 2007

8.2.2.1. Livro: Riso e Melancolia (SP: Cia. Das Letras)

8.2.3. 2008

8.2.3.1. Livro: Correspondência de Machado de Assis - I volume (RJ: Academia Brasileira de Letras/ Fundação Biblioteca Nacional)

8.2.4. 2009

8.2.4.1. Livro: Correspondência de Machado de Assis - II volume (RJ: Academia Brasileira de Letras/ Fundação Biblioteca Nacional)

9. Década de 2010

9.1. Carreira

9.1.1. 2016

9.1.1.1. Em 17 de Maio: Tomou posse como primeiro titular da cátedra Olavo Setubal de Arte, Cultura e Ciência do Insituto de Estudos Avançados (IEA - USP). Palestra: A Modernidade e suas ambivalências.

9.2. Publicações

9.2.1. 2010

9.2.1.1. Livro: Correspondência de Machado de Assis - III volume (RJ: Academia Brasileira de Letras/ Fundação Biblioteca Nacional)